Boletim de informaç0ões COVID-19 n° 601 Tatuí, 19 de setembro de 2021, domingo - 11h00h

18184 CASOS CONFIRMADOS VÍRUS SARS-COV-2
17.723 PACIENTES RECUPERADOS
452 ÓBITOS CONFIRMADOS
9 INFECTADOS EM TRATAMENTO
3,00 MÉDIA MÓVEL INFECTADOS / DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

domingo, 27 de junho de 2021

Mercado Solidário atende quase 300 famílias em Tatuí

Semelhante a um mercado convencional, a Casa do Pão permite que famílias em situação de vulnerabilidade retirem alimentos e produtos de higiene de forma gratuita. Veja como contribuir.

Por Rafaela Zem*, no G1, com copidesque do DT

Projeto 'Casa do Pão" ajuda famílias em situação de vulnerabilidade em Tatuí — Foto: Asafe Rafael/Arquivo pessoal

27/06/2021 | Quase 300 famílias em situação de vulnerabilidade social estão sendo ajudadas por um projeto em Tatuí. A Igreja Batista da Lagoinha, de Tatuí, montou um mercado solidário, onde pessoas cadastradas podem retirar, gratuitamente, alimentos e produtos de limpeza.

De acordo o pastor auxiliar Asafe Rafael, a instituição já costumava distribuir cestas básicas nas comunidades carentes, mas com o aumento da demanda durante a pandemia de coronavírus, foi necessário replanejar.

“Queríamos ampliar as doações e torná-las mais assertivas. Algumas famílias não utilizavam todos os produtos da cesta, enquanto outras necessitavam de mais produtos. Foi então que decidimos centralizar as doações e pensar em um método mais justo”, contou o pastor.

Agora, as pessoas que desejam retirar os produtos no mercado solidário precisam preencher um formulário online ou presencialmente na igreja, de terça-feira ou quinta-feira, das 14h às 17h, com informações pessoais e financeiras.

A partir desses dados, a equipe da chamada "Casa do Pão" avalia a necessidade dos moradores e entra em contato com as famílias, que recebem um crédito para retirar alimentos e itens de higiene.

Vilma Estanagel, uma das beneficiadas pelo projeto, contou à TV TEM que a iniciativa veio em boa hora. Casada e mãe de quatro filhos, somente ela possui um emprego fixo na casa.

"Só eu trabalho em casa. Então, as coisas ficam difíceis, né? Essa ajuda é muito bem-vinda", afirma a moradora.

Doações

O espaço da "Casa do Pão" foi construído através da doação de fiéis e comerciantes locais. Segundo o pastor, o projeto tem sido bastante procurado por moradores da região e, por conta disso, a intenção é ampliar a estrutura do mercado e as doações de produtos.

“Desde o primeiro dia de funcionamento, o número de pessoas interessadas disparou, passando de 30 para 280 famílias atendidas. A nossa vontade é atender todo mundo, mas não está sendo possível. Temos muito espaço e voluntários, mas faltam prateleiras e alimentos. Estamos em busca de doações e até mesmo o apoio de empresas."

Os interessados em contribuir com o projeto podem ajudar de duas formas: levando alimentos não perecíveis e produtos de higiene ao ponto de arrecadação ou transferindo um valor em dinheiro para a igreja.

Ainda de acordo com o pastor, ao realizar a compra dos produtos para o mercado, a equipe do projeto envia um cupom fiscal aos contribuintes. E caso o interessado tenha uma quantidade considerável de doações físicas e não tenha como levá-los ao espaço de arrecadação, os organizadores também vão até o local para retirar a mercadoria.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas pelo WhatsApp (15) 99699-7979. O ponto de arrecadação da "Casa do Pão" fica localizado na Rua Pedro Amaral Lincoln, 70, Bairro San Raphael.

*Com informações de Aline Galdino, TV TEM, e sob supervisão de Júlia Nunes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário