Boletim de informações COVID-19 n° 775 Tatuí, 13 de maio de 2022, sexta-feira 11h00

27.351 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
26.733 PACIENTES RECUPERADOS
502 ÓBITOS CONFIRMADOS
116 INFECTADOS EM TRATAMENTO
26,42 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Boituva - Funcionário morre prensado por máquina durante trabalho em fábrica

Segundo a polícia, homem de 46 anos era auxiliar de produção e estava fazendo a limpeza de uma máquina, em uma empresa que fabrica suplementos para animais, quando sofreu o acidente.

Por TV TEM, com edição do DT

Erinovaldo de Sousa Lima morreu em acidente de trabalho em Boituva — Foto: Arquivo pessoal

14/12/2021 | Um homem de 46 anos morreu depois de ser prensado por uma máquina durante o trabalho em uma empresa de Boituva, cidade vizinha de Tatuí.

O acidente ocorreu nesta segunda-feira (13). De acordo com a Polícia Civil, Erinovaldo de Sousa Lima era auxiliar de produção na empresa que fabrica suplementos para animais e estava fazendo a limpeza de uma máquina quando sofreu o acidente.

A polícia informou que os bombeiros foram acionados e, junto com outros funcionários da fábrica, desmontaram a máquina para resgatar Erinovaldo.

O homem foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. Ele foi enterrado nesta terça-feira (14) no Cemitério da Saudade de Boituva.

Ainda conforme a Polícia Civil, uma equipe técnica foi até o local depois do acidente e um inquérito foi aberto para investigar o caso.

À TV TEM, a empresa em que Erinovaldo trabalhava disse que a limpeza da máquina faz parte das atividades do cargo que o funcionário exercia e não estava ligada no momento do acidente.

A fábrica também informou que foi a primeira vez que houve um acidente como esse na empresa e que aguarda o laudo da perícia para entender o que aconteceu.

Ainda conforme a fábrica, a empresa preza pela segurança e vai reforçar as medidas de prevenção após a perícia, caso seja necessário. Disse ainda que os funcionários são orientados e treinados a trabalharem dentro das normas de segurança e que prestaram a assistência necessária à família da vítima.

Já o Ministério Público do Trabalho (MPT) disse que ainda não teve conhecimento sobre o caso, que geralmente é informado ao órgão pela Polícia Civil ou Ministério do Trabalho, responsáveis pela perícia no local do acidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário