Boletim de informações COVID-19 n° 156 Tatuí, 03 de julho de 2020 - 11h

488 CONFIRMADOS
408 RECUPERADOS
27 ÓBITOS
48 SUSPEITOS
18 HOSPITALIZADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Laudo confirma que restos mortais encontrados são de investigador desaparecido

Rodrigo de Campos Pereira, de Tatuí, estava desaparecido desde 11 de fevereiro de 2019.


Moto queimada de investigador que estava desaparecido há mais de um ano — Foto: Arquivo Pessoal

24/06/2020 | A ossada humana encontrada próximo à moto do investigador de polícia que estava desaparecido há mais de um ano teve resultado positivo no laudo do DNA, que confirma que o material genético é de Rodrigo de Campos Pereira, de 35 anos.

O exame foi feito após coleta de amostras no dia 18 de maio de 2020, quando a ossada foi encontrada perto da moto dele, que estava queimada, em um terreno próximo do Jardim Lírio, em Tatuí.

O investigador estava desaparecido há mais de um ano, desde 11 de fevereiro de 2019, quando saiu de casa para levar a namorada para o trabalho e passar em uma agência bancária.

Ainda conforme a polícia, o próximo passo da investigação é identificar a causa da morte, que ainda não foi constatada.

Desaparecimento

Rodrigo Pereira de Campos morava em Tatuí e desapareceu em fevereiro de 2019 — Foto: Reprodução/Facebook

Rodrigo morava em Tatuí e trabalhava na delegacia de Capela do Alto (SP) como investigador. De acordo com a polícia, no dia do desaparecimento, em 11 de fevereiro de 2019, ele estava de férias e saiu de casa com a motocicleta para levar a namorada até Capela do Alto, onde ela trabalhava como escrivã na mesma delegacia onde ele atuava.

Por volta das 11h daquele dia, Rodrigo contou à mãe que ia almoçar com um colega de trabalho e, na sequência, ia para Boituva resolver problemas bancários e visitar o filho, que reside na cidade. Porém, não enviou mais informações e não retornou para a casa.

Imagens da agência bancária que circularam nas redes sociais mostram o investigador na agência bancária por volta das 13h46 do dia 11. Essa foi a última imagem registrada do investigador obtida pela polícia.

Moto do investigador da Polícia Civil de Tatuí que estava desaparecido havia mais de um ano foi encontrada queimada — Foto: Arquivo Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário