Boletim de informações COVID-19 n° 782 Tatuí, 01 de julho de 2022, sexta-feira, 11h00

8 PACIENTES HOSPITALIZADOS
492 INFECTADOS EM TRATAMENTO
0 DIAS SEM ÓBITOS
484 CASOS CONFIRMADOS EM 7 DIAS
69,14 MÉDIA MÓVEL DE CASOS POR DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Técnicos da Prefeitura vistoriam o Mercadão para analisar o seu tombamento

Minuta do decreto para o tombamento do Mercado Municipal como patrimônio histórico foi encaminhado pelo CONDEPHAT para análise da Prefeitura.

divulgação

27/01/2022 |  Uma equipe técnica da Prefeitura de Tatuí e uma comissão do Condephat - Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico e Artístico de Tatuí - realizaram uma vistoria no prédio do Mercado Municipal visando o seu tombamento pelo Município. A ação ocorreu no dia 20 último (quinta-feira).

O CONDEPHAT é o autor do documento técnico de tombamento e esteve no local para analisar o processo encaminhado para a realização de Decreto Municipal.

A minuta do decreto para o tombamento do Mercado Municipal como patrimônio histórico, cultural e arquitetônico deste município, de forma irrevogável, foi encaminhado pelo próprio CONDEPHAT para análise da Prefeitura. De acordo com o secretário municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, “os técnicos da Prefeitura analisaram diversos pontos que o Conselho do Patrimônio sugere que estejam presentes no Decreto de tombamento que, se concedido, não poderão mais ser alterados”.

O pedido de tombamento do prédio foi feito em virtude de sua beleza arquitetônica imponente no centro da cidade, de sua importância como espaço de lazer, consumo e relações sociais e afetivas de toda a sociedade local, que abrange um público diverso, de diferentes idades e classes sociais. “É raro o tatuiano que não tenha alguma memória com o edifício, com os comerciantes que ali trabalharam ou ainda trabalham e com os produtos lá vendidos. Sendo assim, esta comissão propõe o tombamento do edifício do Mercado Municipal de Tatuí”, diz um trecho do relatório do pedido de tombamento, elaborado pelo CONDEPHAT.

Além do secretário municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, estiveram presentes na visita ao Mercadão o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente, José Hélio de Oliveira Júnior; a arquiteta da Prefeitura de Tatuí, Fabíola Ribeiro; o engenheiro civil da Prefeitura Municipal, Leonardo Cabaixo Spada; o turismólogo da Prefeitura de Tatuí, Jean Vinicios Sebastião; o servidor municipal, Antônio Celso Fiúza Júnior; o representante do Museu Histórico Paulo Setúbal, Thony Guedes; e a arquiteta do CONDEPHAT, Maira de Camargo Barros.

Um pouco de história – O atual Mercado Municipal de Tatuí foi inaugurado em 1914. Este foi o segundo mercado. O primeiro, era localizado na Rua XI de Agosto, esquina com a Rua Cel. Lúcio Seabra. A última reforma das dependências do atual Mercado Municipal aconteceu na administração do ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo (2005/2012). A primeira mudança na estrutura do prédio foi na administração do ex-prefeito Olívio Junqueira (1957/1960). À época, foi incorporada a parte nova, do lado esquerdo de quem olha da fachada, à construção antiga. A penúltima reforma ocorreu na administração Wanderley Bocchi (1989/1992).

Nenhum comentário:

Postar um comentário