Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Empresário morre durante troca de tiros com policiais civis em estrada de terra

Crime foi registrado no jardim Novo Horizonte, em Tatuí. Segundo a Polícia Civil, sete policiais civis estavam à paisana durante operação, quando abordaram a vítima em frente de sua propriedade rural.

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

05/12/2018 | Um empresário de 33 anos morreu durante uma troca de tiros com a Polícia Civil, na noite de terça-feira (4), em Tatuí.

De acordo com a Polícia Civil, sete policiais à paisana, sendo cinco investigadores e dois delegados, estavam realizando uma operação, por volta das 19h, quando encontraram um carro em uma estrada de terra próximo ao jardim Novo Horizonte, no bairro Tanquinho. O local também fica perto da entrada de uma propriedade rural.

Ainda conforme a corporação, os policiais realizaram uma abordagem e, no carro, estavam três homens, um deles o empresário Vicente Antônio Elias Júnior, um funcionário dele e o filho do colaborador.

Segundo a polícia, os policiais se identificaram e um deles desceu para falar com os homens. Porém, o motorista do veículo teria atirado contra a equipe. Com isso, houve uma troca de tiros.

Homem morre durante troca de tiros com a polícia em estrada de terra em Tatuí — Foto: Adolfo Lima/TV TEM

A polícia informou ainda que durante o ocorrido o motorista tentou fugir. Ao acionar a marcha à ré, teria atingido o veículo utilizado pelos policiais e, após manobra, capotou. Vicente não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Já os outros dois homens que estavam no veículo não tiveram ferimentos.

A corregedoria e a perícia técnica estiveram no local. As armas foram apreendidas pela perícia. Um boletim de ocorrência de homicídio em legítima defesa foi registrado.

Ainda de acordo com a polícia, a vítima não tinha passagens pela polícia e, conforme a polícia, era atirador esportivo, porém não tinha autorização para a posse da arma utilizada.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirmou que o caso é investigado pela Corregedoria da Polícia Civil e que a ocorrência foi registrada como morte decorrente de oposição à intervenção policial no plantão da Delegacia de Tatuí.

Ainda segundo o órgão, todas as circunstâncias do caso estão sendo apuradas. Foram retiradas as fotos da vítima a pedido de familiares.

Boletim de ocorrência de homicídio em legítima defesa foi registrado em Tatuí — Foto: Adolfo Lima/TV TEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário