Boletim de informações COVID-19 n° 782 Tatuí, 01 de julho de 2022, sexta-feira, 11h00

8 PACIENTES HOSPITALIZADOS
492 INFECTADOS EM TRATAMENTO
0 DIAS SEM ÓBITOS
484 CASOS CONFIRMADOS EM 7 DIAS
69,14 MÉDIA MÓVEL DE CASOS POR DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

sábado, 29 de janeiro de 2022

Conheça a musicista Josiane Gonçalves que encanta seus alunos em Tatuí

Josiane é professora do Conservatório há mais de 20 anos: “a música é a minha vida!”

Por Eduardo Faria, em Solutudo, com edição do DT


Como eu tenho “DÓ” das pessoas que mesmo estando “LÁ” perto do “SOL”, preferem dar RÉ, e não conseguem “SI” apaixonar pelos “MIrabolantes” e “FAbulosos” datalhes encantadores. 🎶

14/01/2022 |  A música é literalmente algo meche muito com a gente. E eu tenho certeza que essa história vai te emocionar! Ela é musicista e professora do Conservatório de Tatuí há mais de 20 anos. Com vários projetos musicais e muito amor pela que faz, ela encanta a todos ao seu redor e faz com que seus alunos encontrem mais motivos para se apaixonarem pela vida e pela música. Conheça a incrível história da de Josiane Gonçalves.

Foto / Acervo pessoal.

Como tudo começou

Josiane Gonçalves, violonista, é nascida em São João da Boa Vista – SP, onde começou sua formação musical com Jorge Assad, bandolinista e pai dos violonistas Sérgio e Odair (Duo Assad) e da cantora e violonista Badi Assad. “Seu Jorge”, como era conhecido, ensinava os seus alunos a acompanharem no violão os choros que tocava no bandolim, formando sempre uma parceria para as rodas de choro. Com 12, 13 anos, Josiane já o acompanhava tocando choro. Desde cedo, Josiane sempre foi apaixonada pela música, e depois de um ótimo conselho recebido de seu professor, ela começou sua jornada com o Conservatório de Tatuí. Uma linda jornada, né?

Josiane com Jorge Assad, seu primeiro professor

“Assim que terminei o colégio, “seu Jorge” me orientou a procurar outros caminhos na música. “Você precisa aprender a ler partitura”, dizia ele. Foi então que o Conservatório de Tatuí entrou na minha formação.”

Depois de ouvir o sábio conselho de seu professor, Josi embarcou de vez na especialização musical. Ela se tornou aluna do Conservatório em 1995, na turma do professor Edson Lopes, e logo em 2001 já entrou para a equipe de professores, algo que, segundo a própria Josi, é uma grande alegria. Além de professora de violão, ela é integrante do Quarteto Abayomi, e tem um trabalho como violonista de 7 Cordas, arranjadora e cantora, com CDs e DVDs gravados, sendo o último lançado pelo Selo Sesc: Movimento Violão. Que talento, não?!

Josiane junto com o ator, cantor, compositor e apresentador de televisão brasileiro, Rolando Boldrin

Uma jornada encantadora com os alunos

Josi é professora de violão e regente de grupos infantis e infantojuvenis de violões no Conservatório, além de atuar em outros projetos, como o “Projeto Guri”. Mesmo com as dificuldades da pandemia, as aulas continuam e o encanto dos alunos também.

“Os alunos se dedicam, gravam vídeos e fazemos vídeos-mosaicos para as apresentações online. Sempre sentimos falta daquele contato com os alunos, o “tocar junto” faz muita diferença.”

Josi nos contou que o seu relacionamento com os alunos é ótimo. Pra ela, a atuação do professor é muito importante, pela responsabilidade de se atentar às necessidades de cada aluno, tornando cada experiência única.

“Eu aprendo com eles, e eles comigo!”

Foto / Acervo pessoal

Uma história pra “LÁ” de especial

É claro que todo professor tem alguma história marcante com um de seus alunos. Embora todas sejam importantes, uma outra se torna mais especial. E com Josi não é diferente.

Depois de notar um grande talento e diferencial em uma aluna, Josi aconselhou e direcionou os estudos dela ao Conservatório. Hoje, ela é vencedora de vários prêmios, está em New York, estudando na Manhattan School of Music, e é parceira de Josi no Quarteto Abayomi. Essa é Gabriele Leite.

“Dei aulas para a Gabriele quando ela tinha 10 anos, no Guri de Cerquilho. Notando o talento da Gabi, a orientei nos estudos e a entrar para estudar no Conservatório de Tatuí; depois ela se formou em Violão na Unesp. Gabriele é vencedora de vários concursos de violão e tive o grande prazer de tê-la como parceira de trabalho no quarteto que faço parte, o Abayomi. Imagine o meu orgulho! Hoje a Gabriele está em New York, ganhou uma bolsa de estudos pra estudar na Manhattan School. É incrível ver os frutos florescerem!”

Quarteto Abayomi. Josiane à direita, ao lado, Gabriele Leite

Os sonhos continuam

Josi diz que seu maior sonho é que todas as crianças e adolescentes possam ter acesso a um ensino musical de qualidade, com um professor com sensibilidade musical e principalmente muita paixão por ensinar. Seria tão fácil se pudéssemos multiplicar a Josi, né?

“A música cria laços que duram por toda uma vida e isso faz com que tenhamos, além de músicos, pessoas com mais responsabilidade e melhores cidadãos com pensamento crítico.”

Josi diz que a mensagem que deseja transmitir para as pessoas é: “façam o que vocês mais amam! Fazendo isso, inspiramos as outras pessoas à nossa volta e isso contagia…”

Foto / Acervo pessoal

Segundo Josiane, a música é além de sua profissão, é uma porta que abriu muitas possiblidade, a música é a sua vida! E o amor pela cidade de Tatuí faz parte de sua história!

“Tatuí representa meu segundo lar, fui muito bem acolhida aqui e agradeço muito por isso! Levo Tatuí no meu coração, sempre!”
Foto / acervo pessoal

Parabéns para Josi! Uma história incrível, que sem dúvida nos inspira a nos apaixonar pelos detalhes encantadores que a vida nos mostra.

Você conhece a Josi? Já teve algum contato com ela? Ela já foi sua professora? Gostou de conhecer um pouquinho dessa história? Escreva nos comentários! Vamos amar ler cada experiência pessoal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário