10 anos


quinta-feira, 25 de julho de 2013

Festival de MPB

Às 19h30, acontece a última apresentação do “Vitrine do Painel”, com Joseval Paes Jazz Trio – formado por Joseval Paes, guitarra; Felipe Brisola, contrabaixo; e Heverton Silveira, bateria. O trio é o encontro feliz de três diferentes gerações de músicos que pensam e sentem a música da mesma maneira, assim como dela esperam coisas parecidas. Unidos estamos também por nossas referências e nossas memórias musicais. Em cada nota, tocada, sentida, implicitamente concordamos com o suingue inimitável dos grandes nomes do jazz, Joe Pass, Jaco Pastorius, Jack Dejohnette entre tantos, ou os mistérios insondáveis produzidos por Herbie Hancock, Ron Carter e Tony Willians ao acompanhar Miles Davis nos anos 60 e porque não o experimentalismo e a liberdade de Chick Corea e John Coltrane. Nossa proposta se baseia em juntar todas as informações, desde o Jazz da era das grandes Big Bands ao mais moderno Jazz tocado atualmente, fundi-los e executá-lo da maneira mais sincera que ele possa nos representar, respeitando o passado almejando o futuro num total desejo de liberdade e criatividade.

O Painel Instrumental tem encerramento às 20h30, quando a Banda Mantiqueira convida Guinga para show exclusivo. O show é aberta com apresentação pela banda das músicas Vovô Manoel e À Procura (Nailor Proveta), Airegin (Sonny Rollins) e Pixinguinha (Segura Ele). A seguir, tendo Guinga como convidado especial ao violão, são apresentadas obras de Guinga e Aldir Blanc (Chá de Panela, Samba de um Breque, Catavento e Girassol, e Canibaile), de Guinga (Cheio de Dedos e Picotado). O show termina com Guinga ao violão e Nailor Proveta no clarinete apresentando as obras Dobrando a Mantiqueira e Baião de Lacan (de Guinga e Aldir Blanc).

Nenhum comentário:

Postar um comentário