Nosso Jornal Online

Tatuí, 


segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

motocross | Caputo foi campeão antecipado da MX1 e Cardeli da MX3.

Prova de Guareí definiu campeões antecipados em várias categorias. Última etapa será em Cesário Lange, no dia 9.

Redação MotoX.com.br - Texto e fotos: Luiz C. Garcia, com edição do DT

Largada das categorias MX1 e MX3

02/12/2018 | Realizada em Guareí, a sétima e penúltima etapa do Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2 definiu alguns títulos de algumas categorias, mas sete seguem indefinidas para a grande final que será realizada no dia 9 de dezembro em Cesário Lange.

A semana chuvosa deixou a pista muito difícil para a pilotagem no começo do dia, no entanto, com o sol brilhando forte, ao longo do evento o circuito melhorou consideravelmente o que proporcionou ótimas disputas nas quatorze categorias.

Leonardo Gaudenzi

A primeira bateria definiu o primeiro campeão do ano. Líder da categoria Intermediária, Leonardo Gaudenzi garantiu vitória no finalzinho da prova quando ultrapassou Caio Araújo. Com certa distância dos dois, Diego Araújo ficou com a terceira posição sem ser incomodado pelo quarto colocado, José Soares. O vice-líder do campeonato, João Lara, conquistou o quinto lugar.

Pedro Tavernaro

Com muita disputa pela liderança no início, a MX2 teve Pedro Tavernaro superando Leonardo Souza, seu rival direto na luta pelo campeonato, para garantir o primeiro lugar e o título da categoria. Com um ritmo intenso os dois abriram do terceiro colocado Divanei Silva que teve trabalho em alguns momentos da prova para segurar Vitor Paiotti na quarta colocação. Pedro "Paraná" Dias fechou o pódio na quinta colocação.

Daniel Caputo

Uma única bateria reuniu as categorias MX1 e MX3 e dois pilotos de Tatuí garantiram os títulos nessas categorias. Considerando a classificação geral, Daniel Caputo liderou a bateria de ponta a ponta seguido de João Vitor Cardeli. Rodrigo Guimarães ficou com o terceiro lugar e, no finalzinho, Pedro "Paraná" Dias superou o piloto local Edson "Tatu" Costa pelo quarto lugar. Na divisão das categorias, Caputo venceu a MX1 seguido de Cardeli, Guimarães, Tatu e Reginaldo Silva. Cardeli também foi o vencedor da MX3, com Guimarães em segundo, Paraná em terceiro, Reginaldo Silva em quarto e Divanei Silva em quinto. O resultado definiu o título nas duas categorias: Caputo foi campeão antecipado da MX1 e Cardeli da MX3. 

João Vitor Cardeli

Nas categorias MX5 e MX6, que também andaram juntas, a decisão do campeonato ficou para a última etapa. Pela MX5, Hermínio "Maninho" Oliveira venceu e diminuiu a desvantagem do líder Reinaldo "Piu" Pinheiro na classificação do campeonato. Piu terminou em segundo e segue para a decisão com quatro pontos a mais que o rival. O terceiro colocado da prova foi Sérgio Oliveira. Com a vitória na MX6, o líder Luiz Moura ampliou a diferença em relação a Júlio Maimone, que ficou em segundo na prova, para seis pontos. Pedro Mariozi fechou a etapa em terceiro.

Hermínio Maninho Oliveira

Leonardo Lima venceu a corrida da 65cc e vai para a decisão no segundo lugar da categoria. Mesmo enfrentando dificuldades, o líder Felipe "Burizinho" Moraes ficou em segundo na rodada permanecendo com uma boa vantagem para administrar na classificação. 

Luiz Moura

A quarta colocação do líder da MX4, Hériko Gonçalves, permitiu que o segundo colocado da prova, Rafael Arruda, diminuísse a diferença na briga pelo título da categoria para apenas cinco pontos. Edson "Tatu" Costa fez a alegria da torcida local com uma vitória de ponta a ponta na bateria. Reginaldo Silva terminou a prova em terceiro e Maninho Oliveira completou o pódio na quinta posição. 

Leonardo Lima

Com a vitória na categoria Júnior, Thiago Silva assegurou o título da temporada. Daniel Pavão ficou com a segunda colocação. A terceira colocação fez Arthur Bernardo confirmar o vice campeonato. A garota da placa, Jenifer Moraes, terminou a prova em quarto.

Edson Tatu Costa

A MXN Foi uma das primeiras prova do dia e também uma das mais disputadas. Após muitas trocas na liderança, Gabriel dos Santos assumiu a ponta com Pedro "Paraná" Dias e Marcelo "Buri" Moraes logo atrás. Após superar Paraná, Buri partiu para cima do líder que foi ao chão deixando caminho aberto para o rival vencer a bateria. Tentando se recuperar, Gabriel não conseguiu ir além do terceiro lugar e Paraná ficou em segundo. Com um bom ritmo de prova, Ricardo Silva terminou a prova em quarto com Alex Silva na colocação seguinte. 

Thiago Silva

A prova da MXN Gold foi vencida por Pedro "Paraná" Dias. E foi nela que Gabriel Santos evitou um prejuízo maior na categoria anterior, já que o regulamento faz com que os pontos da MXN Gold migrem para a MXN, o que fez com que ele terminasse o dia apenas nove pontos atrás de Buri que terminou em terceiro a segunda prova após sofrer uma queda quando liderava. Alex Silva foi o quarto colocado e Ricardo Silva o quinto.

Marcelo Buri Moraes

Fábio Barros deu um grande passo para o título da categoria MXN2, voltada para pilotos iniciantes com motos nacionais, com uma consistente vitória de ponta a ponta em Guareí. Gabriel Góes, que segue na cola do líder, foi o segundo colocado e a diferença entre os dois subiu para quatorze pontos. Frederico da Silva andou forte para ficar com a terceira colocação e Diogo Cirri acabou em quarto. Apesar das dificuldades que teve durante a prova, Juliano Oliveira conseguiu a quinta posição.

Pedro Paraná Dias

Principal categoria do campeonato, a MX Gold confirmou a boa temporada de Daniel Caputo que, largando muito bem, não deu chance para seus adversários e venceu a categoria de ponta a ponta. Rodrigo Guimarães andou tranquilo na segunda posição, enquanto Pedro Tavernaro tentou se aproximar, mas teve que se contentar com o terceiro lugar. Um pouco mais distante, Leonardo Souza e Divanei Silva completaram o pódio na quarta e quinta posições, respectivamente.

Fábio Barros

O presidente da FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo), entidade que supervisiona o Campeonato Paulista, João Cardeli, agradeceu o prefeito José Amadeu de Barros, o Juca, e o secretário de obras Paulinho pelo esforço para a realização da prova na cidade. Cardeli destacou também que espera muita disputa na última etapa, já que ainda há vários títulos e vice-campeonatos em aberto. Edson Costa, organizador local, ressaltou todo o esforço que foi feito para a realização do evento apesar das chuvas que caíram durante a semana na cidade.


O Campeonato Paulista de Motocross MX1 MX2 tem a organização do Vitória Moto Clube e Cross Sport com supervisão da FMESP e conta com apoio de: Comércio de Alimentos Hortifruti Ortega (15)99768-3273; Comércio e Produção de Uvas Finas Segato (15) 99700-0300 ou (15) 3262-9108; Farmácia Avallone 3, especializada em suplementos (15) 99636-8868; Açaí da Dri (14) 99840-1515, o açaí dos grandes eventos; Moura Motos (14) 99615-1515, compra e venda de motos de competição; 31 Motosport (13) 3821-4603, tudo em peças e acessórios para competições e Leandro Baki. 

Resultados

Pos Nº MXN
1 37 Marcelo "Buri" Moraes
2 3 Pedro "Paraná" Dias
3 26 Gabriel dos Santos
4 25 Ricardo Nunes Silva
5 794 Alex Silva
6 282 Allexandre Aparecido
7 184 Ulisses Amaral
8 14 Daniel Lopes Pavão
9 146 Pedro Domingues

Pos Nº MX1
1 19 Daniel Caputo
2 149 João Vitor Cardeli
3 31 Rodrigo Guimarães
4 515 Edson "Tatu" Costa
5 89 Reginaldo Silva
6 144 Mauro Vieira
7 60 Eduardo Balan
8 25 Rafael Arruda

Pos Nº MX3
1 149 João Vitor Cardeli
2 31 Rodrigo Guimarães
3 3 Pedro "Paraná" Dias
4 89 Reginaldo Silva
5 91 Divanei Silva
6 11 Vitor Paiotti
7 144 Mauro Vieira
8 38 Neto Ortega

Pos Nº MX5
1 747 Hermínio "Maninho" Oliveira
2 121 Reinaldo "Piu" Pinheiro
3 14 Sérgio F. Oliveira

Pos Nº MX6
1 15 Luiz Moura
2 53 Júlio Maimone
3 65 Pedro Mariozi

Pos Nº 65cc
1 5 Leonardo Lima
2 337 Felipe "Burizinho" Moraes

Pos Nº MX4
1 515 Edson "Tatu" Costa
2 25 Rafael Arruda
3 89 Reginaldo F. Silva
4 2 Heriko Gonçalves
5 747 Hermínio "Maninho" Oliveira
6 15 Luiz Moura
7 60 Eduardo Balan

Pos Nº Junior
1 107 Thiago Silva
2 14 Daniel Lopes Pavão
3 78 Arthur A. Bernardo
4 194 Jenifer Moraes

Pos Nº MXN Gold
1 3 Pedro "Paraná" Dias
2 26 Gabriel Dos Santos
3 37 Marcelo "Buri" Moraes
4 794 Alex A. Silva
5 25 Ricardo Nunes Silva
6 184 Ulisses J. Amaral

Pos Nº MXN2
1 75 Fábio Augusto Barros
2 94 Mateus Goes
3 14 Frederico da Silva
4 301 Diogo Cirri
5 414 Juliano Oliveira
6 22 Marcos Nunes
7 7 Lucas Dermario
8 786 Paulo Roberto Oliveira

Pos Nº MX Gold
1 19 Daniel Caputo
2 31 Rodrigo Guimarães
3 521 Pedro Tavernaro
4 122 Leonardo Souza
5 91 Divanei Andrade Silva
6 747 Hermínio "Maminho" Oliveira
7 144 Mauro Faria Vieira

Pos Nº Intermediária
1 27 Leonardo Gaudenzi
2 78 Caio Araújo
3 99 Diego Oliveira
4 293 José Soares
5 14 João Lara
6 999 Frederico Oliveira
7 93 Gabriel Spaniol

Pos Nº MX2
1 521 Pedro Tavernaro
2 122 Leonardo Souza
3 91 Divanei Silva
4 11 Vitor Paiotti
5 3 Pedro "Paraná" Dias
6 15 Luiz Moura
7 38 Neto Ortega

Nenhum comentário:

Postar um comentário