Boletim de informações COVID-19 n° 787 Tatuí, 05 de agosto de 2022, sexta-feira, 11h00

5 PACIENTES HOSPITALIZADOS
217 INFECTADOS EM TRATAMENTO
8 DIAS SEM ÓBITOS PELA COVID-19
214 CASOS CONFIRMADOS EM 7 DIAS
30,57 MÉDIA MÓVEL DE CASOS POR DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

futebol | São Paulo faz contato para ter Rodinei em 2022

Flamengo recusa oferta de R$ 3 mi de clube da MLS; em último ano de contrato, desejo rubro-negro é negociação em definitivo, o que breca início de conversas. Tricolor paulista avalia possibilidades, enquanto Inter também monitora.

Por Cahê Mota e Fred Gomes, no ge, com edição do DT 

Rio de Janeiro, 08/12/2021 |  Rodinei é o nome que mais movimenta o mercado do Flamengo neste início de janela visando 2022. Depois de receber uma proposta do Charlotte FC (Estados Unidos), já recusada pelos cariocas, foi a vez de o São Paulo realizar contatos para ter o lateral-direito na próxima temporada. A conversa esbarra na exigência rubro-negra pela saída em definitivo, rechaçando pedidos de empréstimos. O Internacional também fez contatos pelo retorno.

Rodinei Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Todos os três contatos esbarraram no desejo do Flamengo em vender Rodinei. Especulou-se a possibilidade de extensão do vínculo com os cariocas por mais um ano, até o fim de 2023, para viabilizar um novo empréstimo, mas a alternativa logo foi descartada. Prestes a completar 30 anos, o Rubro-Negro entende que é a última chance de fazer caixa com o lateral-direito e o manterá no elenco.

Atualmente, o São Paulo conta com dois laterais-direitos à disposição (Igor Vinícius e Orejuela), mas nenhum deles é unanimidade, e o nome de Rodinei, com quem Rogério Ceni trabalhou no Flamengo, é visto como uma opção interessante. A diretoria tricolor segue em contatos com o Flamengo, e o representante Ricardo Scheidt busca soluções de consenso para o negócio.

Rodinei, lateral-direito do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Na última semana, o Charlotte FC fez uma oferta de empréstimo com opção de compra imediatamente rechaçada pelos rubro-negros. Em seguida, o clube americano sinalizou com a possibilidade de pagar U$ 500 mil (R$ 2.8 mi) esticando a corda até U$ 600 mil (R$ 3.3 mi), o que não agradou ao Flamengo, que rebateu com a pedida de U$ 1 milhão, que está fora dos padrões da MLS.

O Internacional, clube que Rodinei defendeu na temporada 2020, também fez sondagens por um retorno e ouviu a mesma justificativa: de que empréstimo está fora de cogitação. A postura, por sinal, é padrão do Flamengo, que não pensa em emprestar ninguém do seu grupo principal, apenas negociações em definitivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário