Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Prefeitura implanta vagas gratuitas de 1 hora em ruas do centro

Até o dia 31 de dezembro estará em vigor a fase de orientação e explicação de como usar o cartão relógio.

10/12/2018 | A Prefeitura de Tatuí, através do Departamento Municipal de Mobilidade Urbana, começou no sábado (01/12) o período educativo das novas vagas gratuitas de 1 hora, com cartão temporizador, na região central da cidade. O estacionamento será válido de segunda a sábado, das 8h às 18h, sendo fiscalizado pelos agentes municipais de trânsito.

O secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, José Roberto Xavier da Silva, explica que o objetivo é disponibilizar mais vagas gratuitas de estacionamento na área central. "Com a implantação do projeto queremos, além de garantir a rotatividade nas vagas, também promover a cidadania, pois quem vai determinar a hora de entrada e, consequentemente, a hora de saída, será o próprio condutor. É um projeto pioneiro que conta e muito, com a ajuda da população", enfatiza.

As vagas estão localizadas na Rua 15 de Novembro, entre as ruas 13 de Maio e Capitão Lisboa; na Rua José Bonifácio e Rua Cel. Aureliano de Camargo, entre as ruas 15 de Novembro e Santa Cruz; e na Rua Capitão Lisboa, entre as Ruas 7 de Maio e 11 de Agosto.

O motorista receberá, gratuitamente, um cartão relógio e, ele próprio, deixará registrada a hora em que estacionou. O condutor terá direito a estacionar durante 1 hora, sem necessidade do pisca-alerta ligado. "Após esse período, não será permitido o mesmo veículo ficar estacionado na mesma vaga e, para que isso ocorra com menor incidência, nossos agentes de trânsito farão um acompanhamento, para que tudo fique documentado e, posteriormente, seja aplicada a sanção cabível ao veículo", explica o secretário. O uso do cartão relógio será obrigatório nas vagas regulamentadas, sendo que o seu uso é permanente e não é descartável.

Até o dia 31 de dezembro estará em vigor a fase de orientação e explicação de como usar o cartão relógio. E, a partir de 2 de janeiro, será o início da fiscalização e obrigatoriedade do uso do cartão relógio. "Quem não usar o cartão relógio, ou ultrapassar o tempo, sofrerá as penalidades contidas no Artigo 181, inciso XVII do Código de Trânsito Brasileiro, ou seja, multa grave no valor de R$ 195,23, com cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação", ressalta Xavier.

Para retirar o seu cartão relógio o munícipe deve apresentar uma cópia da Carteira Nacional de Habilitação e do comprovante de endereço no Departamento Municipal de Mobilidade Urbana (DMU), situado na Rua XI de Agosto, nº 28, Centro, de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário