Boletim de informações COVID-19 n° 669 Tatuí, 26 de novembro de 2021, sexta-feira - 11h00h

18.406 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
17.939 PACIENTES RECUPERADOS
458 ÓBITOS CONFIRMADOS
9 INFECTADOS EM TRATAMENTO
2,28 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Capela do Alto recebe primeira etapa do Paulista MX1 MX2 de Motocross

CT Jhonnys Custom Bar recebeu a abertura do campeonato

Redação MotoX.com.br: Texto e Fotos Luiz C. Garcia, com edição do DT

19/09/2021 |  A FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo) voltou à ativa com a abertura do Campeonato Paulista de Motocross no último final de semana, no CT Jhonnys Custom Bar em Capela do Alto.

Abertura do Paulista de Motocross em Capela do Alto

Com ótima estrutura, o local acomodou muito bem a todos pilotos e equipes que competiram na abertura.

Mesmo com a alta temperatura os pilotos da categoria MX3 não economizaram nas disputas dentro da pista. Pela liderança da prova,  João Vitor Cardeli impôs seu melhor ritmo desde o começo. Pela segunda posição, após muita insistência, Pedro "Paraná" Sampaio conseguiu superar Luiz Miguel Marti. A quarta posição foi definida somente nas últimas voltas. Boa parte da prova a posição foi de Mauro Vieira, mas uma queda fez com que terminasse a prova em sexto. Quem assumiu a posição foi Neto Ortega que sustentou a posição até a última volta quando foi superado por Octavio "Tata" Mello Neto.

João Vitor Cardeli

João Vitor também venceu a MX4. Ótimo desempenho de Tati Poltrinieri que terminou a prova em segundo, após largar no meio do pelotão. Divanei Silva ficou com o terceiro posto. Andando tranquilo Clericson Alan ficou em quarto e Sérgio Caputo completou o pódio.

Hermínio Maninho, vencedor da MX5

Hermínio "Maninho" foi o vencedor da categoria MX5 com Sérgio Caputo em segundo. Essa categoria andou junto com a MX6 vencida por João Cardeli, que viu Sandro Silva se aproximar perigosamente na última volta. Marcos Loureiro terminou em terceiro. Pedro Mariozi e Valter Povedano completaram o pódio.

Heitor Matos andou forte e garantiu a 50cc de ponta a ponta. Dayan Mori Junior terminou a prova em segundo, deixando Marcos Dias em terceiro e Arthur de Aquino em quarto.

Heitor venceu mais tarde a categoria 65cc com Bruno Brito em segundo se esforçando mutio0 para superar o líder. Marcos Godoy assumiu a terceira posição no começo da prova sendo perseguido por Dayan Mori Junior em boa parte da prova. Marcos Dias fez uma ótima corrida de recuperação e ficou em quinto lugar.

As primeiras posições da bateria da Intermediária 250 foram definidas no começo da prova. Felipe Damaro, mesmo tendo em boa parte da disputa a companhia de Fernando Castelhano, conseguiu se sustentar na ponta e venceu a bateria. Um pouco mais distante, Felipe Nissani não teve dificuldades para terminar em terceiro. Marcos Monberg ficou com em quarto e em quinto Arnaldo Paz.

Já na Intermediária 450, o vencedor foi Nenê Mantovani, com a segunda posição para Junior Costa. Newton "Junião" Furquim ficou o terceiro lugar seguido de Silvio Franco.

Gustavo Pinheiro Junior foi o vencedor da categoria Júnior. Com um bom ritmo de prova Guilherme Fidelis Júnior terminou em segundo. Heitor Matos foi o terceiro e os pilotos Tarciso Batiel Júnior e Bruno Brito Junior terminaram em quarto e quinto lugares respectivamente, completando o pódio.

A intermediária 450 cc andou junto com a MX Gold que reuniu os principais pilotos do dia. Andando muito bem Gabriel Elias não deixou ninguém de aproximar da liderança da bateria vencendo a prova de ponta a ponta conquistando a segunda prova do dia. João Vitor Cardeli abriu uma boa vantagem sobre o terceiro lugar que ficou com Pedro "Paraná" Sampaio. Em de recuperação, Victor Mantovani terminou em quarto e Raul Povedano completou o pódio da categoria.

A primeira vitória do dia de Gabriel Elias veio na MX2 com certa tranquilidade. Largando na frente ele impôs seu ritmo sem ser incomodado pela segunda posição de Pedro "Paraná" Sampaio. Raul Povedano superou Frederico Oliveira e terminou a prova em terceiro. Felipe Nissani completou o pódio da categoria.

Com os ponteiros apertados a categoria MX1 foi vencida por Murilo Frasneli que teve a companhia de João Vitor Cardeli na segunda posição. Andando bem próximo dos primeiros colocados Victor Mantovani terminou em terceiro. Após oscilar nas primas colocações Mauro Vieira se firmou na quarta colocação na metade final da prova. Neto Ortega completou o pódio em quinto.

Além da vitória em uma das principais categorias de motos importadas, Murilo Frasneli foi o destaque nas categorias de motos nacionais vencendo as categorias MXN Pro e MXN Gold. A primeira vitória veio na MXN Pro. Aproveitando muito bem a largada Murilo assumiu a ponta logo no início e administrou muito bem sua diferença em relação ao segundo colocado Júlio Amaral. Vagner Penteado superou Eduardo Chuaste e terminou com a terceira colocação. Valter Povedano manteve um bom rimo e terminou em quinto.

Repetindo o mesmo desempenho, Murilo Frasneli venceu a MXN Gold de ponta a ponta. A segunda posição voltou a ser de Júlio Amaral com Marcelo Fogaça bem próximo no terceiro lugar. Em uma prova agitada Vagner "Juninho" Penteado terminou em quarto deixando Eduardo Chuaste em quinto.
Chuaste viu o filho Leonardo sair de Capela com duas vitórias.

Pela MXN2 Leonardo manteve a liderança mesmo sendo pressionado por Lucas Carinhena em boa parte da prova. Os dois abriram uma pequena vantagem em relação a emocionante disputa que aconteceu pela terceira posição com Leandro Macedo levando a melhor. Felipe Nishida ficou em quarto e em uma ótima corrida de recuperação, Jorge Spizza Filho terminou em quinto.

Já pela MXN3 Leonardo Chuaste tratou de abrir vantagem logo no começo da prova o que lhe deu certa tranquilidade na parte final. Após muita disputa, Leandro Macedo conseguiu ficar com o segundo posto deixando Welinton Araújo em terceiro. Emerson de Oliveira superou Rogério Dias Bento e ficou em quarto com Rogério em quinto.

Após a prova João Cardeli, diretor da Cross Sport, agradeceu a todo que compareceram a prova e também ele destacou o esforço do Jhonnys, dono do CT que não mediu esforços para a realização da etapa mesmo no momento complicado que o mundo está passando. Cardeli agradeceu também a IMS e a Brasil Racing pelos brindes distribuídos na premiação.

A próxima etapa acontecerá nos dias 9 e 10 de outubro na cidade de Porto Feliz.

Resultados 1ª etapa

65cc
1 300 Heitor Matos
2 220 Bruno Brito
3 2 Marco Godoy
4 199 Dayan Lopes Mori Junior
5 165 Marcos Dias
6 206 Arthur Zanaroli De Aquino
7 127 Igor Olivati De Jesus Prestes

Intermediária 250 Cc
1 14 Felipe Santos Damaro
2 33 Fernando Castelhano
3 212 Felipe Nissani
4 46 Marcos Monberg
5 17 Arnaldo Aparecido Paz
6 29 Tulio Jacob Do Santos

Intermediária 450 Cc
1 100 Nene Mantovani
2 217 Junior Costa
3 26 Newton Furquim "junião"
4 14 Silvio Luiz De Almeida Franco

Junior
1 253 Gustavo Pinheiro Junior
2 135 Guilherme Fidelis Junior
3 300 Heitor Matos Junior
4 655 Tarcisio Lorencini Bastiel Junior
5 220 Bruno Brito Junior

50cc
1 300 Heitor Matos
2 199 Dayan Lopes Mori Junior
3 165 Marcos Dias
4 206 Arthur Zanaroli De Aquino

MX1
1 222 Murilo Frasneli
2 149 João Vitor Cardeli
3 100 Victor Mantovani
4 144 Mauro Faria Vieira
5 38 Neto Ortega
6 91 Divanei Andrade Silva
7 26 Newton Furquim "junião"
8 44 Rodrigo Segato
9 559 Gabriel Elias

MX2
1 559 Gabriel Elias
2 3 Pedro Dias Sampaio "parana"
3 49 Raul Povedano
4 999 Frederico Da Silva Oliveira
5 212 Felipe Nissani
6 215 Andre Luiz Mota
7 46 Marcos Monberg
8 100 Victor Mantovani
9 32 Joao Marcos Milani Narezzi
10 2 Bueno Alessandro De Brito

MX3
1 149 João Vitor Cardeli
2 3 Pedro Dias Sampaio Parana
3 730 Luiz Miguel Figueiredo Marti
4 7 Octavio Da Silva Mello Neto
5 38 Neto Ortega
6 144 Mauro Faria Vieira
7 91 Divanei Andrade Silva
8 14 Silvio Luiz De Almeida Franco
9 133 Anderson Marcondes
10 23 Herminio Maninho

MX4
1 149 João Vitor Cardeli
2 92 Tati Poltrinieri
3 91 Divanei Andrade Silva
4 303 Clericson Alan
5 21 Sergio R Caputo
6 17 Arnaldo Aparecido Paz
7 90 Nene Mantovani
8 29 Tulio Jacob Do Santos
9 77 Leandro Matsubara Baki

MX5
1 23 Herminio Maninho
2 21 Sergio R Caputo

MX6
1 27 Joao Batista Cardeli
2 156 Sandro P. Silva
3 118 Markinho Loureiro
4 45 Pedro Mariozi
5 49 Valter Povedano

MX Gold
1 559 Gabriel Elias
2 149 João Vitor Cardeli
3 3 Pedro Dias Sampaio "paraná"
4 90 Victor Mantovani
5 49 Raul Povedano
6 38 Neto Ortega

MXN Pro
1 222 Murilo Frasneli
2 120 Julio Amaral
3 20 Vagner Penteado (juninho)
4 444 Eduardo Chuaste
5 49 Valter Povedano
6 264 Marcelo Antonio Fogaça
7 12 Lucas Maneti Carinhena (manetada)
8 77 Leandro Matsubara Baki
9 55 Ana Lucia Vizioni
10 8 Felipe Campos Nishida

MXN2
1 305 Leonardo Chuaste
2 12 Lucas Maneti Carinhena (manetada)
3 9 Leandro Dos Santos Macedo
4 8 Felipe Campos Nishida
5 90 Jorge Spizza Filho
6 7 Carlos Eduardo Marciel
7 117 Wellinton Almeida Araujo (bita)
8 199 Jose Luiz Ribeiro Barbieri Joaquim (tartaruga)
9 92 Rogerio Dias Bento

MXN3
1 305 Leonardo Chuaste
2 9 Leandro Dos Santos Macedo
3 117 Wellinton Almeida Araujo (bita)
4 23 Emerson De Oliveira
5 92 Rogerio Dias Bento
6 156 Sandro P Silva
7 77 Leandro Matsubara Baki
8 5 Guilherme Rocha

MXN Gold
1 222 Murilo Frasneli
2 120 Julio Amaral
3 264 Marcelo Antonio Fogaça
4 20 Vagner Penteado (juninho)
5 444 Eduardo Chuaste
6 90 Jorge Spizza Filho
7 199 Jose Luiz Ribeiro Barbieri Joaquim (tartaruga)
8 273 Andre De Jesus Preste
9 8 Felipe Campos Nishida

Nenhum comentário:

Postar um comentário