Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Gas Natural Fenosa passa a se chamar Naturgy no Brasil

Mudança de marca está alinhada com estratégia global do grupo. 

Rio de Janeiro, 06/12/18 - A Gas Natural Fenosa, seguindo posicionamento global do grupo, passou a se chamar Naturgy, desde ontem, dia 10 de dezembro, no Brasil. A multinacional espanhola é responsável pelo controle das distribuidoras de gás da Gas Natural Fenosa, em São Paulo; Ceg e Ceg Rio, no Rio de Janeiro; e da Gas Natural Serviços, que atua no mercado de soluções energéticas no estado do Rio de Janeiro. Além disso, a empresa possui operações em energias renováveis.

“A nova marca Naturgy, adotada recentemente pela matriz na Espanha, reflete a atual proposta da empresa: ser um dos principais operadores globais de energia. O grupo tem hoje, no mundo, 22 milhões de clientes em mais de 30 países, nos setores de gás e eletricidade”, afirma Katia Repsold, Country Manager da Naturgy no Brasil.

Os consumidores deverão ficar atentos a algumas mudanças. No Rio de Janeiro, a empresa deixará de utilizar os nomes Ceg e Ceg Rio, passando a usar apenas a nova marca Naturgy. Já em São Paulo, haverá apenas a substituição da marca Gas Natural Fenosa por Naturgy. A Gas Natural Serviços, por sua vez, passará a se chamar Naturgy Soluções.

Para que os consumidores possam conhecer o novo nome, a mudança será divulgada em campanha publicitária nos próximos quatro meses e por meio dos canais próprios da empresa, como site, redes sociais e contas de gás. 

Investimentos - A Naturgy prevê investir cerca de R$ 1,7 bilhão no Brasil até 2022. O foco será o fomento da utilização do gás natural entre os clientes já existentes nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, por meio da ampliação das vendas e do desenvolvimento de novos produtos e equipamentos a gás. 

Desde 1997, a empresa já acumula investimentos de cerca de R$ 6 bilhões no país. A maior parte foi destinada à expansão da infraestrutura de distribuição de gás canalizado no Estado do Rio de Janeiro, que passou a ser gerida pela Naturgy após a privatização da Ceg, o que permitiu à empresa estar presente em 74 municípios com uma rede de distribuição de mais de 7 mil quilômetros. O Rio é hoje o estado brasileiro que apresenta o maior percentual de domicílios atendidos com gás canalizado, com 25% de alcance.

No Brasil, as três distribuidoras de gás têm juntas 1,1 milhão de clientes. A expectativa é captar pelo menos 250 mil novos clientes nos próximos cinco anos. Entre 2013 e 2018, a empresa chegou a nove novos municípios: Japeri, Maricá e Mangaratiba, na área da Região Metropolitana do Rio; Angra dos Reis, Cachoeiras de Macacu e Saquarema, no interior do Estado; e Botucatu, Itapetininga e Tietê, em São Paulo.

A Naturgy opera ainda dois projetos de geração de energia solar, localizados no Piauí, já em operação; e Minas Gerais, em fase de construção, que receberam investimentos de R$ 765 milhões e devem gerar cerca de 319GWh.

Nenhum comentário:

Postar um comentário