Boletim de informações COVID-19 n° 708 Tatuí, 20 de janeiro de 2022, quinta-feira - 11h00h

23.497 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
22.032 PACIENTES RECUPERADOS
462 ÓBITOS CONFIRMADOS
1.003 INFECTADOS EM TRATAMENTO
349,42 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Puro Sangue Lusitano elege os Grandes Campeões de 2021

39ª Expo Internacional superou as expectativas com elevado número de participantes, animais de muita qualidade e disputas emocionantes



(Pedro C. Rebouças)

Olimpo do Castanheiro, exposto pela Coudelaria Ilha Verde e da criação da Coudelaria do Castanheiro (Foto: Ney Messi)

07/12/2021 | A 39ª Exposição Internacional do Cavalo Puro Sangue Lusitano viveu, na noite desse domingo (05), no Centro Hípico de Tatuí (SP), um momento de grande emoção, com a raça conhecendo seus novos Grandes Campeões e em especial o Campeão dos Campeões de 2021.

O título mais cobiçado do evento foi conquistado pelo jovem macho Olimpo do Castanheiro (Escorial em Hannukah do Retiro), exposto pela Coudelaria Ilha Verde e proveniente da criação da Coudelaria do Castanheiro. Em sua brilhante participação no evento, o animal primeiro venceu a categoria de machos de quatro anos hípicos, depois sagrou-se Grande Campeão Macho Adulto e Grande Campeão Macho, até conquistar o prêmio máximo de Campeão dos Campeões.

Sem esconder a emoção, o titular da Coudelaria Ilha Verde, Victor Oliva, mostrou todo o seu encantamento com Olimpo do Castanheiro. “O cavalo Lusitano só tem me dado alegria, seja no Brasil, em Portugal ou na Alemanha. Eu realmente acredito na raça e acho que isso é só o começo. O Olimpo é um cavalo espetacular, que ainda vai realizar muita coisa e vai ser um pai espetacular. Seu principal diferencial é, sem dúvida, a flexibilidade, a mesma qualidade demonstrada pelo pai dele. Enfim, é só isso o que tenho para falar, pois estou muito emocionado.”

Na disputa final, Olimpo venceu outro animal com participação destacada no evento, a potra Quebella do Vouga (Baluarte do Vouga em Zelosa do Vouga). Afinal, a jovem palomina, exposta e selecionada pela Coudelaria Rocas do Vouga, acumulou premiações ao longo da mostra, sagrando-se campeã da concorrida categoria de fêmeas de dois anos hípicos, Grande Campeã Fêmea Jovem e Grande Campeã Fêmea.

O Concurso de Modelo e Andamentos consagrou ainda: o Grande Campeão Macho Jovem, Q-Raro do Vouga (Riopele em Harmonia do Vouga), exposto por Milton Amadeu Junior e selecionado pela Coudelaria Rocas do Vouga; o 1º Reservado Grande Campeão Jovem, Quimanji do Castanheiro (Gengibre Comando SN em Brotoeja do Castanheiro), proveniente da criação da Coudelaria do Castanheiro; a 1ª Reservada Grande Campeã Jovem, Pandora SOTW (Escorial em Lua HM), exposta pela Coudelaria do Castanheiro e proveniente da criação de Vítor Silva; além do 1º Reservado Grande Campeão Adulto, Oriente Mito do Vouga (Riopele em Cachimira do Mito), originário da criação da Coudelaria Rocas do Vouga.

Comandada pelo criador Manuel Tavares de Almeida Filho, a Coudelaria Rocas do Vouga conquistou também os títulos de Melhor Expositor e Melhor Criador da 39ª Expo Internacional. “É muito gratificante poder receber estes prêmios. Afinal, o nível dos animais participantes estava muito alto, o que valoriza essas conquistas e faz com que a gente fique ainda mais feliz. Mas, o mais importante é mesmo ver essa festa tão bem organizada, com gente tão feliz, em um final de semana muito prazeroso, tanto para estarmos competindo como para estarmos aqui festejando. Essa, afinal, é sempre uma competição em família, em que a gente torce por nossos animais mas também para que o melhor animal vença, pois é assim que a raça pode evoluir.”

Coudelaria Rocas do Vouga conquistou também os títulos de Melhor Expositor e Melhor Criador (Foto: Ney Messi)

Expectativas superadas

Na avaliação do juiz português Tomé Jorge Nunes, responsável pela condução do Concurso de Modelo e Andamentos, a 39ª Exposição Internacional foi um evento surpreendente. “Esse foi um campeonato que me surpreendeu, tanto pela quantidade, pois não vinha à espera de mais de cem cavalos inscritos, como pela qualidade que encontrei no concurso e se expressou tanto no número de medalhas de ouro e prata como na disputa dos Grandes Campeonatos. Enfim, foi um campeonato muito bonito.”

Já o presidente da Associação Brasileira de Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano (ABPSL), Ismael Gonçalves da Silva, destaca que o evento superou as expectativas em diversos aspectos. “Este ano, nós realmente conseguimos reunir muitos animais, foram 103 no Concurso de Modelo e Andamentos, quase oitenta nas provas de Adestramento, além dos animais do Leilão Oficial ABPSL.”

O dirigente prossegue ressaltando outros aspectos positivos do evento. “Essa foi uma festa maravilhosa, com a presença de muitos apaixonados pela raça, entre eles cerca de 35 visitantes de outros países, como Portugal, México, Estados Unidos, Espanha, Chile e Colômbia. Além disso, tivemos o retorno de grandes criatórios, como o Haras Ianonni e a Coudelaria Alegria dos Pinhais, e também a chegada de novos criadores. Aliás, vale destacar que o crescimento registrado este ano na raça supera em 300% o registrado no ano anterior. Afinal, enquanto em 2020 tivemos a chegada de apenas cinco novos sócios, este ano registramos até o momento 32 novos associados, com três deles assinando a adesão à ABPSL aqui na exposição.”

Para obter mais informação sobre o cavalo Puro Sangue Lusitano, acompanhe as páginas oficiais da ABPSL no Facebook e no Instagram ou visite o portal oficial da raça: www.associacaolusitano.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário