Nosso Jornal Online

Tatuí, 


segunda-feira, 8 de abril de 2019

Corte de verba é pauta de reunião na Secretaria de Cultura

por Fabíola Andrade, no Destak Jornal

Levantamento feitos por instituições aponta que contingenciamento do repasse atingirá atividades dos principais espaços artísticos do Estado

Foto: Marcos Santos/USP Imagens

08.04.2019 08:00 | Representantes da Secretaria Estadual da Cultura e Economia Criativa e da Abraosc (Associação Brasileira das Organizações Sociais de Cultura) se reúnem nesta segunda-feira (8) para tratar sobre o contingenciamento de verbas da pasta.

A associação alega que o corte, estimado em R$ 127 milhões, poderá prejudicar atividades de instituições como a Pinacoteca, o Theatro São Pedro, a São Paulo Companhia de Dança, a EMESP (Escola de Música do Estado de São Paulo) Tom Jobim, as Fábricas de Cultura, o Conservatório de Tatuí, Museu Afro Brasil, Museu da Casa Brasileira, Museu do Futebol, entre outras.

"Tínhamos sinalização de que o contingenciamento aconteceria. Mas a possibilidade de concretização resultará na dificuldade em manter e a necessidade de reduzir as atividades realizadas atualmente", explicou Paulo Zuben, diretor-presidente da Abraosc.

Antes do anúncio do corte, o orçamento da pasta previsto para 2019 era de R$ 647,2 milhões, um valor que 0,34% do orçamento total para o Estado de São Paulo.

A associação explicou que as instituições prepararam as atividades para este ano baseadas neste valor. Com a mudança, além da redução de atividades abertas ao público, o impacto pode atingir o número de funcionários e monitores que hoje atuam nos espaços, que precisarão ser reduzidos.

"Esperamos, através de dados e números mostrar o impacto que o corte vai ter na prática e sensibilizá-los quanto a isso", disse Zuben. 

Em nota, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo informou que tem realizado reuniões com as 18 organizações sociais com as quais mantém contratos. "O objetivo é avaliar, definir e mitigar os impactos do contingenciamento sobre as atividades realizadas. Não há previsão de fechamento de instituições e programas", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário