Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Marília A.C. deve ser ‘barriga de aluguel’ de empresa de Tatuí

JORNAL DA MANHÃ (Marília/SP) - Sem dinheiro para a disputa da Copa Paulista, que começa em julho, o Marília Atlético Clube (MAC) deverá se transformar em uma “barriga de aluguel” para a empresa Sport News, de Tatuí (região de Sorocaba). Representante da empresa, Henrique Barbosa se reuniu ontem à tarde com a diretoria maqueana para iniciar a negociação e uma definição irá acontecer até essa sexta-feira, de acordo com o presidente.

Sem dinheiro para a disputa da Copa Paulista, que começa em julho, o Marília Atlético Clube (MAC) deverá se transformar em uma “barriga de aluguel” para a empresa Sport News, de Tatuí (região de Sorocaba). Representante da empresa, Henrique Barbosa se reuniu ontem à tarde com a diretoria maqueana para iniciar a negociação e uma definição irá acontecer até essa sexta-feira, de acordo com o presidente Ednaldo de Souza Costa, entrevistado pelo repórter Luiz Antônio, da rádio 950 AM.

“Houve uma conversa entre as partes e na proposta do empresário, eles cuidariam do departamento profissional, com a contratação de atletas e comissão técnica, inclusive com o pagamento dos salários. Nossa condição foi que a empresa também arcasse com os salários dos funcionários. Nós cederíamos o alojamento do estádio. Iremos conversar com a Prefeitura sobre a possibilidade de uma reforma, além pedir para nos ajudar a custear parte da alimentação dos atletas e o transporte”, explicou Ednaldo Costa.

O representante da Sport News não quis dar entrevista após a reunião. O presidente maqueano destacou que o contrato de parceria seria somente para a Copa Paulista. “Não falamos sobre Série A-3 do Paulista. A negociação é somente para a competição desse ano. Se as coisas caminharem bem na Copinha, a gente pode até renovar para 2017”, comentou.

O dirigente alviceleste parecia não ter muitas informações sobre a empresa interessada na parceria. “Sei que eles são de Tatuí e que já trabalharam recentemente no União Barbarense. Ano passado estiveram próximos de um acerto com o Atlético Sorocaba, mas não deu certo. Além do nós, o Catanduvense quis realizar parceria com a Sport News para a Copa Paulista, mas deram prioridade a nós por conta da camisa do Marília”, mencionou.

Ednaldo Costa disse que há um “plano B” caso a parceria com a Sport News não aconteça. “Tem uma outra empresa, que era para ter conversado conosco na segunda-feira, mas acabou recuando. Contudo, pelo que eu sei eles ainda não desistiram e podem ser uma alternativa”, declarou.

Apesar das negociações de parceria, o MAC ainda está suspenso da Copa Paulista pela Federação Paulista de Futebol (FPF) até apresentar o demonstrativo financeiro de 2015, que expirou no último dia 30. O presidente não deu detalhes de como essa situação será resolvida, mas falou que o clube já está se mexendo neste sentido.

Histórico do interessado

Henrique Barbosa, representante da Sport News, já foi gestor em outros clubes de futebol. No Lemense, em 2012, na disputa da 4ª Divisão do Paulista, a parceria durou dois meses. Na matéria do globoesporte.com, o time de Leme emitiu uma nota dizendo que o fim do acordo aconteceu pelos maus resultados em quatro jogos (uma vitória e três derrotas). Na ocasião, o empresário falou que a rescisão foi feita de forma amigável e os dois lados perceberam que já não havia mais clima para continuar o trabalho. “Viemos de resultados adversos e que não estavam nos planos. Sabíamos que seria preciso alguma mudança pelo bem do time, então decidi por sair e deixar que eles tocassem daqui para frente”.

Henrique Barbosa também participou do processo de montagem do Vilhena-RO, que foi campeão estadual de 2013. Contudo, antes mesmo do início da competição deixou o clube de forma amigável, segundo o presidente. Nos últimos anos, o empresário também conciliou a função de técnico de futebol em algumas equipes, inclusive com o nome de Zé Henrique.

Natural da cidade de Tatuí, Zé Henrique, 32 anos, tem passagens por equipes tradicionais do futebol paulista como União Barbarense-SP (foi técnico e diretor, em passagens diferentes), Sumaré, Lemense, Vila Nova-GO (técnico e posteriormente diretor), entre outros. Em 2015 foi treinador de dois clubes de Roraima sub-20: Náutico e Atlético.

Nenhum comentário:

Postar um comentário