Boletim de informações COVID-19 n° 711 Tatuí, 25 de janeiro de 2022, terça-feira - 11h00h

24.079 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
23.090 PACIENTES RECUPERADOS
464 ÓBITOS CONFIRMADOS
525 INFECTADOS EM TRATAMENTO
143,14 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

domingo, 15 de março de 2015

Prefeitura cria Centro de Estatística e Prevenção de acidentes em Tatuí

Do G1- Por meio de um programa de computador, a Prefeitura de Tatuí monitora ruas da cidade e prevê a redução do número de acidentes devido ao Centro de Estatística e Prevenção de Acidentes (Cepat). Em uma sala dentro do Departamento de Trânsito, uma tela informa as ocorrências nas vias e avenidas da cidade, segundo o Executivo. Até o momento, foram registrados 36 acidentes sem mortes no município, de acordo com o centro.

Segundo o Diretor do Departamento de Trânsito, Francisco Fernandes, o Cepat vai colaborar para a diminuição de ocorrências. “Não tínhamos dados precisos sobre os números de acidentes de trânsito. Resolvemos criar o programa que nos ajudará no trabalho.”

No programa, cada ponto que aparece na tela de um computador representa uma ocorrência: atropelamento, acidente de carro com moto, moto com moto, carro com objeto fixo e assim por diante. Ao clicar em um dos ícones, o departamento tem todas as informações sobre o caso.

Com esses dados é possível visualizar a região onde ocorreu o maior número de acidentes. Depois de registradas, todas as ocorrências são encaminhadas aos responsáveis do setor que atualiza diariamente o programa.

O monitoramento está funcionando há dois meses, mas o departamento já registra o maior número de acidentes na Rua 11 de Agosto, que fica na região central de Tatuí. Ao todo, foram sete registros, segundo o Departamento de Trânsito. Após essa constatação, alguns semáforos serão retirados pela prefeitura e outra configuração está sendo estudada para diminuir os casos de acidentes, de acordo com o diretor de trânsito, Francisco Fernandes. Mas ele não informou qual será a outra medida tomada após análise do centro de monitoramento. 
(Foto: Reprodução/ TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário