Boletim de informaç0ões COVID-19 n° 628 Tatuí, 17 de domingo de 2021, sábado - 11h00h

18.331 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
17.862 PACIENTES RECUPERADOS
456 ÓBITOS CONFIRMADOS
13 INFECTADOS EM TRATAMENTO
3,28 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Escritora tatuiana fará sessão de bate-papo e autógrafos no sábado (18), no Museu

PROFESSORA TATUIANA LANÇA COLETÂNEA DE CONTOS E POEMAS “CANSEI DE SER DELEGACIA”; MUSEU RECEBERÁ BATE-PAPO E SESSÃO DE AUTÓGRAFOS

Beatriz Abreu lançou a coletânea de contos e poemas "Cansei de ser delegacia" e realizará bate papo e sessão de autógrafos.


16/09/2021 |  A professora tatuiana Beatriz Abreu lançou, no dia 22 de julho deste ano, sua coletânea de contos e poemas “Cansei de ser delegacia”, publicado pela editora suíço-brasileira “Helvetia-Éditions” e, neste sábado (18/09), às 15h, realizará uma tarde de bate-papo com sarau e sessão de autógrafos no Museu Histórico municipal “Paulo Setúbal”, de Tatuí.

A obra de Beatriz, que conquista jovens e adultos, explora as subjetividades presentes na composição humana, permeada por sentimentos e críticas sociais. Oficialmente lançada em uma live no canal da editora no Youtube, a coletânea está presente em diversos países, além do Brasil, tais como: Portugal, França, Alemanha, Itália, Áustria, Holanda, Luxemburgo e Suíça.

No lançamento da obra no Museu, também serão realizadas leituras de textos e apresentações de dança, como forma de promoção da livre manifestação artística, dando ao evento um caráter democrático.

O Museu Histórico “Paulo Setúbal” está situado na Praça Manoel Guedes, nº 98, Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3251-4969.

Sobre a escritora – Beatriz Abreu tem 28 anos de idade e leciona Língua Portuguesa há 10 anos; é pós-graduada em Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa e Estrangeira e, atualmente, mestranda em Artes da Cena, na Escola Superior de Artes “Célia Helena”. Ela transita entre a educação, o meio artístico e a pesquisa acadêmica. Sua investigação une a prática pedagógica (ênfase em Literatura) à disseminação e criação de cultura; além de estudar as relações entre voz, corpo e política. Beatriz é vencedora de diversos concursos literários – inclusive a nível nacional -, tendo experiência em escrita criativa, a qual trata em seu primeiro livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário