Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí recebe contrabaixista Gustavo Fontes

Músico faz solo especial em concerto do próximo dia 3 de junho, no teatro Procópio Ferreira

A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí recebe o contrabaixista Gustavo Fontes em seu próximo concerto de temporada no próximo dia 3 de junho, sexta-feira. O concerto será a partir das 20h, no teatro Procópio Ferreira (rua São Bento, 415), sob regência de João Maurício Galindo.

Para a apresentação, o maestro Galindo selecionou três importantes composições do repertório clássico. O concerto inicia-se com obra de L. van Beethoven, “Abertura King Stephan, op. 117”. A obra foi composta em 1811 e seu título é uma referência ao rei Stephan I, fundador do reino da Hungria. A composição foi encomendada pelo imperador da Áustria para a inauguração de um grande teatro em Budapeste, como forma de celebrar a fidelidade da Hungria à monarquia austríaca.

Em seguida, a Orquestra Sinfônica acompanha o contrabaixista Gustavo Fontes na obra “Concerto para Contrabaixo e Orquestra op. 3”, do compositor russo Serge Koussevitzky, em três movimentos.

O concerto termina com a Sinfonia n. 1, de Felix Mendelssohn, em quatro movimentos. A obra foi concluída em 1824, quando o compositor tinha apenas 15 anos, e publicada em 1831. A sinfonia foi dedicada à Royal Phillarmonic Society, que a estreou em 1829, sob regência do próprio Mendelssohn.


Gustavo Fontes
O solista especialmente convidado para o concerto é natural de Florianópolis e diplomou-se em Música pela USP (Universidade de São Paulo), sob orientação de Henrique Autran Dourado, tendo recebido Láurea por Excelência Universitária das mãos de seu reitor. É duplamente pós-graduado na Alemanha (Mannheim, como bolsista da Fundação Vitae, e Colônia) nos cursos Exame de Solista, sob orientação de Christoph Schmidt, e Exame de Orquestra, sob orientação de Veit-Peter Schuessler — ambos em contrabaixo, instrumento de sua especialidade.

Na Europa, atuou em diversas orquestras, como a Orquestra Sinfônica do Baixo-Reno (Solo-Contrabaixo), Orquestra Filarmônica de Stuttgart, Orquestra Sinfônica da Rádio de Colônia, Orquestra de Câmara de Hannover (Solo-Contrabaixo), Filarmônica de Hamburgo, Ópera de Krefeld-Mönchengladbach, dentre outras.

O músico dedica-se com a mesma intensidade à regência e à composição, e tem sido orientado de modo paralelo a sua formação instrumental por importantes professores, como Pablo Assante (Staatskapelle Dresden) em regência e Willi Corrêa de Oliveira (USP) em composição.

A partir de 2009 atuou como regente titular e diretor artístico da Orquestra Filarmonia Santa Catarina, tendo regido mais de 100 diferentes obras e colaborado com importantes solistas brasileiros e internacionais. Também atuou frente à Orquestra Cidade de Joinville.

Apoio Cultural – No ano de 2016, o Conservatório de Tatuí orgulha-se em receber apoio cultural da Coop e CCR SPVias.

SERVIÇO
Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí
Gustavo Fontes, contrabaixo
João Maurício Galindo, regência
Quando: Sexta-feira . 3 de junho de 2016
Horário: 20h00
Local: Teatro Procópio Ferreira
Rua São Bento, 415
Ingressos: R$ 12 (R$ 6 meia entrada)

Nenhum comentário:

Postar um comentário