Boletim de informações COVID-19 n° 125 Tatuí, 01 de junho de 2020 - 11h

157 CONFIRMADOS
117 RECUPERADOS
10 ÓBITOS
21 SUSPEITOS
1 ÓBITOS SUSPEITOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quarta-feira, 21 de março de 2012

População participa com sugestões de obras e ações nas audiências públicas que discutem a LDO 2013


A população está interessada em saber o que a Prefeitura de Tatuí está planejando desenvolver a curto e médio prazo. A primeira audiência pública realizada nos bairros da cidade, que aconteceu na última segunda-feira, dia 19, na EMEF “Alan Alves Araújo”, no bairro do Tanquinho, reuniu aproximadamente 150 pessoas para a discussão da LDO 2013 (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

Os moradores da região (Tanquinho, Jardim Santa Rita de Cássia, Jardim Gramado, Jardim Novo Horizonte, Jardim Rosa Garcia 1, Jardim Rosa Garcia 2, Parque San Raphael, Boqueirão, Vila São Lázaro etc) puderam fazer perguntas ao prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo. E também sugestões de obras e ações do Poder Público em seus bairros. Há uma caixa de sugestões em cada audiência realizada.

As reuniões de discussão da LDO 2013 estão sendo conduzidas pelo prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo e pelo secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico e Habitacional, Luiz Paulo Ribeiro da Silva.

Nesta quarta-feira, dia 21 às 19h30, a audiência será realizada na EMEF “Maria da Conceição Oliveira Marcondes”, no bairro do Valinho. Dia 22, quinta-feira às 19h30, ela acontece na EMEF “Teresinha Vieira de Camargo Barros”, no Jardim Manoel de Abreu. Dia 23, sexta-feira, às 19h30, é a vez da Vila Angélica, na EMEF “Lígia Vieira de Camargo Del Fiol”.
A Lei de Diretrizes Orçamentárias estabelece as metas e prioridades para o exercício financeiro, orienta a elaboração do orçamento e faz alterações na legislação tributária. A proposta, através de projeto de lei, deverá ser encaminhada para a Câmara Municipal ainda neste primeiro semestre.

“A Lei de Diretrizes Orçamentárias tem como finalidade orientar a elaboração dos orçamentos de receitas, gastos e investimentos da administração pública, em suas diversas esferas. Vamos aos bairros saber o que pensa os moradores para elaborar um projeto de lei bastante democrático”, destaca o secretário municipal Luiz Paulo Ribeiro da Silva.

No dia 26, segunda-feira, às 19h30, a audiência pública será na EMEF “Accácio Vieira de Camargo”, na Vila São Cristóvão. Dia 28, quarta-feira, às 19h30, será a vez do CEPEM “Cacilda Sá de Oliveira”, no bairro dos Mirandas, receber a audiência. Dia 2 de abril, às 19h30, é a vez da EMEF “Firmo Antonio de Camargo Del Fiol”, no Jardim Planalto. Por fim, a última audiência pública será realizada no CEPEM “Ataliba Martins”, no bairro da Enxovia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário