Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quinta-feira, 23 de maio de 2013

Sindicância aponta irregularidades na reforma e ampliação de delegacia em Tatuí

Mais de R$ 1 milhão teriam sido desviados para pagamento de funcionários públicos

Da assessoria de imprensa da Prefeitura de Tatuí

A Prefeitura de Tatuí está prestes a concluir mais um processo administrativo, relativo às dívidas da gestão do ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo. A comissão de sindicância avaliou dados contábeis, financeiros, fiscais e jurídicos sobre as obras de reforma e ampliação da Delegacia de Polícia Central, que incluiu um prédio anexo para a Delegacia de Defesa da Mulher e Plantão Policial, através do processo 528/2013.

Diversas irregularidades foram constatadas a partir da análise contratual, de balancetes e extratos bancários. A obra é fruto de convênio 283/2011, celebrado em 2 de fevereiro de 2011, que viabilizou o repasse estadual em regime integral de R$ 1.082.019,60 e a necessidade contrapartida de R$ 270.504,92. A licitação foi vencida pela Camargo Engenharia, ganhadora de outras concorrências públicas como a revitalização da Praça da Matriz e do Centro Municipal de Especialidades Médicas (Cemem).

Nenhum comentário:

Postar um comentário