Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

terça-feira, 31 de maio de 2016

Vereador acusado de assassinato em Tatuí é absolvido por júri popular

Márcio de Camargo (PSDB) foi absolvido de crime ocorrido em 2003.
Júri entendeu que não houve provas suficientes contra o parlamentar.

Do G1 Itapetininga e Região

O vereador de Tatuí Márcio Antônio de Camargo (PSDB), de 39 anos, foi absolvido por júri popular nesta terça-feira (31) da acusação de um homicídio registrado no ano de 2003, no qual ele foi apontado como o responsável por ter assassinado Cláudio Bueno de Campos. A sessão foi presidida pelo juiz Rubens Petersen Neto e durou mais de quatro horas.

O julgamento começou na manhã desta terça-feira. De acordo com a acusação, testemunhas informaram que a vítima Cláudio Bueno estava discutindo com outra pessoa durante uma festa no mês de fevereiro, quando foi baleado.

Ainda segundo a acusação, testemunhas disseram na época do crime que viram o vereador sair do recinto da festa portando uma arma de fogo depois que a vítima foi baleada.

O vereador foi ouvido no período da manhã e negou todas as afirmações. Ele alegou que trabalhava em uma barraca na festa. Segundo o parlamentar, ele ouviu uma discussão, mas não sabia o que era e não tem envolvimento.

Ainda no julgamento, cinco testemunhas de defesa deram suas versões. Já as duas testemunhas de acusação não compareceram.

A sentença aconteceu no período da tarde e, de acordo com a promotoria, não havia provas suficientes para condenar o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário