Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 21 de janeiro de 2014

TATUÍ COMEMORA CHEGADA DO SERVIÇO DE HEMODIÁLISE PARA UTI

A partir desta terça-feira, 21, pacientes em estado grave internados na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Tatuí já podem contar com o serviço de hemodiálise. À tarde, o prefeito esteve no hospital da cidade acompanhado do secretário de Saúde, Fabio Vila Nova, o ex-secretário José Luiz Barusso, e da provedora, Nanete Walti de Lima, e o diretor clínico, Orley Camargo, além de membros do corpo clínico e administrativo da entidade, para a última inspeção antes da liberação do serviço.

O processo de implantação, adequação estrutural e sanitária foi iniciado em abril, ainda pelas mãos do ex-secretário da Saúde, José Luiz Barusso. A novidade contemplará em especial as pessoas que sofreram acidentes que atingiram os rins ou seu funcionamento, além dos pacientes que têm comprometimento crônico de funções renais. A provedora da Santa Casa declarou: “Chegamos a ficar 10 dias esperando vagas para transferir pacientes graves que precisam do serviço de diálise, muitos infelizmente não resistiam e acabavam em a óbito. Trata-se de uma grande conquista”.

A hemodiálise é um tratamento que consiste na remoção do líquido e substâncias tóxicas do sangue como se fosse um rim artificial. É o processo de filtragem e depuração de substâncias indesejáveis do sangue como a creatinina e a ureia. A hemodiálise é uma terapia de substituição renal realizada em pacientes portadores de insuficiência renal crônica ou aguda, já que nesses casos o organismo não consegue eliminar tais substâncias devido à falência dos mecanismos excretores renais.

O convênio será custeado de maneira compartilhada entre a Prefeitura de Tatuí – 60% do total - e a Unimed. O custo mensal é de R$ 20 mil. Dos oito leitos da UTI, um estará apto para o serviço de filtragem do sangue. Duas máquinas foram disponibilizadas para a hemodiálise e outra para osmose de precisão – que faz a última limpeza no sangue. Outro serviço já disponível a toda Santa Casa, não somente para UTI e inclusive para os apartamentos, é a chamada diálise peritoneal – procedimento realizado par os casos de diabetes que acarretam falência parcial dos rins. Três nefrologistas receberam tratamento, supervisionado pelos especialistas Alcir Weiller Ferrari e Alessandra Bonilha Gonçalves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário