Boletim de informações COVID-19 n° 775 Tatuí, 13 de maio de 2022, sexta-feira 11h00

27.351 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
26.733 PACIENTES RECUPERADOS
502 ÓBITOS CONFIRMADOS
116 INFECTADOS EM TRATAMENTO
26,42 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

segunda-feira, 2 de maio de 2022

Condenado a 41 anos de prisão por estuprar sobrinhas e neta é detido em Tatuí

Caso foi registrado em 2020, depois que uma das vítimas contou para uma parente sobre os abusos.

Por g1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Tatuí — Foto: Reprodução/TV TEM


02/05/2022 |  Um homem condenado a 41 anos de prisão por estupro de vulnerável foi detido neste fim de semana em Tatuí. Segundo a polícia, ele é suspeito de abusar sexualmente de duas sobrinhas e uma neta.

O caso foi registrado em agosto de 2020. Na época, uma das vítimas contou para uma parente que havia sido estuprada pelo avô e, a partir disso, as outras duas também relataram que sofreram abusos por parte do tio.

Em depoimento à polícia, uma das vítimas contou que começou a sofrer abusos quando tinha cerca de 13 anos e era ameaçada de morte para que não contasse aos parentes sobre os estupros.

A jovem, na época com 21 anos, disse aos policiais que decidiu falar sobre o ocorrido depois que soube que o tio também havia abusado da irmã mais nova dela, de 11 anos, e da prima de segundo grau, de 10.

Roberto Carlos de Arruda foi investigado por meio de inquérito policial na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Tatuí e condenado a 41 anos de prisão.

De acordo com a Polícia Civil, Roberto foi encontrado neste sábado (30) pela Polícia Militar e o mandado de prisão contra ele foi cumprido. O homem foi encaminhado ao sistema penitenciário da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário