Boletim de informaç0ões COVID-19 n° 545 Tatuí, 25 de julho de 2021, domingo - 11h00h

17.641 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
17.165 PACIENTES RECUPERADOS
435 ÓBITOS CONFIRMADOS
41 INFECTADOS EM TRATAMENTO
23,71 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 25 de maio de 2021

Cotidiano da mulher é o tema do novo vídeo do coletivo Joanas de Tatuí

A atriz Rose Tureck é a narradora do trabalho, estrelado pela atriz Erenice Lemos, com roteiro de Helô Borges e edição de Tatiana Teles Rodrigues da Costa.

A atriz Rose Tureck

25/05/2021 | Com recursos da Lei Federal nº 14.017/2020, Lei Aldir Blanc (LAB), por meio do Decreto Municipal nº 20.657, de 16 de julho de 2020, o Coletivo “Joanas de Tatuí”, em parceria com a “Vem Cá me Ler”, disponibilizou um novo vídeo do seu Projeto “Notícia de Jornal”.

Idealizado em um país que é considerado o 5º colocado em números de casos de violência doméstica no mundo, fato que bastaria para que se somasse a tantos outros que contemplam a mesma finalidade, este novo vídeo narra o cotidiano da mulher, seus anseios e batalhas. Ele mostra, também, a vida das milhões de mulheres anônimas que ajudaram a construir esse país e hoje lutam, mais do que nunca, para mantê-lo de pé, permanecendo firmes, sem esmorecer.

A atriz Rose Tureck é a narradora do trabalho, estrelado pela atriz Erenice Lemos, com roteiro de Helô Borges e edição de Tatiana Teles Rodrigues da Costa. O vídeo está disponível no Facebook https://bit.ly/3fEuO6a

Sobre o coletivo – O Coletivo “Joanas de Tatuí” é formado por mulheres, de várias faixas etárias e profissões, que são engajadas na conscientização sobre a violência doméstica em todos os aspectos: moral, psicológico, sexual, físico e patrimonial.

Os ensaios do grupo tiveram início em 16/08/2017, com a primeira apresentação presencial em 2018. A partir da estreia, elas foram convidadas para várias apresentações no município de Tatuí, em escolas, reuniões de pais, congressos e encontros de mulheres. Foram convidadas, também, para abertura de eventos nos municípios da região, tais como Boituva e Itapetininga, além da cidade de São Paulo.

Com a pandemia e o distanciamento social, o Coletivo resolveu seguir com o projeto por meio de vídeos, lançados nas mídias sociais, com o objetivo de alcançar o maior número possível de pessoas, continuando assim a sua luta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário