Boletim de informações COVID-19 n° 669 Tatuí, 26 de novembro de 2021, sexta-feira - 11h00h

18.406 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
17.939 PACIENTES RECUPERADOS
458 ÓBITOS CONFIRMADOS
9 INFECTADOS EM TRATAMENTO
2,28 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Paraquedistas saltam de wingsuit e batem recorde sul-americano em Boituva

Pela primeira vez, 20 pessoas saltaram juntas com wingsuit, um macacão com asas usado em voos de alta performance.

Por TV TEM com copidesque do DT

Paraquedistas saltam de wingsuit e batem recorde sul-americano em Boituva — Foto: TV TEM/Reprodução

19/09/2021 |  Um recorde sul-americano de paraquedismo foi batido no sábado (18) em Boituva, na região turística de Tatuí. Pela primeira vez, 20 pessoas saltaram juntas com wingsuit, um macacão com asas usado em voos de alta performance.

O grupo passou por quatro dias intensos de treinamento e reuniões para chegar ao objetivo final, que era bater quatro recordes: o paulista, o brasileiro, o latino-americano e o sul-americano.

Paraquedistas batem recorde sul-americano em Boituva — Foto: TV TEM/Reprodução

Paraquedistas saltam de wingsuit e batem recorde sul-americano — Foto: TV TEM/Reprodução

Segundo o paraquedista Flávio Jordão, essa modalidade é mais desafiadora, já que a roupa usada pelos atletas se desloca com a força do vento e a quantidade de pessoas torna o salto mais perigoso.

"Dois aviões são usados e, por isso, o cuidado é maior. Mesmo assim, vamos começar na primeira decolagem com 20 pessoas, depois com 25, até chegar a 30 pessoas", conta Flávio.

Paraquedistas saltam de wingsuit e batem recorde em Boituva — Foto: TV TEM/Reprodução

Com o mesmo objetivo, a paraquedista Marcia Farkouh, que coleciona recordes em campeonatos mundiais e já tem no currículo mais de 5,8 mil saltos, afirma que o evento é uma oportunidade de unir pessoas.

"Estar no céu e dividi-lo com pessoas que têm o mesmo objetivo é a união de todas as tribos e forças. É a vontade e a determinação de que cada um vai fazer o seu melhor", explica.

Em conjunto, o grupo conseguiu colocar o maior número de paraquedistas no ar. O último recorde havia sido de 17 pessoas.

"É uma conquista coletiva, diferente de outros esportes que trabalham com a disputa. É uma conquista muito grande para o Brasil, para a América Sul, América Latina e para o wingsuit."

Nenhum comentário:

Postar um comentário