Nosso Jornal Online

Tatuí, 


terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Gaeco e PM fazem operação contra o crime organizado em Tatuí e região

Justiça expediu 16 mandados de prisão para quatro cidades, inclusive Tatuí. Onze pessoas já foram presas; promotores e policiais também apreenderam carros de luxo e jet ski em chácara.

Carro de luxo foi apreendido em chácara durante operação em Araçoiaba da Serra — Foto: Carolina Abelin/TV TEM

Por G1 Sorocaba e Jundiaí*, com edição do DT

11/12/2018 | O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público e a Polícia Militar realizam nesta terça-feira (11) a operação Falconi nas regiões de Sorocaba e Itapetininga. Foram expedidos 16 mandados de prisão e outros 16 de busca e apreensão. Até as 11h40, onze pessoas haviam sido presas.

De acordo com o Gaeco, os agentes foram deslocados para cumprir os mandados em Sorocaba, Araçoiaba da Serra, Angatuba e Tatuí. Ainda conforme o MP, foram apreendidos documentos, dinheiro, armas, carros de luxo e jet ski. Todos os presos são suspeitos de serem líderes regionais de uma facção criminosa.

A investigação, segundo o Gaeco, apura também a participação de ex-servidor do Poder Judiciário e lavagem de dinheiro proveniente dos crimes praticados pela organização.

Um casal foi preso em uma chácara no bairro Monte Bianco, em Araçoiaba da Serra. No local foram apreendidos carros de luxo e um jet ski. Segundo informações da Polícia Militar, o casal mantinha uma empresa de fachada para venda ilegal de terrenos.

Armas e munições foram apreendidas pela PM durante a operação Falconi em Sorocaba — Foto: Divulgação/Polícia Militar

PM apreendeu dinheiro durante operação contra o crime organizado em Sorocaba — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Casal foi preso em chácara de Araçoiaba da Serra durante operação Falconi em Araçoiaba da Serra — Foto: Carolina Abelin/TV TEM

*Com informações de Carolina Abelin e Jomar Bellini/TV TEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário