Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Valor do IPTU aumenta e população reclama de ruas esburacadas em Tatuí

Prefeito Manu pediu ajuda financeira para o governo estadual.

Do G1 Itapetininga e Região

O valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de Tatuí reajuste de 10,67% na cobrança de 2016. Contudo, a população reclama que as ruas da cidade continuam esburacadas e afirma que o dinheiro recolhido pela arrecadação tem sido mal gasto pelo poder público.

A dona de casa Sueli de Fátima Diniz enviou um vídeo para a TV TEM para mostrar as crateras nas ruas do bairro Jardim Wanderley. No vídeo, a moradora relata os prejuízos financeiros com a manutenção dos veículos e sobre o risco de acidente. “Eles arrumam e depois a chuva vem e leva todo o trabalho embora. Porém, é mais pedra do que conserto mesmo. Fica até perigoso pilotar com a moto nas ruas da cidade."

Há uma semana, a reportagem da TV TEM esteve na Vila Santa Adélia e constatou que as vias estão tomadas pelos buracos. Moradores do local jogaram entulho no asfalto para tentar mostrar os pontos com problemas. “O IPTU vem para a gente pagar tudo, mas as ruas estão ruins”, reclama a costureira Maria de Lurdes de Oliveira.

Especialista na questão, a advogada tributarista Ranúzia Coutinho explica que arrecadação do imposto pode ser usada para melhorias em diversas áreas. “O IPTU é um tributo não vinculado. Toda receita dele pode ser usada pelo prefeito em vários segmentos, como educação, recapeamento das ruas, saúde, folha de pagamento e, muitas vezes, para o complemento da merenda escolar. O que o cidadão espera é a aplicação correta desta contribuição”, destaca.

Além dos problemas nas ruas da cidade, a paralisação na construção de uma unidade de Pronto-Atendimento (PA) e os estragos causados pelas recentes chuvas também são lembrados pelos moradores.
(Foto: Reprodução/TV TEM)
De acordo com o assessor de comunicação da prefeitura, Alexandre Scalise, o órgão busca saídas para tentar resolver todas os problemas da cidade.

“Tatuí passou por um período de chuvas fortes, que causaram estragos em toda a cidade, em especial, na malha viária. Então, a arrecadação ajuda a prefeitura a fazer os investimentos, já que o governo do estado e federal não se pronunciaram favoravelmente em mandar recursos para recuperação do município”, completa.

Em nota, a administração municipal afirmou que o prefeito esteve em São Paulo (SP) para se reunir com o governador para pedir ajuda financeira para a recuperação das áreas mais atingidas pelos recentes temporais. Quanto à paralisação na construção do Pronto-Atendimento, a prefeitura afirmou que a documentação necessária para a liberação da verba foi entregue e os trabalhos serão retomados em março deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário