Boletim de informações COVID-19 n° 782 Tatuí, 01 de julho de 2022, sexta-feira, 11h00

8 PACIENTES HOSPITALIZADOS
492 INFECTADOS EM TRATAMENTO
0 DIAS SEM ÓBITOS
484 CASOS CONFIRMADOS EM 7 DIAS
69,14 MÉDIA MÓVEL DE CASOS POR DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quinta-feira, 9 de junho de 2022

Prefeitura convoca pacientes ostomizados a se cadastrarem no CIR neste sábado (11)

O cadastramento ocorrerá neste sábado (11), das 7h às 13h, no CIR - Centro Integrado de Reabilitação, junto ao Centro de Saúde, no Centro.

Prefeitura convoca pacientes ostomizados a se cadastrarem no CIR neste sábado (11)

08/06/2022 - Neste sábado (11/06), das 7h às 13h, a Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Saúde, estará realizando no CIR – Centro Integrado de Reabilitação o cadastro dos pacientes ostomizados que residem no município.

O cadastro é de extrema importância, não só para os ostomizados, mas também para a gestão municipal, para que novas políticas públicas sejam implantadas, em busca de uma maior comodidade e agilidade no atendimento a estes pacientes.

Os interessados devem levar o cartão do SUS, um documento de identidade com foto e o comprovante de endereço. Caso o paciente esteja impossibilitado de ir até o CIR, devido a uma cirurgia ou outros problemas, é possível que alguém da família ou algum responsável vá até o local e faça o cadastro desse paciente.

O CIR está situado na Praça Adelaide Guedes, Centro, atrás da UBS Central “Dr. Aniz Boneder” (CS1/Postão). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3205-1095.

Ostomia – É o processo cirúrgico do aparelho digestivo ou urinário, que consiste na criação de um canal, chamado Ostoma, que irá desviar o conteúdo de uma cavidade natural do corpo (como o tubo digestivo ou urinário) para o meio externo por meio de uma bolsa coletora, onde ocorrerá a eliminação de fezes ou urina. O tempo de permanência da Ostomia é variável, podendo ser permanente ou temporária.

O procedimento é indicado em casos de congestionamento, compressão ou obstrução que prejudique a excreção de fezes ou urina, causando risco de rompimento do órgão armazenador (intestino ou bexiga) ou infecção abdominal grave.

Muitas doenças podem desencadear a necessidade de uma Ostomia, tais como câncer de intestino, reto ou bexiga, perfurações acidentais no abdômen, compressão tumoral, doença intestinal inflamatória (IBD), obstrução intestinal e infecção, entre outras disfunções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário