10 anos


sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Inaugurado sistema de distribuição de água no polo cerâmico e industrial

“Muitos administradores, muitos prefeitos passaram, prometeram mas não cumpriram. Obrigado Manu. Obrigado Giriboni, em nome dos empresários e da população”. O depoimento do gerente da Metalúrgica WA, Luiz Jacção Filho, revela o que foi a solenidade de inauguração do sistema de abastecimento de água no polo cerâmico e industrial de Tatuí. O evento aconteceu na manhã desta sexta-feira, 29, e reuniu empresários, funcionários de fábricas e cerâmicas, além de autoridades. 

A obra beneficiará indústrias, cerâmicas, chácaras e residências da região, com água potável de qualidade, seja para consumo ou para utilização nas atividades produtivas. As empresas que serão favorecidas estão localizadas em um dos principais polos cerâmicos e industriais do município, entre elas a Metalúrgica WA, Cerâmica Endo, Cerâmica Bronze, Grupo Santa Rita, Rontan, Cerâmica Nova Firenze e Cerâmica Strufaldi. A extensão da obra é de aproximadamente dois quilômetros. O investimento total é de R$ 90 mil.

O impacto para as empresas será mesmo grande. A WA projeta economia de R$ 10 mil todo mês, além de novos investimentos. Antes, era obrigada a comprar água para produção e para o consumo dos funcionários. Já a Cerâmica Endo deverá poupar R$ 20 mil, pois não será mais forçada a comprar mais de 300 galões de água por mês.
Ela é considerada a maior produtora de peças cerâmicas do estado de São Paulo, uma das maiores do Brasil, tem 600 funcionários e fabrica 20 milhões de pessoas mensais. 

O prefeito José Manoel Correa Coelho, Manu, lembrou que a obra permitirá avanços também para o chamado consumidor residencial. “Algumas empresas são obrigadas a comprar água para sua produção e para seu próprio consumo gerando custos excessivos. No caso de chácaras e casas, algumas ainda utilizam água do chamado ‘poço caipira’ e correm o risco de contaminação por falta de tratamento”, explicou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário