Boletim de informações COVID-19 n° 706 Tatuí, 18 de janeiro de 2022, terça-feira - 11h00h

23.077 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
21.135 PACIENTES RECUPERADOS
461 ÓBITOS CONFIRMADOS
1.481 INFECTADOS EM TRATAMENTO
426,42 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Comitê faz balanço das atividades de combate à dengue em Tatuí

Foram registrados 20.521 casos da doença em Tatuí neste ano

Reunião do Comitê Gestor de Enfrentamento da Dengue.

28/11/2021 |  Na tarde da última quinta-feira (25/11), na sala de reuniões do Paço Municipal “Prefeita Maria José Gonzaga”, aconteceu uma reunião do Comitê Gestor de Enfrentamento da Dengue, com o intuito de apresentar e relacionar todas as ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti que estão sendo realizadas pela Prefeitura de Tatuí, bem como as atividades que já aconteceram no decorrer deste ano.

Estiveram presentes neste encontro os secretários municipais Renato Pereira de Camargo (Administração e Negócios Jurídicos), Olga Daniela Kramek (secretária interina de Saúde), José Hélio de Oliveira Júnior (Agricultura e Meio Ambiente), Marco Luís Rezende (Obras e Infraestrutura), Alessandro Bosso (Assistência e Desenvolvimento Social), Miguel Ângelo de Campos (Segurança Pública e Mobilidade Urbana), Aniz Eduardo Boneder Amadei (Fazenda e Finanças) e Cassiano Sinisgalli (Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude); o chefe de Gabinete, Christian Pereira de Camargo; a diretora de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde, Kátia de Campos Abuchaim; o diretor municipal de Comunicação, Alex Galvão Macedo; e a jornalista do Departamento de Comunicação, Francine Maria Calegare Lemes Monteiro.

A secretária interina de Saúde, Olga Daniela Kramek, informou que, neste ano de 2021, Tatuí já registrou 20.521 casos confirmados de Dengue (em 2019 foram 54 casos confirmados da doença no município e em 2020 foram 342 casos confirmados) e que a Equipe de Combate à Dengue é composta por 12 visitadores sanitários, 17 agentes de Controle de Endemias e 1 fiscal. Com relação ao trabalho desta equipe de combate à Dengue, Olga apresentou os seguintes números: 39.238 visitas diárias em residências e comércios, sendo 7.740 controles mecânicos (descarte de recipientes com acúmulo de água); 3.857 controles focais (aplicação de larvicida em recipientes ou lugares que possam acumular água); e 1.940 controles alternativos (uso de produtos químicos que eliminam a larva, tais como detergente, sabão em pó ou líquido, cloro e sal); 44.702 controles de criadouros (busca em um raio de 150 metros da residência do caso confirmado); 69 visitas trimestrais em imóveis especiais, ou seja, em locais com maior fluxo de pessoas, que são cadastrados no sistema Sisaweb (base oficial do Estado de São Paulo para registro das informações de controle de vetores), entre eles escolas, supermercados e clubes; 307 visitas periódicas quinzenais e mensais em pontos estratégicos – cadastrados no sistema Sisaweb – que venham a ter acúmulo de recipientes e materiais inservíveis, tais como ferro velho, borracharia, empresas e outros; 6.718 visitas trimestrais em 1.200 imóveis sorteados aleatoriamente pelo sistema Sisaweb, onde foram coletadas larvas para Avaliação de Densidade Larvária (ADL) e detectadas as regiões com maior índices de larvas do Aedes Aegypti; e 421 visitas de reclamações atendidas.

A preocupação em conscientizar e orientar à população tem sido trabalhada de forma intensa pela Secretaria de Saúde, conforme as atividades apresentadas: dia 17/07, pedágio de conscientização no combate à Dengue nas ruas centrais, em supermercados, semáforos e praças com grande concentração de pessoas aos finais de semana, com orientação e distribuição de panfletos, bem como a exposição de 10 faixas educativas; carro de som percorrendo, diariamente, os bairros da cidade e região central com orientações para a prevenção e sintomas de Dengue; ações específicas e estratégicas no Dia de Finados (02/11), nos dois cemitérios da cidade, com eliminação de possíveis criadouros em vasos e jardineiras e aplicação de larvicida, além da distribuição de panfletos de orientações; setembro de 2021, treinamento sobre o controle de Análise de Densidade Larvária (ADL) para a equipe de Agentes de Controle de Endemias, na Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo (SUCEN); outubro de 2021, palestra educativa na EMEF “Prof.ª Maria Conceição Oliveira Marcondes”, e planejamento de cronograma para o próximo ano letivo realizado pela Secretaria de Educação; 17/09, na Fatec, “Encontro Municipal de Combate à Dengue”, com diretores e secretários da Prefeitura, e membros da Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo (SUCEN-SP), para debater e expor dados sobre as medidas de combate ao mosquito Aedes Aegypti no município e, em uma segunda oportunidade, o mesmo Encontro foi realizado para escolas particulares, líderes religiosos e empresários; confecção de 50 mil panfletos educativos, conforme orientações de prevenção e sintomas da Secretaria Estadual de Saúde; duas publicações de anúncios sobre Dengue nos dois jornais do município, além de chamadas na rádio local; e em 25/09, carreata de conscientização de combate à Dengue, percorrendo diversos bairros do município, com a presença de um carro de som que transmitia mensagens sobre prevenção e sintomas da doença.

Olga ainda afirmou que há uma programação sendo seguida para o retorno aos imóveis que se encontravam fechados no momento da visita dos agentes de combate à Dengue, sendo que este retorno será aos finais de semana, para um melhor resultado. Também destacou que, em todas as Unidades Básicas de Saúde, há a realização de testes para detecção da Dengue.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, por meio de seu secretário José Hélio de Oliveira Júnior, disse que contratou uma empresa com 50 funcionários para realizar a limpeza das ruas, a capina e a retirada de sujeiras dos bueiros. Além disso, o secretário afirmou que se encontra em licitação a contratação de uma empresa para promover mais edições da Operação “Limpeza e Cata Treco – Cuide de Tatuí, Cuide de Você”, a partir de janeiro de 2.022. Estas Operações acontecem em Tatuí desde março deste ano, totalizando 10 edições, onde foram recolhidas mais de 200 toneladas de entulhos em 104 bairros do município.

Outra informação compartilhada na reunião foi que, em sete dias da penúltima semana, a Secretaria de Obras e Infraestrutura retirou 50 caminhões de sujeiras e entulhos da cidade.

Vale destacar, também, que todas as escolas da Rede Municipal de Educação de Tatuí – incluindo Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Educação de Jovens e Adultos (EJA) -, no decorrer deste ano letivo, desenvolveram projetos de conscientização e combate à Dengue com os alunos, os funcionários das unidades escolares e a comunidade. As ações, realizadas com o intuito de tornar os alunos multiplicadores de informações, foram palestras, blitzes educativas, teatros, paródias, maquetes, cartazes, poesia, música, dança, jogos de tabuleiro, cartilhas informativas e seminários.

Ao fim da reunião, os membros do Comitê Gestor de Enfrentamento da Dengue, enfatizaram a importância da colaboração dos vereadores, no sentido de conscientizar e solicitar para os munícipes que realizem a limpeza de suas residências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário