Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Polícia prende mais dois suspeitos de participarem de latrocínio em Tatuí

Comerciante de 50 anos foi morto por uma dívida de R$ 2,1 mil, diz polícia.
Dois irmãos foram presos suspeitos de envolvimento no crime.

Do G1 Itapetininga e Região

Milton Ribeiro de Araújo, de 50 anos, foi morto por cobrar R$ 2,1 mil (Foto: Reprodução/ TV TEM)

A Polícia Civil de Tatuí informou nesta segunda-feira (13) que outros dois suspeitos de terem participado da morte do comerciante Milton Ribeiro de Araújo, de 50 anos, foram presos neste fim de semana. Milton estava desaparecido desde sábado (4) e, após investigações, a Polícia Civil apurou que ele foi morto por um jovem de 26 anos por causa de uma dívida de R$ 2,1 mil. O corpo dele foi encontrado no Rio Sorocaba e o primeiro suspeito foi preso no dia 6 de junho.

De acordo com o delegado Emanuel dos Santos Françani, após a prisão do primeiro suspeito, que confessou o crime, a polícia prosseguiu nas investigações e apurou que outros dois homens teriam ajudado na ocultação do corpo de Milton e participado do crime.

"Fomos informados que, além da vítima ter sido golpeada com um bastão de beisebol, teria sido baleada. Além disso, as investigações apontaram que, além do primeiro suspeito, outros dois estavam juntos na cena do crime. Após mandado de busca e apreensão ser expedido, fomos até a casa dos suspeitos, que são irmãos, e os encontramos com um revólver calibre 22. Pedimos a prisão temporária dos dois, que também foi expedida", afirma.

Ainda segundo o delegado, um dos suspeitos afirma que estava na cena do crime, mas nega ter matado o comerciante. "Vamos prosseguir com as investigações e aguardar o resultado do laudo, que apontará o calibre dos projéteis que foram encontrados no corpo da vítima. Vamos comparar se é o mesmo calibre da arma encontrada com os irmãos. Os dois, até o momento, estão detidos na cadeia pública de Capão Bonito e podem responder por latrocínio e ocultação de cadáver", afirma.

Suspeito, de 26 anos, foi preso após ser visto com carro da vítima (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Entenda o caso
A Polícia Civil prendeu no dia 6 de junho um homem suspeito de matar um comerciante de 50 anos com um bastão de beisebol por uma dívida de R$ 2,1 mil dentro da loja de carros da vítima, em Tatuí. O crime teria acontecido neste sábado (4), no Jardim Junqueira.

De acordo com a polícia, familiares da vítima registraram na noite de sábado (4) um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do comerciante, já que ele trabalhava até às 13h e não havia retornado para a casa.

Após investigações, os policiais foram informados na noite deste domingo (5), por uma equipe da Guarda Civil Municipal, de que um rapaz foi visto conduzindo o carro da loja da vítima na Vila Angélica. Os policiais foram até o local e abordaram o motorista, de 26 anos, que confessou o crime.

Segundo a polícia, em depoimento na delegacia, o jovem admitiu que matou o comerciante por uma dívida gerada durante uma negociação de carro. Além disso, ele alegou que escondeu o corpo em um quarto dentro do estabelecimento até domingo (5) e, em seguida, usou um carro da vítima para ir até o Rio Sorocaba, na estrada que liga Tatuí a Boituva, onde teria jogado o corpo na água e abandonado o veículo. Na mesma data, ele teria pego outro carro da loja para disfarçar o crime e fingir um latrocínio.

Encontro do corpo
O corpo de Milton foi encontrado neste sábado (11) no Rio Sorocaba às margens da rodovia SP-129. De acordo com o Corpo de Bombeiros, durante a semana foram feitas buscas por uma equipe de mergulhadores, mas o corpo ainda não havia sido encontrado.

Neste sábado, familiares e vizinhos estavam realizando buscas em toda a extensão do rio, quando um dos vizinhos da família observou uma mancha escura na água, se aproximou e conseguiu localizar o corpo, que estava às margens da rodovia SP-129 e enroscado em galhos.

Ainda segundo os bombeiros, a família fez o reconhecimento no local e acionou uma equipe para resgatar a vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário