Boletim de informaç0ões COVID-19 n° 628 Tatuí, 17 de domingo de 2021, sábado - 11h00h

18.331 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
17.862 PACIENTES RECUPERADOS
456 ÓBITOS CONFIRMADOS
13 INFECTADOS EM TRATAMENTO
3,28 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

domingo, 12 de setembro de 2021

Mesa redonda discute “Saúde Mental e Prevenção ao Suicídio" em Tatuí

REDE DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL – RAPS, DA PREFEITURA DE TATUÍ, PROMOVE MESA REDONDA DA CAMPANHA “SETEMBRO AMARELO”

Evento teve a participação do prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior em sua abertura.


12/09/2021 |  Na sexta-feira (10/09), Dia Mundial de Combate ao Suicídio, a Prefeitura de Tatuí, por meio da Rede de Atenção Psicossocial – RAPS, pertencente à Secretaria Municipal de Saúde, realizou, na Câmara Municipal de Tatuí, uma mesa redonda com o tema “Saúde Mental e Prevenção ao Suicídio: Estratégias para além do Setembro Amarelo”.

Cerca de 46 pessoas estiveram presentes no evento. A abertura das atividades contou com a participação do prefeito de Tatuí, Miguel Lopes Cardoso Júnior; da secretária de Saúde, Tirza Luiza de Melo Meira Martins; e da diretora da RAPS, Cíntia Scaglioni.

Logo no início do evento, o coral composto por 10 pacientes do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPS-AD) e do Centro de Atenção Psicossocial II (CAPS-II), regido pela enfermeira Fernanda Pereira Marinho, realizaram uma bela apresentação com a música “Enquanto Houver Sol”, do grupo Titãs.

Em seguida, as psiquiatras Regina Célia Ribeiro Malta e Silvia Tieko Kitahara apresentaram a definição e a forma de funcionamento da RAPS e dos Centros de Atenção Psicossocial, os CAPS II e AD; concluindo esta etapa com a apresentação de um vídeo sobre os locais, sob responsabilidade da terapeuta ocupacional Marinara Aparecida Quevedo Soares.

Após um coffee break, houve uma palestra realizada por Marinara, em parceria com a também terapeuta ocupacional, Marina Rozendo Garcia, com enfoque no tema do evento: “Saúde Mental e Prevenção ao Suicídio: Estratégias para além do Setembro Amarelo”, seguida pela discussão do tema com alguns convidados: a enfermeira e articuladora em saúde mental do DRS-Sorocaba, Rita de Cássia Silva Carvalho; a psicóloga Kelly Davis; a terapeuta ocupacional de Sorocaba, Ana Carolina Diniz Rosa Cómitre; e a psiquiatra de Sorocaba, Cristiane Cacossi Picarelli.

O suicídio pode afetar qualquer pessoa, mas pode – e deve – ser prevenido. Para isso, é necessário ficar atento aos sinais demonstrados pelas pessoas, como angústia, não agir normalmente, perda de interesse em coisas que costumava gostar, falar sobre sentimento de desesperança ou se isolar da família e amigos. Se identificado os sinais, é importante conversar com a pessoa e incentivá-la a buscar ajuda; se perceber um risco imediato, não a deixe sozinha e entre em contato com alguém de confiança dela. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: (15) 3205-1135 (Novo CAPS-II) e (15) 3251-4370 (CAPS AD – Álcool e Drogas).

Setembro Amarelo – Neste ano com o tema “Agir Salva Vidas”, a Campanha “Setembro Amarelo” é promovida nacionalmente desde 2014 pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), e tem como principal objetivo diminuir os índices de suicídio. O Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio é celebrado em 10 de setembro, porém, a Campanha é realizada ao longo de todo o mês.

Dados da Campanha apontam que passam de 13 mil suicídios registrados por ano no Brasil, podendo ser bem maiores em decorrência das subnotificações. E, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada 40 segundos, uma pessoa morre por suicídio no mundo e a cada 3 segundos uma pessoa atenta contra a própria vida.

A Campanha “Setembro Amarelo” surgiu com o objetivo de prevenir e reduzir estes números, e para isso, conta com o apoio de governos, núcleos, associados e de toda a sociedade. Em municípios que possuem Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), como Tatuí, os casos de suicídio costumam ser reduzidos em 14%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário