Boletim de informações COVID-19 n° 669 Tatuí, 26 de novembro de 2021, sexta-feira - 11h00h

18.406 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
17.939 PACIENTES RECUPERADOS
458 ÓBITOS CONFIRMADOS
9 INFECTADOS EM TRATAMENTO
2,28 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Exposição de Laio de Almeida permanece no Museu até 3 de outubro

Intitulada “Retratos Musicais”, a exposição apresenta retratos de estudantes de música do Conservatório de Tatuí e de músicos tatuianos com instrumentos em espaços públicos., com intenção de fortalecer o cenário musical e valorizar espaços turísticos do município.

Exposição fotográfica "Retratos Musicais", do fotógrafo Laio de Almeida

24/09/2021 |  A exposição fotográfica “Retratos Musicais”, do fotógrafo Laio de Almeida, em cartaz desde o mês de junho no Museu Histórico “Paulo Setúbal”, entrou em sua última semana de visitação.

Intitulada “Retratos Musicais”, a exposição apresenta retratos de estudantes de música do Conservatório de Tatuí e de músicos tatuianos com instrumentos em espaços públicos, que são Patrimônios Culturais da cidade. A intenção da mostra é fortalecer o cenário musical e valorizar espaços turísticos do município.

O público poderá apreciar o trabalho do artista até o dia 3 de outubro (domingo), sempre de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.

Sobre Laio de Almeida – Laio de Almeida é tecnólogo em Fotografia pela FCAD – Faculdade de Comunicação, Artes e Design do CEUNSP, em Salto. Participou da exposição “Cores”, realizada em Salto, focada nas cores primárias, tendo como pano de fundo lugares abandonados. Fez parte da exposição fotográfica “Olhares”, retratando o olhar feminino. Além disso, realizou exposições nas cidades de Tatuí e Boituva. Laio se dedica a fotografia cênica de trabalhos de artes de palco e, em suas redes sociais, publica trabalhos de pesquisas sobre a diversidade do corpo em paisagens urbanas.

O projeto recebeu recursos da Lei Federal nº 14.017/2020, Lei Aldir Blanc (LAB), por meio do Decreto Municipal nº 20.657, de 16 de julho de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário