Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quarta-feira, 29 de maio de 2013

Após 'arrastão', grupo passou a noite a 200m do local do crime, diz polícia

Do G1 - A Polícia Civil de Tatuí descobriu nesta terça-feira (28) que os criminosos que participaram de um “arrastão” em um restaurante na Colina Verde, no último sábado (25), passaram a noite após o crime em uma casa que fica a aproximadamente 200 metros do estabelecimento.

A polícia chegou a esta informação após a prisão de três dos cinco suspeitos pelo assalto. Os presos são dois homens e uma mulher. Com eles, foi encontrada parte dos objetos roubados.

Outros dois homens estão foragidos, mas a polícia já tem a identificação dos suspeitos. De acordo com a polícia, um deles é de Maringá (PR) e é procurado pela Justiça há três anos. O criminoso é acusado da morte de um policial após um roubo. O outro integrante da quadrilha é da cidade de Conchas (SP). Os mandados de prisão já foram expedidos.

O delegado Alexandre Andreucci explica que na casa-esconderijo morava um dos envolvidos   O homem vivia em um quarto que fica nos fundo da residência. Jorge Camargo, que mora em um dos quartos da frente da casa, ficou assutado: “Eu não imaginava que eles estavam aqui”. A quadrilha é investigada por possível participação em um roubo ocorrido em Tatuí no domingo (26). Os criminosos teriam assaltado um posto de combustíveis da cidade. (Foto: TV TEM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário