Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

terça-feira, 21 de junho de 2016

Nova secretária da Fazenda de Tatuí é servidora concursada

Giovana Domingues irá conduzir pasta considerada como a mais importante – Elk Rodrigues é a nova diretora de Recursos Humanos


Cerimônia realizada no Paço Municipal marcou a posse de Giovana de Souza Domingues, a nova secretária de Fazenda, Finanças e Planejamento de Tatuí. Giovana é servidora de carreira, com mais 24 de anos de serviços prestados ao município. Formada em gestão empresarial, foi escolhida para conduzir a pasta considerada como mais importante de toda estrutura administrativa. Pela primeira vez, um servidor concursado é escolhido para o cargo. O evento praticamente parou o Paço Municipal. 

Giovana assume a vaga deixada pelo advogado Carlos César Pinheiro da Silva, que continuará prestando consultoria técnica ao município. Para a nova secretária, a experiência adquirida ao longo dos anos vai contribuir para esta nova missão. Em um discurso marcante, Giovana ressaltou o momento único que vive o município na valorização do funcionário de carreira. De fato, sentados à mesa ao lado da nova secretária, estavam dois outros servidores concursados que hoje ocupam papel de protagonistas na administração municipal. Paulo Andreoli, secretário de Infraestrutura, Meio Ambiente e Agricultura, e Douglas Dalmati, Buko, secretário de Esporte, Lazer e Juventude. No ato, outras duas servidoras concursadas assumiram diretorias importantes: Elke Rodrigues também assumiu a direção do Departamento de Recursos Humanos e Anita Hessel a chefia do Planejamento Urbano. “Fiquei muito feliz e emocionada com o convite. Este é um grande desafio em minha carreira, mas tenho certeza que com a união de toda a equipe vamos dar prosseguindo ao bom trabalho já realizado”, comentou Giovana.

O discurso do prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, foi marcado pela emoção. Diversas vezes, interrompido por lágrimas. Ele ressaltou a participação de nomes como Paulo Andreoli, no seu governo. “Fui muito criticado quando escolhi o Paulo para a secretaria. Diziam que tinha que ser um engenheiro. Mas, na verdade, é preciso ter comprometimento com a cidade, respeito pelas pessoas e o Mangueirão no coração”, disse.

Manu também agradeceu a colaboração do secretário Carlos César Pinheiro da Silva, da diretora do RH, Fabiana Freitas, e desejou boa sorte aos empossados. “Temos funcionários de carreira muito qualificados. Giovana e Elke são provas desse comprometimento e dessa dedicação tenho certeza que farão um excelente trabalho. Nossa administração se sente engrandecida por ter pessoas tão valorosas comprometidas com a nossa causa e principalmente com a população”, argumentou.

Durante o ato, o prefeito assinou o decreto nº 17.291 que institui a comissão para acompanhamento das atividades de elaboração, do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos Servidores Públicos da administração direta. Um antigo sonho dos funcionários. A comissão tem como membros, a própria diretora do RH, e os servidores Alexandre Novais do Carmo, Giovana de Sousa, José Guilherme Orsi, Lucilia Grando, Rosan Paes Camargo Filho e Sonia Regina Menezes da Silva.

O grupo será responsável por fazer o levantamento de todas as leis de criação de cargos, a descrição de cada função e com isso elaborar uma redação do estágio probatório com indicação dos fatores e requisitos e ainda como serão as avaliações, que vão acontecer a cada dois anos. Além disso, haverá a progressão vertical, quando o funcionário terá um acréscimo conforme o nível de escolaridade, e ainda a progressão horizontal baseada no tempo de trabalho do funcionário. “Vamos promover a meritocracia e o reconhecimento. Nosso compromisso de valorizar o funcionário e reduzir os cargos de comissão ganha mais uma etapa. Em nossa gestão, passamos de 148 para 43 cargos de confiança, 71% a menos. Também cortamos três secretarias. São essa economias, do dia-a-dia, que fazem a nossa cidade continuar funcionando a pleno vapor, enquanto a crise afeta diversos municípios que sequer conseguem honrar suas folhas de pagamento”, finalizou Manu.

De acordo com Elk Rodrigues trata-se de uma grande valorização para os funcionários, para que eles saibam o quanto são importantes para o bom andamento da Prefeitura. “O Plano de carreira tende a unir os servidores e a empresa gerando crescimento para ambos, motivando os servidores em seus estudos. Com isso, teremos servidores mais qualificados para atender a nossa população”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário