Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Brasileiro de Equitação de Trabalho foi o mais disputados de todos os anos

POR REDAÇÃO CAVALUS editado pelo DT

Festa de premiação acontece no dia 9 de dezembro, no Centro Hípico de em Tatuí

Simulando o trabalho de fazenda, a modalidade fornece aos cavaleiros a chance de mostrar genética e índole de seus cavalos em três situações diferentes: Ensino, Maneabilidade e Velocidade. Essas são as três fases que compõe a Equitação de Trabalho, que foi a Atibaia/SP para encerrar mais um Campeonato Brasileiro. Segundo balanço da Cia de Equitação de Trabalho, empresa que organiza e promove o campeonato, este foi uma das temporadas mais disputadas dos últimos anos.

Os campeões de 2017. Fotos Ney Messi

Na prova de Ensino o conjunto deve mostrar controle, harmonia em manobras como círculos, lateralidades, controle de velocidade, em uma pista de 20m x 40m, e é julgado pelo juízes com notas de 0 a 10. Na prova de Maneabilidade, obstáculos como ponte, porteira, figuras em torno de tambores, recuos, e também são julgados pelos juízes com notas de 0 a 10. Na terceira prova, como o próprio nome diz, maneabilidade contra o cronômetro, e quem fizer no menor tempo ganha. A soma das três provas dá o vencedor.

Rafael Grumann e Xamã Comando SN

Entre as características desse esporte, está o de ser aberto a qualquer raça e todos correm juntos na mesma categoria. Não só os arreios característicos de cada raça, mas também as vestimentas. Essa miscelânea dá o tom à disputas. É uma modalidade que forma o cavalo e o cavaleiro como um todo. A união do ensino, da maneabilidade e a velocidade força o conjunto a ter técnica, controle absoluto, equitação e ao mesmo tempo dá a emoção de vencer um mini-campeonato em uma só etapa.

Sergio Antunes de Oliveira e Colírio das Mangueiras

Após as disputas, que contou com convidados canadenses, convidados do Haras das Mangueiras, foram conhecidos os campeões do ano. Que serão celebrados em festa no dia 9 de dezembro, na Hípica Centaurus, em Tatuí, onde também serão conhecidos os campeões do Ranking ABPSL de Equitação de Trabalho 2017.

Daniel Biasini e Encanto da Prata

Confirmando a ótima atuação durante toda temporada, os conjuntos João Pedro Lopes e Azarro do Castanheiro (Aberta Jovens Cavaleiros), Adriano Rodrigues Reis e Encanto da Prata (Aberta Amadores), Gabrielle dos Anjos e Ulisses do Castanheiro (Mirim), Sabrina Stella Lombardo Reis e Encanto da Prata (Amador) e Thamara Honorio Messi e Brio V8 (Aspirantes) cravaram vitórias na etapa e assim confirmaram o título de Campeões Brasileiros 2017 dessas categorias de Nível I.Gabrielle dos Anjos e Ulisses do Castanheiro

Nas reprises de Nível II, os já campeões por antecipação Daniel Biasini e Encanto da Prata na categoria Cavalos Novos B venceram a última etapa tornando-se um dos conjuntos mais vitoriosos do ano, somando junto da Mirim Gabrielle dos Anjos, cinco vitórias em seis etapas cada. Na categoria Preliminar, o destaque foi a vitória do conjunto Rafael Grumann e Xamã Comando SN, confirmando o título brasileiro para eles. Rafael é um dos ginetes mais premiados da modalidade. O campeão do ano na Nível III (Intermediária) foi Sergio Antunes de Oliveira e Colírio das Mangueiras. Na Categoria Principal (Nível IV) ficaram com o campeonato o experiente Benedito Torres Macedo e Artemis da SASA JE.

A temporada 2018 já tem data e local para sua largada: 3 de março, no Haras das Mangueiras, em Itapira/SP. Informações completas no sita da Cia de Equitação de Trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário