Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Santa Casa recebe pré-avaliação para o título de Hospital Amigo da Criança


Do Portal da Prefeitura de Tatuí

Santa Casa recebe pré-avaliação para o título de Hospital Amigo da Criança
A Santa Casa de Misericórdia de Tatuí recebeu, na segunda-feira (14), a visita técnica da médica pediatra Keiko Miyasaki Teruya, membro do comitê nacional de aleitamento materno do Ministério da Saúde e representante da Secretaria de Estado da Saúde na titulação Hospital Amigo da Criança. Ela esteve reunida com o interventor da municipalidade na Santa Casa, Antonio Marcos de Abreu, que descreveu os cuidados que o hospital tem diante do aleitamento materno, uma vez que o título abrange principalmente a amamentação.
O credenciamento como Hospital Amigo da Criança (IHAC) é uma iniciativa da Organização Mundial de Saúde (OMS) em conjunto com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). No Brasil, a titulação foi incorporada pelo Ministério da Saúde como ação prioritária em 1992. Desde então, com o apoio das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, o ministério vem capacitando profissionais de saúde, realizando as avaliações e estimulando a rede hospitalar para o credenciamento.
Ao ser reconhecido como Hospital Amigo da Criança, os estabelecimentos se tornam referência em amamentação para seu município, região e estado. Nestes hospitais, as mães são orientadas e apoiadas para o sucesso da amamentação desde o pré-natal até o nascimento, aumentando dessa forma os índices de aleitamento materno exclusivo e continuado e reduzindo a mortalidade materna e infantil.
Segundo a médica pediatra Keiko Miyasaki Teruya, a Santa Casa de Tatuí está trabalhando para ser credenciada. Ressaltou ainda a médica que, além da redução da mortalidade infantil, também é necessário manter a qualidade de vida para a mãe e para o bebê. “A amamentação é estratégica para o bom desenvolvimento físico e mental do cidadão”, completou.
Atualmente, mais de 20 mil hospitais estão credenciados como Amigos da Criança em todo o mundo e no Brasil já há 336. Entre as vantagens para as instituições que recebem o título está um ambiente mais calmo e tranquilo, menor taxa de infecção neonatal, estímulo ao trabalho em equipe, melhor imagem e maior prestígio, maior segurança em emergências e vantagens econômicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário