Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 31 de julho de 2011

Festival estudantil de teatro do Conservatório de Tatuí abre inscrições nesta segunda

Evento é o mais antigo da instituição e dá espaço ao ensino superior na edição deste ano

O Governo do Estado de São Paulo, por meio do Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”, de Tatuí, abre inscrições para o Fetesp (Festival Estudantil de Teatro do Estado de São Paulo) a partir do dia 1º de agosto. A novidade deste ano é que o concurso abriu as cortinas para os alunos do nível superior e voltou a ter caráter competitivo, com premiações. Além das faculdades ou universidades, podem se inscrever escolas estaduais, municipais e particulares (de ensino fundamental, médio, técnico ou livre), sediadas no Estado de São Paulo, até o dia 2 de setembro.

O Fetesp será realizado entre os dias 8 e 16 de outubro e tem como objetivo estimular o interesse e o entusiasmo pelas artes cênicas entre os estudantes, promover o intercâmbio cultural entre as cidades e incentivar o movimento teatral através da formação de núcleos nas escolas. Por meio do evento, o Conservatório de Tatuí também promove as artes cênicas e incentiva o estudo do teatro.

De acordo com o coordenador do evento e da área de artes cênicas do Conservatório de Tatuí, Carlos Ribeiro, o festival é um espaço para encontro, avaliação e troca de experiências, proporcionando uma vivência enriquecedora muito importante para todos os participantes, sejam eles artistas, técnicos, professores ou público.

“O Fetesp, assim como os demais festivais estudantis de teatro, é uma importante ferramenta para veiculação de trabalhos cênicos vinculados a processos de formação, sejam eles específicos em artes cênicas, como complementares nos currículos de formação fundamental, média ou superior”, analisa. “A idéia de ampliar o festival para o ensino superior é enriquecer o seu conteúdo e valorizar os processos de formação”, explica Carlos Ribeiro.

Para se inscrever, é preciso preencher a ficha de inscrição e enviar histórico, fotos e gravação na íntegra do espetáculo. O novo regulamento pode ser acessado em www.conservatoriodetatui.org.br/fetesp.
Seleção

Segundo o regulamento do festival, uma comissão formada por professores de artes cênicas selecionará oito espetáculos infantis, juvenis e/ou adultos, que participarão em duas categorias diferentes. Quatro espetáculos serão escolhidos para o grupo “Escola de Teatro” e outros quatro para “Teatro na Escola”.

A categoria “Escola de Teatro” não é competitiva e receberá espetáculos vinculados a instituições de ensino específico de teatro, sejam elas livres, de nível técnico profissionalizante ou de ensino superior. O corpo de jurados promoverá debate após cada apresentação e apresentará um relatório analítico.

Já a categoria “Teatro na Escola” terá espetáculos vinculados a instituições de ensino fundamental, médio, técnico ou superior (com exceção dos ligados a cursos de habilitação na área de artes cênicas). Esse grupo marca o retorno do caráter competitivo do festival, em que um corpo de jurados promoverá debate após cada apresentação, avaliará as peças e elegerá vencedores para os prêmios de melhor espetáculo, melhor diretor, melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor cenografia, melhor figurino, melhor maquiagem, melhor sonoplastia e melhor iluminação.

Os oito espetáculos selecionados serão conhecidos a partir de 12 de setembro e as datas de apresentações – no período de 8 a 16 de outubro – serão definidas por meio de sorteio agendado para 19 de setembro. 

Cada selecionado receberá, a título de prêmio pela participação, R$ 2 mil. Além disso, dois integrantes de cada grupo escolhido terão estadia e alimentação ao longo do evento, devendo participar dos debates, workshops e oficinas.

O evento não só difunde as artes cênicas e destaca sua importância como ferramenta na educação como também tem caráter social: os ingressos para as apresentações custam R$ 2 e todo o valor arrecadado é doado para ações sociais do Fundo Social de Solidariedade de Tatuí.

Origem
O Fetesp é o festival estudantil mais antigo de artes cênicas paulista: surgiu em 1977, com o I Festival Estudantil de Teatro, de âmbito municipal, criado pelo diretor Moisés Miastkwosky. O evento detonou um grande movimento teatral na cidade, por meio das escolas e do recém-criado Curso de Teatro do Conservatório de Tatuí.

Oficializado pelo decreto 18.434, de 15 de fevereiro de 1982, o festival integra o calendário oficial de atividades culturais realizadas pelo Governo do Estado de São Paulo, através da Secretaria da Cultura. Em 1992, o festival passou a ser coordenado por Antonio Mendes (1958-2008) e, ao longo dos anos 1990 e 2000, o evento firmou-se como instrumento para o estímulo e veiculação de trabalhos teatrais vinculados a processos pedagógicos de formação fundamental, média, técnica e profissionalizante. Desde 2008, o Fetesp é coordenado por Carlos Ribeiro e, em 2009 e 2010, foi realizado exclusivamente como mostra educacional, sem caráter competitivo.

Serviço
Fetesp (Festival Estudantil de Teatro do Estado de São Paulo)
Inscrições de 1º de agosto a 2 de setembro
Ficha de inscrições no site www.conservatoriodetatui.org.br/fetesp
Mais informações: (15) 3205 8444

Morreu Major Alípio

Foto: arquivo da família

Faleceu em São Paulo o Major Alipio, que foi sargento do Tiro de Guerra em Tatuí no período de 1958 a 1970. Ele deixou muitos amigos por aqui, que por diversas vezes prestaram-lhe homenagens depois que foi transferido para São São Paulo, inclusive, há pouco tempo, ele chegou a vir pessoalmente a Tatuí para receber homenagem. A notícia foi dada por sua filha Cristina Bertolli.

cartas>>> bombeiros

Moro em Cesario Lange e gostaria de saber mais sobre o edital para vaga em Tatui referente a Bombeiros Municipais .
Obrigado pelo espaço e aguardo esclarecimentos ,Luiz Fernando.

O Diário de Tatuí apoia a campanha do desarmamento


Preparado para o voo solo

José Antônio Rosa

joseantonio.rosa@jcruzeiro.com.br

O saxofonista João Paulo Barbosa passou, se tanto, cinco anos em Sorocaba, tempo mais do que suficiente para se ambientar e tocar com os principais nomes da nova geração de instrumentistas locais. Aluno do Conservatório de Tatuí, esteve, entre outros, na formação do Cincado, grupo que dividiu o palco do Teatro Municipal com Hamilton de Hollanda, dentro da agenda do Metso Cultural. JP, como é conhecido, impressionou o bandolinista por sua técnica e apuro.

Marcou, ainda, presença nos álbuns gravados pelas cantoras Luceila Meira, Aline Godoy e no da Vintena Brasileira, orquestra comandada por André Marques, além de acompanhar Carlos Madia na Astral Samba Esporte Clube. Mais recentemente, João Paulo foi convidado para integrar a banda que acompanhou o baixista Thiago do Espírito Santo, filho de Arismar e um dos mais festejados músicos do momento, no álbum "Na Cara do Gol".

A novidade é que, agora, João Paulo Barbosa cuida da produção de seu primeiro disco solo. Ainda sem título definido, o trabalho começa a ser gravado no mês de setembro. De São Paulo, para onde se mudou (não perdeu, entretanto, o contato com a cidade e os amigos), ele contou ao Mais Cruzeiro que deverá explorar a sonoridade mais "abrasileirada" por assim dizer, trabalhando com uma formação que reúne, além do sax, baixo, guitarra e bateria. Para tanto, escalou um time do qual fazem parte Cléber Almeida, Fabio Gouvea, Edu Ribeiro, Daniel Santiago, Bruno Migotto e Thiago do Espírito Santo. O repertório terá duas composições próprias e outras cinco, ou seis (questão a resolver) de autores como André Marques e Paulo Malheiros.

João Paulo compara a participação em "Na Cara do Gol", de Thiago Espírito Santo, como um marco na trajetória. O terceiro álbum do baixista tem sido bastante elogiado e antecede à viagem que ele fará aos Estados Unidos para gravar outro, focado no bebop, uma das muitas vertentes jazzísticas, com professores da Berklee. "Na Cara do Gol" é definido como um projeto que se caracteriza pelas variações de samba, baião e outros ritmos, inspiradas pelo legado da antológica banda Weather Report, formação na qual tocaram dois ícones: Jaco Pastorius, a referência maior do contra-baixo, e Wayne Shorter, que João Paulo tem na conta do "mestre dos mestres".

Uma das faixas do disco, "JP", foi dedicada por Thiago ao saxofonista. "Ele achou que ficava legal batizar o tema assim, quando realizava uma oficina em Curitiba, de que eu participei. E assim ficou. Senti-me lisonjeado. Thiago é um grande cara, um músico que dispensa comentários. Tenho aprendido muito com ele." Na banda de Thiago Espírito Santo estão, ainda, Sérgio Machado, filho do cantor Filó Machado, Fábio Leandro e Carlinhos Noronha.

João Paulo corre contra o tempo para cumprir o prazo que impôs a si mesmo. Espera lançar o CD ainda este ano e fazer um dos show da turnê em Sorocaba. "Com certeza quero mostrar o trabalho aí na cidade, junto com o pessoal que me acompanha." Até lá, o saxofonista cumpre agenda em casas que dedicam espaço ao som instrumental e marca presença na nova formação da Banda Black Rio, agora comandada por Willian Magalhães, filho de Oberdan Magalhães, que a criou no começo dos anos 70. "A proposta, agora, é outra, mas, na essência continuamos a tocar soul music", explicou.

Foto de João Paulo Barbosa por Jorge Mariano / Divulgação
Matéria do jornal Cruzeiro do Sul, Sorocaba

Lutiê realiza projeto em parceria com maestro brasileiro

Creche do Centro completou um ano de atividades

A Creche Municipal Profª Thomyres Gianesella Lisboa, localizada na Rua XV de Novembro, nº 334, está comemorando um ano de atendimento. A creche atende 84 crianças de zero a três anos de idade.

sábado, 30 de julho de 2011

Rede na varanda - Me singing

Começa no dia 3 de agosto o 4º Encontro Internacional de Cordas & o XVII RICE

Orquestra Sinfônica de Tatuí abre o evento com concerto no Teatro Procópio Ferreira

O Governo do Estado de São Paulo, por meio do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, de Tatuí, promove o 4º Encontro Internacional de Cordas & XVII RICE do dia 3 até o dia 7 de agosto. A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí fará a abertura oficial, às 20h30, no Teatro Procópio Ferreira, em concerto que terá regência de João Maurício Galindo e participação do violinista Haroutune Bedelian. Já a partir do dia 1º, os inscritos poderão participar dos workshops programados do XVII RICE - Rio International Cello Encounter.

O 4º Encontro Internacional de Cordas integra série de atividades pedagógicas e artísticas do Conservatório de Tatuí. São, ao todo, dez encontros internacionais realizados de forma bienal que oferecem a instrumentistas a oportunidade de frequentarem aulas com profissionais destacados internacionalmente. Além disso, conta com apresentações exclusivas.

O evento é coordenado pela professora Elen Ramos Pires. O RICE tem como diretor artístico David Chew e como coordenadora local Míriam Braga. Os eventos oferecem atividades nos instrumentos de violino, viola, violoncelo, contrabaixo e também prática de conjunto.

Além das atividades pedagógicas e da apresentação da Orquestra, a programação contempla ainda diversos recitais e concertos. No dia 4 de agosto, haverá recital de baixo e piano, às 17h30, no Salão Villa-Lobos. Às 18h30, no Teatro Procópio Ferreira, acontece o recital “24 Caprichos, Paganini”, com o violinista Carmelo de Los Santos. E, às 20h30 do mesmo dia, a Orquestra do RICE fará o “Concerto Especial de Aniversários”, em homenagem aos compositores Arensky, Mahler e Grainger. Os regentes serão Russel Guyver e David Chew.

No dia 5 de agosto, às 17h30, o Encontro de Cordas promove no Procópio Ferreira um recital com o violoncelista Lars Hoefs e Míriam Braga. No mesmo dia, às 20h30, o quarteto Camargo Guarnieri, com a coordenação de Elisa Fukuda, apresenta-se também no teatro.

No dia seguinte, às 10h, no Teatro Procópio Ferreira, haverá um recital dos grupos de câmara e alunos solistas. Às 15h, Emerson di Biaggi assumirá o palco para o recital de viola e piano. O encerramento do penúltimo dia do evento, às 20h30, também no teatro, será com a Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí, com o regente João Maurício Galindo e o convidado Kim Bak Denitzen.

Já no dia 7, às 9h, está programada a palestra “Panorama das Orquestras de Cordas do Estado de São Paulo”, com os debatedores Cíntia Pinotti, Jacqueline Oliveira, Eduardo Augusto de Almeida Silva e Daniel Lazala e mediação de Eduardo Bello. O Encontro Internacional de Cordas será finalizado com o concerto “Panorama das Orquestras de Cordas do Estado de São Paulo”, sob regência de Eduardo Augusto de Almeida Silva.

A programação completa do evento, incluindo os workshops e masterclasses, está publicada no site do Conservatório de Tatuí, através do link www.conservatoriodetatui.org.br/ecordas.
RICE

O Conservatório de Tatuí é a única instituição fora do Rio de Janeiro a receber atividades do RICE - Rio International Cello Encounter. De bolsistas selecionados na cidade de Tatuí enviados à Capital, o evento passou a promover masterclasses em Tatuí e, há quatro anos, também realiza apresentações locais.

O RICE tem organização do inglês David Chew, que idealizou o primeiro encontro de violoncelos gratuito do mundo em 1994. Nesse ano, ele teve conhecimento da história vivida por seu colega de instrumento Vedran Smailovic. Integrante da Orquestra da Ópera de Sarajevo, ele testemunhou a morte de 22 pessoas vítimas de uma explosão durante a Guerra na Bósnia e decidiu usar sua música em prol da paz, tocando nas ruas de Sarajevo, durante 22 dias seguidos, em homenagem aos mortos.

Com o objetivo de promover a integração social no Rio de Janeiro usando a música e o violoncelo como principal instrumento, Chew localizou o músico e fez o convite para que viesse se apresentar no Brasil. Aos dois juntaram-se mais alguns colegas de orquestras estrangeiras e foi criada a primeira edição do RICE, uma homenagem de Chew ao maestro carioca Heitor Villa-Lobos, que escreveu para o violoncelo algumas de suas melhores composições e cuja obra atraiu o violoncelista inglês para o Brasil, em 1981.

Embora tenha sido criado inicialmente como um encontro de violoncelistas de todo o mundo, o evento recebe hoje virtuoses em outros instrumentos como piano, violino, flauta, saxofone e violão. Desde sua primeira edição, em 1994, o encontro já realizou mais de 500 concertos e 300 horas de masterclasses, reunindo cerca de 1000 músicos, 500 estudantes e jovens músicos e um público estimado em mais de 200 mil pessoas.

SERVIÇO
4º Encontro Internacional de Cordas
XVII RICE – Rio International Cello Encounter – Tatuí
3 a 7 de agosto
Mais informações: www.conservatoriodetatui.org.br/ecordas

Em Tatuí, a Casa do Adolescente atende 275 jovens

Da Redação / TV Tem

Nos últimos onze anos, os casos de gravidez na adolescência caíram 37% no Estado de São Paulo, na faixa etária dos 15 aos 19 anos. Mesmo assim, é cedo para comemorar. A situação continua preocupando. Em Tatuí, a Casa do Adolescente atende 275 jovens.

No início ou no fim da adolescência, a gravidez precoce é sempre uma situação difícil, tanto para a família quanto para a jovem. A meninice e os sonhos são interrompidos, mesmo que por um momento, e o lúdico acaba dando lugar para ensinamentos de como criar o futuro bebê.

Na cidade de Tatuí, a Casa do Adolescente tem como principal função orientar sobre os riscos da gravidez precoce. Já as jovens que engravidam recebem atendimento médico e psicológico

Multidão vai ao sorteio de casas populares em Tatuí


Fotos da Cãominhada 2011






Fotos: Prefeitura de Tatuí / Divulgação

sexta-feira, 29 de julho de 2011

CDHU sorteia e entrega moradias em Tatuí


A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) realizou o sorteio e a entrega de 604 moradias populares em Tatuí, nesta sexta-feira (29). Os investimentos totalizam R$ 34,3 milhões. O primeiro evento ocorreu às 11 horas, na Concha Acústica da cidade, onde foram sorteadas 432 unidades entre as mais de 7 mil famílias inscritas. Os inscritos deveriam comparecer ao evento para depositar na urna a senha distribuída durante a inscrição. A CDHU está investindo R$ 26,8 milhões nesse empreendimento, que está sendo edificado no bairro Tanquinho.

O secretário-adjunto da Habitação, Marcos Penido, participou do evento e reforçou a transparência do sorteio. "Aqui todos tem o mesmo direito de buscar o sonho da casa própria. A oportunidade é para todos que colocaram as senhas nas urnas", disse, lembrando que o sistema de sorteio foi criado pelo governador Mário Covas. A sorteada Nizaira Francisca de Oliveira estava muito emocionada. "Estou contente demais. Não tenho como explicar tamanha emoção" disse. Ela comentou que já havia participado do sorteio anterior, mas não teve a mesma sorte de hoje. "Não acredito ainda que fui sorteada. Parece um sonho", completou.

Na seqüência, às 14 horas, o secretário estadual da Habitação, Silvio Torres, entregou 172 casas no Conjunto Habitacional Industrial Orlando Bolzan, no bairro do Tanquinho. O investimento foi de R$ 7,5 milhões e esta foi a última etapa da entrega do condomínio que tem 300 unidades. Em dezembro de 2010, foram comercializadas outras 128 moradias. Marta Alexandra Lopes, contemplada com a nova moradia disse que esperou dez anos para realizar o sonho da casa própria. "Estou muito feliz porque agora eu vou morar e pagar pelo que é meu", falou emocionada. Ela está saindo de um aluguel de R$ 300,00 para uma prestação de R$ 100,00.

Silvio Torres reforçou o padrão de qualidade das casas. Também afirmou que "para se ter uma idéia, que ganha um salário mínimo pagará apenas R$ 81,75 de prestação mensal, bem menos que um aluguel'. O prazo para quitar o financiamento é de até 25 anos. As prestações são subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar. Quem ganha até três salários vai desembolsar 15% dos rendimentos. O secretário desejou boa sorte aos novos mutuários e pediu para que cuidem do patrimônio e não vendam a terceiros. "Quem vender o imóvel não poderá participar mais de programa da CDHU", alertou.

Todas as 604 casas possuem três dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, distribuídos em 55,87 m2 de área construída. As unidades contam com novo padrão da CDHU, que incorpora uma série de inovações em habitações de interesse social, como pé-direito ampliado de 2,4 para 2,6 metros, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos na cozinha e banheiro, laje e esquadrias de aço. Na parte externa, o botijão de gás tem abrigo e a área de serviço está coberta, há muro divisórios entre os lotes e tratamento paisagístico nas ruas, calçadas e nos espaços livres. Está prevista a instalação de aquecedores solares nos imóveis.

O Conjunto Habitacional Industrial Orlando Bolzan é resultado de uma parceria com a prefeitura de Tatuí, que doou o terreno e administrou as obras, executadas pelos futuros moradores, selecionados por meio de sorteio público. A Companhia repassou os recursos ao município e supervisionou todas as etapas dos trabalhos. Já, para construir as casas que estão sendo sorteadas, a prefeitura doou o terreno e a CDHU contratou, por licitação, uma empresa para a execução das obras.

Do jornal Cruzeiro do Sul, edição online

Unidades de saúde deverão notificar compulsoriamente casos de agressão a idosos

Os estabelecimentos de saúde públicos e privados que prestarem atendimento a idosos vítimas de violência ou maus tratos deverão notificar compulsoriamente, às autoridades competentes, os casos de agressão. Lei sancionada pela presidenta Dilma Rousseff e publicada nesta quarta-feira (27/7) no Diário Oficial da União altera texto do Estatuto do Idoso e visa ampliar a proteção à população com mais de 60 anos.

Para os efeitos da lei, que entra em vigor em 90 dias, considera-se violência contra o idoso “qualquer ação ou omissão praticada em local público ou privado que lhe cause morte, dano ou sofrimento físico ou psicológico”.

Além de tipificar a violência, a nova lei obriga também os estabelecimentos e gestores de saúde a notificarem, não somente os profissionais. Para a ministra Maria do Rosário, trata-se de um avanço para o setor.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Prefeitura leva crianças da periferia ao Circo Stankowich no sábado


Neste sábado, dia 30, às 18h, uma parceria da Prefeitura com o Circo Stankowich vai proporcionar uma apresentação especial circense às crianças carentes de Tatuí. Podem participar crianças da Vila Angélica, Jardim Gonzaga, Jardim Rosa Garcia e Jardim Santa Rita de Cássia.

“Será uma oportunidade única, de crianças que não possuem recursos para conhecerem o mundo circense. Sem dúvida será um dia bastante especial para as crianças”, destacou o secretário Jorge Rizek, da Cultura, Turismo, Esporte, Lazer e Juventude.

Audiência pública fala sobre realizações da Saúde no 2º trimestre de 2011

Na terça-feira, dia 26, foi realizada Audiência Pública de Saúde, na Câmara Municipal de Tatuí para mostrar o balanço das realizações no terceiro trimestre de 2011, e a palestrante, Ana Paula d’Almeney, que trabalha no planejamento da Secretaria de Saúde, deixou claro que não aconteceram muitas mudanças, com relação ao primeiro trimestre. Compareceram apenas cerca de dez pessoas na audiência.

A rede municipal de saúde conta com 15 Unidades Básicas: Centro Municipal de Especialidades Médicas, Centro Regional de Diagnose, Ambulatório de Saúde Mental, Centro de Estimulação Precoce e Centro de Adaptação e Reabilitação, Centro de Especialidades Odontológicas, Unidade de Pronto Atendimento, Pronto Atendimento Vila Esperança, Casa do Adolescente, Saca do Ultrassom e Ambulatório de Infectologia.

Quanto aos funcionários, são nove servidores federais, 79 servidores estaduais municipalizados e 782 servidores municipais. Foram contratados 17 prestadores de serviços para realizar: exames de análises clínicas, tomografia computadorizada, ressonância magnética, densitometria óssea, exames radiológicos, ultrassonografias, endoscopia digestiva, colonoscopia, retossigmoidoscopia, eletroencefalogramas, litotripsia, anatomopatologia e citopatologia, teste ergométrico, Holter, M.A.P.A, eletroneuromiografia, prótese dentária e assistência ambulatorial e hospitalar.

No total, foram gastos R$ 29.439.963,33 de receitas de impostos municipais e transferências federais. Foram R$ 3.030.940,91 com receitas do SUS e entre outras receitas; R$ 10.733.221,81 em despesas empenhadas, aquelas que são as mesmas todo mês, como salário, cesta básica etc. A quantidade de procedimentos aprovados foi de 253.019 municipais, 28.895 privados e 13.402 filantrópicos.

Os eventos do mês de abril foram a castração de animais no bairro Tanquinho, intensificação no combate à dengue, campanha de vacinação contra a gripe, que também imunizou contra H1N1, e o arrecadamento de medicamentos e chapas raio-x. No mês de maio, os eventos foram Feira de Saúde no Largo do Mercado, 3º Encontro Municipal de Enfermagem, Projeto Jovem Doutor, com palestras sobre a dengue, Semana da Esquistossomose, e a inauguração da UBS no Bairro Santa Cruz. Em junho foram Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo e a 4ª Conferência Municipal de Saúde.
Foto: Divulgação / Prefeitura de Tatuí

Sábado tem o grupo Seresteiros com Ternura no Mercado Municipal

Foto: Divulgação / Prefeitura de Tatuí

Neste sábado, dia 30, a partir das 11 horas, acontecerá mais uma edição do Projeto Música na Praça, pela Secretaria de Cultura. O evento será realizado no Mercado Municipal e a atração será o grupo “Seresteiros com Ternura”, que trará ao público as grandes músicas do passado, das serestas e dos salões de baile.

Neste domingo tem Projeto Lazer nos Bairros no Jardim Lírio

Edição do CDHU. Foto: Divulgação / Prefeitura de Tatuí 
Neste domingo, dia 31, das 9 às 13h, na Rua Sargento Reginaldo Jesus Soares, no Jardim Lírio, em frente ao templo da Igreja Católica, acontecerá mais uma edição do Projeto Lazer nos Bairros, uma realização da Prefeitura de Tatuí, através da Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte, Lazer e Juventude.

A apresentação e a coordenação são de Alexandre Bossolan. Entre as atrações programadas, estão gincanas, cama elástica, mini futebol, videokê, pintura de rosto, algodão doce e a Casa de Brinquedo Itinerante.

Prefeitura de Tatuí repassa R$ 59,2 mil para oito entidades filantrópicas

Foto: Divulgação / Prefeitura de Tatuí

Aconteceu ontem, quarta-feira, dia 27, na Sala de Reuniões do Paço Municipal, a assinatura de convênios da Prefeitura de Tatuí com oito entidades filantrópicas. São elas: Associação Beneficente Força para Viver, Apae, Lar Donato Flores, Centro de Desenvolvimento Social Arte pela Vida, Associação Recanto Betel, Conselho Social da Comunidade de Tatuí (Cosc), Recanto Vovô Orlando Bolzan e Casa do Bom Menino de Tatuí.

O total dos recursos somou R$ 59.250,00, sendo R$ 6.230,00 para o Força para Viver, R$ 4.730,00 para a Apae, R$ 9.450,00 para o Lar Donato Flores, R$ 5.660,00 para o Arte Pela Vida, R$ 8.310,00 para o Recanto Betel, R$ 8.630,00 para o Cosc, R$7.220,00 para o Recanto Vovô Orlando Bolzan e R$ 8.930,00 para Casa do Bom Menino de Tatuí.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Feira vende animais doentes

Feira de animais de estimação realizada há poucos dias em Tatuí deixou um saldo de muitos cães doentes, com verminoses e parasitas, trazendo grande constrangimento aos novos proprietários que procuram socorro nos médicos veterinários da cidade para seus pets que custaram caro.  

Câmara de Tatuí deve elaborar a consolidação das leis municipais

A consolidação das leis municipais é tema em destaque na Câmara Municipal na segunda metade do ano. De acordo com o presidente do Legislativo, Vladmir Saporito, a digitalização dos textos legislativos está concluída e, em breve, eles serão disponibilizados na página da Câmara na internet. Antes disto, a presidência da casa pretende realizar algumas reformas, unificando leis semelhantes e revogando as que estiverem em desuso.

“Este é um assunto que requer o máximo de cuidado, por isso, provavelmente, estaremos abrindo uma licitação para contratar um escritório especializado para avaliar a legislação”, observou o presidente.

Extrato de matéria do jornal O Progresso de Tatuí, edição 5538, de 27.07.2011

Escalada de empregos em Tatuí é fraca em 2011

Do início do ano até junho, Tatuí soma 7.668 admissões contra 7.548 demissões. O saldo nos seis primeiros meses foi de 120 novos empregos gerados com carteira assinada. Em Itapetininga, as contratações somaram 11.481 e os desligamentos, 8.899, resultando em saldo positivo de 2.582 novos postos de trabalho no mesmo período comparativo. O desempenho pífio de Tatuí é visto pelo secretário do Trabalho, o vice-prefeito Luís Antonio Voss Campos, como consequência do efeito pula-pula, a mobilização do trabalhador que busca nova colocação no mercado, acabando por optar por emprego nas cidades vizinhas.

Baseado em matéria do jornal O Progresso de Tatuí, edição 5538, de 27.11.2011.

Câmara deverá regulamentar profissão de mototaxista

Em entrevista ao jornal O Progresso de Tatuí desta quarta, o presidente do legislativo tatuiano, Dr. Wladmir Saporito, adiantou que que um dos assuntos que deverá receber maior atenção neste segundo semestre será a votação da lei que regulamenta a profissão de mototaxista. Os serviços de mototaxi e de motofrete deverão ser separados e identificados no uniforme dos motoqueiros.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Coop lança novo site

A Cooperativa de Consumo está lançando um novo site com o endereço portalcoop.com.br
A Coop promete muita interatividade, receitas e cardápios, ofertas, promoções e a Rádio Coop.

Após 36 anos no Rio, Vera Holtz vai se mudar para São Paulo

Atriz contou a 'Folha de São Paulo' que sente saudade da família e tem novos projetos.

Depois de 36 anos morando no Rio de Janeiro, Vera Holtz está de malas prontas para se mudar para São Paulo. "Fiquei com saudade da família", justificou ao jornal "Folha de São Paulo".

A atriz contou que seu novo projeto é dirigir a artista e designer Mana Bernardes em uma performance.

Do EGO, em São Paulo [globo.com]

Justiça concede liberdade provisória ao Prof. Ari Sinisgalli

O professor aposentado Ari Sinisgalli foi ouvido na tarde desta terça-feira pela Justiça de Tatuí. e confessou ter ferido uma menor de 16 anos com um canivete. O juiz Dr. Diogo Corrêa de Morais Aguiar deferiu pedido de liberdade provisória pleiteado pela defesa representada pelos advogados Dra. Jacira Provasi e Dr. José Rubens do Amaral Lincoln..O professor havia sido preso em flagrante e, na Delegacia de Defesa da Mulher - DDM, havia usado a prerrogativa de permanecer em silêncio, não respondendo a qualquer pergunta. 

7ª Taça Cidade Ternura de Futebol para Menores define seus últimos finalistas

Foto: Fábio Cabrera / Divulgação / Prefeitura de Tatuí

A 7ª Taça Cidade Ternura de Futebol para Menores chega à sua fase semifinal e os jogos decisivos neste sábado, dia 30, acontecem no Estádio do Santa Rita. Serão três jogos, a partir das 8h30. Jogam: Associação Santa Rita x XI de Agosto A (Sub 12), Bom de Bola 10 na Escola x XI de Agosto B (Sub 14) e Associação Santa Rita x Santa Cruz FC (Sub 16). A entrada é franca ao público.

Resultados - No sábado, dia 23, no Estádio Dr. Gualter Nunes, da Associação Atlética XI de Agosto, também pelas semifinais do torneio, jogaram: Clube de Campo 1 x 1 Novos Talentos (Sub 12), Associação Santa Rita 0 x 2 XI de Agosto (Sub 14) e XI de Agosto A 4 x 0 XI de Agosto B (Sub 16).

Cãominhada de Férias registra 350 pessoas e 146 cães inscritos

A Cãominhada de Férias 2011 teve 146 cães inscritos e um público de 350 pessoas. O evento, que aconteceu no domingo, dia 24, foi considerada um sucesso pela Prefeitura.

Os ganhadores do “Concurso de Cães” foram: Cão Pituca - Menor Cão (raça Pinther, dono Matheus); Cão Scuby - Maior Cão (raça São Bernardo, dono Marcinho); Cão Kika - Vira Lata Mais Simpático (dona Mariana); Cão Sheik - Cão mais parecido com o dono (raça Basset Hound, dono Marcelo); Cão Bud - Mais obediente (raça Dalmata, dono Celso) e Cão Belinha - Mais enfeitado (raça Yorkshure, dona Bianca).

No evento, foram doados três cães da raça “Pastor Belga”. Outras atividades também aconteceram: pintura em rosto para crianças, distribuição de bexigas e distribuição de camisetas e rações, além de orientações diversas sobre animais.

Sexta-feira serão entregues 172 casas populares e sorteados 432 novos proprietários


A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e a Prefeitura de Tatuí realizam na sexta-feira, dia 29, a partir das 11h, o sorteio entre os inscritos das 432 casas populares, em fase final de construção no bairro Tanquinho. Um total de 7.299 pessoas estão aptas a participar do sorteio, segundo informou a CDHU na segunda-feira, dia 25.

As casas foram construídas no sistema de empreitada global. Devem estar presentes o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, o deputado estadual Samuel Moreira (líder do Governo na Assembleia), o secretário estadual Sílvio Torres (Habitação), secretários municipais e vereadores.

A CDHU está investindo R$ 26,8 milhões no empreendimento que está sendo construído na Rua Teófilo de Andrade Gama, no bairro do Tanquinho.

As casas terão três dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, com 52,67 m2 de área construída. O prazo de financiamento dos imóveis é de até 300 meses. As prestações são subsidiadas pelo Governo do Estado, sendo calculadas de acordo com a renda de cada família. Assim, as que ganham entre um e três salários mínimos pagarão o equivalente a 15% dos rendimentos. Já a Prefeitura de Tatuí ficou responsável pela doação da área e pelos serviços de infra-estrutura (água e esgoto).

Os imóveis serão sorteados entre a população que ganha de um a dez salários mínimos, com prioridade para rendimentos até três salários. Do total de unidades, 7% serão reservadas para pessoas com deficiência, 5% para idosos (candidato deve ter 60 anos ou mais), 4% para policiais e agentes penitenciários lotados no município.

Entrega de casas - A CDHU e a Prefeitura de Tatuí, através da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico e Habitacional, realizam também nesta sexta-feira, dia 29, às 14h, a entrega de 172 casas populares, construídas o sistema de mutirão, no bairro Tanquinho, ao lado do Jardim Santa Rita de Cássia. A cerimônia de entrega será realizada na Rua Teófilo Andrade Gama, esquina com a Rua Miguel Teles.

As casas que serão entregues têm três dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área construída de 55,87m². O investimento na obra é de R$ 12,6 milhões.

Fotos: Fábio Cabrera / Divulgação / Prefeitura de Tatuí

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Biógrafos de Paulo Setúbal vêm a Tatuí falar sobre o escritor tatuiano

Na programação da 69ª Semana Paulo Setúbal, está agendada a conversa com autores.

No dia 8, o escritor Fernando Jorge, autor de “Vida Obra e Espaço de Paulo Setúbal”.

Na quarta, 10, o editor Antônio Bellini, autor do livro “Paulo Setúbal Poeta e Romancista, um tributo à sua obra”.

E na sexta, 12, Sueli Aduan lança seu livro “Avidamente olha para o mundo”. Os eventos acontecerão no anfiteatro do Museu Paulo Setúbal.

Da coluna de Jorge Rizek, secretário da Cultura de Tatuí, no jornal O Progresso de Tatuí, edição 5537, de 24.07.2011

Distrito de Americana se prepara para inauguração da usina hidrelétrica

O distrito de Americana está próximo de receber oficialmente a instalação de um Nudec (Núcleo Comunitário de Defesa Civil). O processo, que deve acontecer em dois meses, segundo a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, tratará apenas da formalização do núcleo, pois na prática já há moradores do distrito realizando ações correspondentes.

Os Nudecs são entidades integrantes de Sindec (Sistema Nacional de Defesa Civil). A finalidade é desenvolver um processo de orientação permanente junto à população, para prevenir e minimizar riscos e desastres nas áreas de maior vulnerabilidade nos municípios. Os Nudecs são vistos como um elo formal entre as Coordenadorias de Defesa Civil e a população, favorecendo a gestão do planejamento e execução de ações de prevenção nas áreas de risco.

O distrito de Americana é área de risco, mas os moradores estão sempre empenhados em ajudar, informou o coordenador da Defesa Civil na cidade. Depois de oficializar o Nudec, uma das primeiras ações deve ser um treinamento para a evacuação dos moradores no caso de acidente na barragem do usina hidrelétrica “Santa Adélia”.

A usina, construída no rio Sorocaba, deve entrar em funcionamento nos próximos meses e a barragem estará situada acima da área habitada do distrito. Em caso de rompimento, o volume de água acumulado poderia causar grandes inundações. O secretário de Obras e Infraestrutura assegura que o barramento da usina será controlado por uma tecnologia moderna, mas, mesmo assim, um rompimento poderia causar um problema muito sério.

Para facilitar eventual evacuação do local, a Defesa Civil adquiriu uma sirene de grande porte, que será instalada no centro do distrito. No caso de acidente na barragem, ou situação de risco eminente, este dispositivo será acionado para que os moradores saibam do risco. “Este sinal também aciona o Centro de Comunicação e Emergência, e, assim, é possível enviar auxílio do Corpo de Bombeiros muito mais rápido”, explicou Santos.

trechos de reportagem do jornal O Progresso de Tatuí, edição 5.537, de 24.07.2011. Para ver a reportagem completa clique no título desta matéria

Cidade paulista de Tatuí é considerada a capital da música [globo.com]


domingo, 24 de julho de 2011

Metro-Shacman ‘esbarra’ em burocracia

Demora na documentação atrasa ‘megaprojeto’ da empresa, que pode não ficar em Tatuí

Anunciada com grande repercussão, em janeiro deste ano, a instalação da Metro-Shacman pode não acontecer em Tatuí. O motivo é o atraso na liberação de documentos ambientais (licenciamentos, outorgas, etc) necessários para que a empresa possa dar início a seu “megaprojeto”.

Os planos da importadora de caminhões para Tatuí são ambiciosos, mas estão, conforme o diretor de produtos, João Comelli, na dependência de documentações. “Estamos tendo alguns percalços”, declarou ele à reportagem de O Progresso.

Comelli, que também é sócio do empreendimento, afirmou que a empresa não tem – pelo menos por enquanto – planos de mudar-se para outra cidade, como se havia cogitado, mas admitiu a possibilidade de a Metro-Shacman ter de rever seu projeto original. “Eu tenho um cronograma a cumprir”, justificou. A demora está atrasando a construção da primeira das seis empresas que o grupo representado pelo executivo no Brasil planeja construir no município.

A previsão é de que a unidade em Tatuí fique pronta e comece a operar a partir de janeiro de 2012. Caso isto não aconteça, a Metro-Shacman deve mudar-se para Sorocaba, cidade onde já possui uma área e está montando uma unidade para revenda. “Em Tatuí, a ideia é instalar um centro de distribuição, que é a mãe de todas as demais empresas do grupo”, explicou Comelli.

Apesar dos atrasos, a proposta, segundo ele, não está descartada. “Sou de Tatuí. Não quero levar nada a nenhum lugar. Defendo a causa de Tatuí, apesar de, ultimamente, não estarmos tendo apoio”, afirmou o executivo.

De acordo com ele, mesmo sem ajuda, o escritório da empresa, que funciona em imóvel alugado na avenida Salles Gomes, está trabalhando para que a questão burocrática seja resolvida o “mais breve possível”. “Estou tocando por minha conta. Não vim a Tatuí porque fui convidado. Vim porque quis”, ressaltou.

O projeto de instalação na cidade teve início em setembro do ano passado e, segundo o diretor de produtos, deveria estar “mais adiantado”. “Comecei uma revenda em Santarém, no Pará, que já está mais avançada do que aqui. As coisas por aqui não andaram muito, mas entendo que não é culpa do município, mas do sistema de leis ambientais, que ficou pesado”, argumentou.

Comelli, que é tatuiano, é um dos principais responsáveis pela vinda da Metro-Shacman ao município. O diretor de produtos quer que a matriz da empresa seja instalada na cidade. “Tenho um protocolo de intenções, que prevê que, se em cinco anos nós atingirmos a meta de vendas, vamos começar a fabricar os caminhões aqui, no Brasil. E eu quero puxar a fábrica para cá”, disse.

A intenção seria transformar Tatuí num pólo de desenvolvimento automobilístico. A cidade já contaria, segundo o executivo, com estrutura para que isto fosse possível. “Temos a Ford, além de diversas empresas que prestam serviços para montadoras que podem tornar isso mais do que possível”.

Outro setor beneficiado com o projeto, caso ele venha a se concretizar, é o de formação de mão-de-obra. “Poderíamos exportar trabalhadores, porque temos aqui um conjunto de escolas para formação”, afirmou. As instituições são, principalmente, a Fatec (Faculdade de Tecnologia) “Professor Wilson Roberto Ribeiro de Camargo” e a Etec (Escola Técnica) “Salles Gomes”.

O terreno da Shacman, em Tatuí, fica às margens da rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127). A empresa será “vizinha” da Rontan Eletrometalúrgica e FBA (Fundição Brasileira de Alumínio). “É uma área muito grande e bem localizada”, disse Comelli.

Nela, deve ser instalado o centro de distribuição pelo qual serão importados os caminhões. “Eles vêm da China e têm de ser adequados às normas brasileiras. Tenho que fazer, na verdade, um ‘retrabalho’, com colocação de etiquetas e numeração de chassi, que é preciso fazer com plaquetas”, explicou o diretor de produtos. Após todo esse processo é que os caminhões importados são colocados no mercado.

Também no terreno, o grupo de investidores pretende instalar uma empresa de representação de máquinas de terraplanagem. “Eu queria colocar, lá, a PowerPlus do Brasil”. Na mesma região, ficaria a terceira empresa, a Comex, construtora, e uma quarta, uma transportadora. “O projeto inicial abrange, ao todo, seis empresas”, adiantou Comelli. Contudo, os planos devem ser revistos caso a Metro-Shacman não consiga sanar os problemas de documentação.

Pelo cronograma, o centro de distribuição da empresa já deveria estar sendo construído. “No momento, eu alterei o projeto, alugando alguns galpões e já montando, neles, a estrutura da qual precisamos”, revelou o diretor de produtos.

A medida é considerada preventiva, uma vez que a empresa não deve conseguir cumprir o cronograma. “Fiz isso para adiantar uma situação que poderia acontecer, mas queremos ter prédio próprio”, disse Comelli.

A empresa, segundo ele, dispõe de uma área de 50 mil metros quadrados, ao lado da Toyota, em Sorocaba. “Lá, queremos montar uma revenda e não um centro de distribuição, mas caso o projeto não vingue em Tatuí, poderemos rever a ocupação”, adiantou. “Já andei vendo alguma coisa, porque quem está nesse negócio sempre tem que ter um plano B”, falou o diretor executivo.

No momento, a Metro-Shacman iniciou a limpeza do terreno em Tatuí para dar início à construção. As obras, no entanto, dependem de autorização. O executivo espera ter uma definição (se fica ou não na cidade) no prazo de 40 dias. “Acho que nesse período vamos ter a coisa em andamento, ou termos uma definição. Não sou dono do negócio sozinho, sou acionista minoritário, mas eu continuo em Tatuí até quando puder”, comentou.

A empresa emprega, atualmente, 80 pessoas, mas pretende ampliar o número de colaboradores para 200. “A meta é que tenhamos todo o desenvolvimento do caminhão sendo feito em Tatuí. Daqui a pouco vamos começar a fazer os testes mecânicos”, adiantou.

Os primeiros caminhões importados pela empresa já chegaram ao Brasil. Eles estão no porto de Santos, aguardando liberação. A apresentação dos veículos será feita na 18a Fenatran – Salão Internacional do Transporte, que acontece no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. O primeiro lote, já disponível para venda, com 50 caminhões, deve chegar entre os meses de outubro e novembro.

Os planos da Metro-Shacman são de colocar, já a partir do ano que vem, mil caminhões em circulação no Brasil. A projeção de venda representa, conforme Comelli, 1% do mercado de caminhões pesados. No ano seguinte, em 2013, a meta é dobrar o número de vendas. “Quando chegarmos a 2.000 caminhões, queremos começar a montar partes deles em Tatuí”, adiantou. Após cinco anos, em 2017, a expectativa é de que a fabricação seja 90% feita em Tatuí. “Eu quero aqui. A cidade tem chances como todas as outras, mas eu preferia que fosse aqui”, afirmou o diretor de produto.

Além da revenda, a empresa oferecerá serviço de assistência técnica. “Começando as revendas, a manutenção será obrigatória”, destacou o executivo. Para isso, a empresa deverá instituir parceria com a Fatec e a Etec.

A intenção é capacitar os alunos dos cursos técnicos e tecnológicos, das duas instituições, a trabalhar com a marca. “Eu estou tentando trazer algum material para colocar à disposição deles para que possam, desde já, começar a se familiarizar com as nossas peças”, detalhou. O objetivo é, segundo Comelli, transformar a cidade em um “pólo de exportação”.

Para evitar que a empresa vá para outra cidade, o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo afirmou que já colocou à disposição da Metro-Shacman toda a equipe da Sema (Secretaria Municipal do Meio Ambiente). “A missão é dar suporte técnico legal no sentido de auxiliá-los na resolução da questão”, disse o prefeito. O problema da empresa estaria na área adquirida. “Quando eles nos procuraram, já haviam comprado o terreno. A Prefeitura não interveio, em momento algum. Se eles tivessem nos procurado antes, talvez tivéssemos adiantado algumas questões”, afirmou.

Gonzaga declarou ainda que acredita que a empresa, com a ajuda da Sema, possa resolver os problemas técnico-ambientais. “Todas as questões podem ser resolvidas, umas com mais facilidades, outras, com menos. Mas nada impede que eles façam uma compensação ambiental”, declarou.

O prefeito afirmou, também, que apoiará a Metro-Shacman até o “último minuto”. “Vamos lamentar profundamente se a perdermos. Evidentemente, vamos lamentar também por termos perdido um bom tempo com ela”, concluiu.

Transcrito do jornal O Progresso de Tatuí, edição 5537, de 24.07.2011

Assembleia programa veto à lei que ‘extinguiu’ Conservatório de Tatuí

Proposta prevê a exclusão de um item da lei 12.497, de 2006

Uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa em 2006 provocou a inexistência jurídica do Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” por um período que já se estende por quase cinco anos. Trata-se da lei 12.497, que extinguiu cerca de 13 mil itens antigos da legislação. Entre eles, estava a lei 997, de 1951, que deu origem à criação do Conservatório em Tatuí.

A situação, descoberta pela direção da escola no início deste ano, está prestes a ser solucionada por meio de outra propositura na Assembleia. O novo projeto prevê a retirada do inciso referente ao Conservatório da lei aprovada em 2006. Assim, a instituição voltaria a “existir” legalmente.

O autor do projeto que resultou na lei 12.497 é o então deputado estadual Candido Vaccarezza (PT). Na justificativa, ele classificou as leis a serem extintas como “ultrapassadas”, acrescentando que elas “não tinham mais efeito prático na realidade do cidadão ou não se adequavam à Constituição Federal promulgada em 1988”.

“Eu acho, sinceramente, que isso não aconteceu por má-fé, mas, se foi por descuido, o fato é gravíssimo também. houve uma falta de atenção ou um erro, o que é inaceitável”, afirmou Henrique Autran Dourado, diretor executivo da AACT (Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí), responsável pela gerência do CDMCC.

O diretor relata que constatou o fato enquanto pesquisava alguns documentos para conhecer melhor a história da entidade. Imediatamente, ele teria procurado o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, para consultá-lo sobre como deveria proceder. Gonzaga teria, então, telefonado ao deputado estadual Samuel Moreira (PSDB), na busca de solução para o problema.

Conforme Dourado, demorou um pouco para a equipe do deputado encontrar o mecanismo adequado que retrocedesse a lei 12.497. “Trata-se de uma questão política delicada”, comentou. O projeto apresentado por Moreira já passou pelas comissões da Assembleia e está à disposição dos demais deputados para análise. Ele precisa permanecer neste estado durante cinco sessões, para depois ser votado em primeiro e segundo turno.

Na prática, a inexistência da lei de criação durante cinco anos não teria causado nenhum tipo de efeito sobre as atividades do Conservatório. Isto porque, no período, a instituição já estava sendo gerida pela AACT. Trata-se de uma OS (organização social) instituída em 2006, alguns meses antes da lei 12.497 ser sancionada pelo governador do Estado.

“Depois da criação da AACT, todos os contratos do Conservatório, compras de instrumentos, importações, tudo foi feito via OS. Não fosse a associação, as consequências teriam sido muito piores para o Conservatório”, afirmou Dourado.

Entre as prováveis consequências negativas apontadas pelo diretor, está o risco de dissolução da entidade, sua “pulverização” entre outras cidades ou o corte profundo de verbas de eventual governo que não visse prioridade no ensino da música, artes cênicas e luteria. Contratos firmados no período também poderiam ser contestados na Justiça, assim como a validade de certificados, títulos e vistos emitidos pela instituição. Até mesmo os dirigentes poderiam ser penalizados.

Caso seja aprovada pelos deputados e sancionada pelo governador, a lei proposta por Moreira terá efeito retroativo sobre as consequências causadas desde que a lei que criou o CDMCC deixou de existir. “Se houvesse alguma implicação, que eu não estou percebendo neste momento, a nova lei valeria para anular tudo retroativamente desde 2006”, explicou Dourado.

Recentemente, o diretor encontrou-se com o governador Geraldo Alckmin e relatou a situação da entidade tatuiana. Durante a conversa, o governador teria se mostrado interessado em encontrar uma solução o mais rápido possível, garantindo que o assunto seria tratado com celeridade na agenda da Assembleia.

A perspectiva, segundo revelou Dourado, é de que Alckmin venha a Tatuí para sancionar a lei proposta por Moreira. “Eu acho que é algo merecido, e será equivalente a uma nova fundação do Conservatório”, completou. Existe a possibilidade de isso acontecer no dia 21 de agosto, quando ocorre um evento musical de cururu na cidade. O estilo musical seria um dos preferidos do governador.

Transcrito do jornal O Progresso de Tatuí, edição 5537, de 24.07.2011.

Noite cheia de Estrelas - Roberto Rosendo

sábado, 23 de julho de 2011

Grupo tatuiano é sucesso no Facebook

O grupo Olá Somos Tatuianos! - criado no Facebook pela professora Therezinha Phols, tatuiana que reside atualmente na Capital, já ultrapassou a casa de mil membros. O objetivo principal da comunidade virtual é curtir a cidade de Tatuí e a troca de informações. Não são tolerados apenas os temas que possam causar divisões, como a crítica política e religiosa. O grupo já está sendo considerado fenômeno dentro do Facebook pelo volume de participações.

4º Encontro Internacional de Cordas tem inscrições estendidas

Dia 27 de julho é o prazo final para os executantes e ouvintes participarem do evento

O Governo do Estado de São Paulo, por meio do Conservatório de Tatuí, estendeu as inscrições para o 4º Encontro Internacional de Cordas & XVII RICE – International Cello Encounter. As duas categorias, executantes e integrantes da Orquestra do RICE e ouvintes, poderão confirmar a participação até o dia 27 de julho.

O 4º Encontro Internacional de Cordas do Conservatório de Tatuí é coordenado pela professora Elen Ramos Pires. O RICE tem como diretor artístico David Chew e como coordenadora local Míriam Braga. Os eventos oferecem atividades nos instrumentos de violino, viola, violoncelo, contrabaixo e também prática de conjunto.

Os ouvintes terão direito de assistir a todas as atividades promovidas em ambos os eventos. O inscrito como executante terá currículo avaliado pela comissão organizadora e, se selecionado, atuará nas masterclasses com peça de livre escolha. Já o integrante da Orquestra do RICE terá material de áudio avaliado pela comissão organizadora e, se selecionado, integrará o grupo cujos ensaios ocorrerão nos dias 1º e 2 de agosto.
Na categoria de executante, serão selecionados cinco de cada instrumento - violino, viola, violoncelo e contrabaixo. Já na categoria integrante da Orquestra do RICE, serão selecionados tantos quantos candidatos possíveis, de acordo com a qualidade técnica demonstrada na gravação a ser avaliada.
O 4º Encontro de Cordas & XVII RICE também integra a série de atividades pedagógicas e artísticas do Conservatório de Tatuí, uma instituição vinculada à Secretaria de Estado da Cultura. São, ao todo, dez encontros internacionais realizados de forma bienal que oferecem a instrumentistas a oportunidade de frequentarem aulas com profissionais destacados internacionalmente. Além disso, contam com apresentações exclusivas.
Programação
A programação do evento está disponível no site www.conservatoriodetatui.org.br/ecordas. Entre os professores que irão ministrar masterclasses e workshops estão os consagrados músicos Haroutune Bedelian, Emerson de Biaggi, David Chew, Marco Delestre, Cármelo de Los Santos, Elisa Fukuda, Lorna Grifitt, Lars Hoefs e Gerald Robins.
Além das atividades pedagógicas a programação contempla diversos recitais e concertos. A abertura do evento, no dia 3 de agosto, será da Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí, com o violinista Haroutune Bedelian. No dia 4 de agosto, haverá recital de baixo e piano, às 17h30, no Salão Villa-Lobos. Às 19h, no proscênio do Teatro Procópio Ferreira, o violinista Carmelo de Los Santos apresenta o recital ”24 Caprichos, Paganini”. E, às 20h30 do mesmo dia, a Orquestra do RICE fará o “Concerto Especial de Aniversários”, que celebra datas importantes de compositores como Anton Arensky, Gustav Mahler e Percy Grainger. Os regentes serão Russel Guyver e David Chew.
No dia 5 de agosto, às 17h30, o Encontro de Cordas promove um recital com Lars Hoefs no violoncelo e Miriam Braga no piano, também no Teatro Procópio Ferreira, com entrada franca. No mesmo dia, às 20h30, é a vez de o quarteto Camargo Guarnieri, sob coordenação de Elisa Fukuda, apresentar-se no teatro.
A programação do dia seguinte também está agendada no Procópio Ferreira, a começar às 10h com recital dos grupos de câmara e alunos solistas. Às 15h, Emerson di Biaggi assumirá o palco para recital de viola e piano. A Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí encerra o dia às 20h30, com João Maurício Galindo na regência e o violoncelista Kim Bak Dinitzen.
RICE
O Conservatório de Tatuí é a única instituição fora do Rio de Janeiro a receber atividades do RICE - Rio International Cello Encounter, que acontece há 17 anos. De bolsistas selecionados na cidade de Tatuí enviados à Capital, o evento passou a promover masterclasses em Tatuí e, há quatro anos, também realiza apresentações locais.
O RICE tem organização do inglês David Chew, que idealizou o primeiro encontro de violoncelos gratuito do mundo em 1994, ano em que ele teve conhecimento da história vivida por seu colega de instrumento Vedran Smailovic. Integrante da Orquestra da Ópera de Sarajevo, ele testemunhou a morte de 22 pessoas vítimas de uma explosão durante a guerra na Bósnia e decidiu usar sua música em prol da paz, tocando nas ruas de Sarajevo, durante 22 dias seguidos, em homenagem aos mortos.
Com o objetivo de promover a integração social no Rio de Janeiro usando a música e o violoncelo como principal instrumento, Chew localizou Smailovic e fez o convite para que viesse se apresentar no Brasil. Aos dois juntaram-se mais alguns colegas de orquestras estrangeiras e, então, foi criada a primeira edição do RICE, uma homenagem de Chew ao maestro carioca Heitor Villa-Lobos, que escreveu para o violoncelo algumas de suas melhores composições e cuja obra atraiu o violoncelista inglês para o Brasil, em 1981.
Embora tenha sido criado inicialmente como um encontro de violoncelistas de todo o mundo, o evento recebe hoje virtuoses em outros instrumentos como piano, violino, flauta, saxofone e violão. Desde sua primeira edição, em 1994, o encontro já realizou mais de 500 concertos e 300 horas de masterclasses, reunindo cerca de 1000 músicos, 500 estudantes e jovens músicos e um público estimado em mais de 200 mil pessoas.
SERVIÇO
4º Encontro Internacional de Cordas
RICE – Rio International Cello Encounter – Tatuí
3 a 7 de Agosto
Inscrições até 27 de julho
Taxa de Inscrição: R$ 20
www.conservatoriodetatui.org.br/ecordas
Informações: 15 3205-8444

Carro do Google Street View coleta imagens da cidade para publicação

Fotografias serão utilizadas em portal que permite simular trânsito real


Do jornal O Progresso de Tatuí, edição 5.537, de 24.07.2011


Em breve, qualquer pessoa do mundo poderá “transitar” pelas ruas de Tatuí utilizando apenas algum dispositivo conectado à internet, como um computador ou celular. O recurso do “Google Street View”, do maior portal de buscas on-line do mundo, começou a ser implantado na cidade. Durante esta semana, o carro da companhia pôde ser visto circulando pelas ruas e capturando as imagens que serão disponibilizadas na rede.

O “Street View” (“visão da rua”, em inglês) disponibiliza imagens panorâmicas em 360 graus na direção horizontal e 290 graus na vertical. O recurso é uma evolução do sistema “Google Maps” e ‘Google Earth”, que oferece imagens aéreas e mapas de determinadas regiões. No entanto, na versão panorâmica, o usuário simula a presença no solo, permitindo uma experiência visual muito próxima à realidade.

O lançamento aconteceu em agosto de 2007, com imagens de cinco cidades norte-americanas. A novidade chegou ao Brasil em dezembro de 2010, incluindo 51 cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A companhia sustenta o “Street View” como um projeto mundial, e possui o objetivo de estender o serviço para o máximo de cidades possível.

Para estruturar o cenário virtual das ruas, são utilizados carros equipados com um conjunto interligado de 15 câmeras fotográficas de alta definição. O carro circula por todas as ruas pavimentadas que estejam incluídas no sistema “Google Maps”. A cada dez metros percorridos a máquina realiza uma captura automática de imagens, em todas as direções.

Concluída a captura das imagens, o arquivo é enviado para um estúdio especializado nos Estados Unidos. Lá, as fotografias recebem tratamento e são organizadas de modo a formar os cenários virtuais das ruas. Somente depois disso o conteúdo é lançado no sistema para ser acessado livremente pelos usuários.

Para o caso de Tatuí, ainda não há uma previsão de quando as imagens estarão disponíveis no sistema. O tempo necessário para coletar as imagens na cidade é de aproximadamente dez dias. Mas este número pode variar de acordo com as condições climáticas, que precisam ser favoráveis para fotografar em alta resolução.

O tratamento das imagens não acontece imediatamente depois do término do processo de captura. A assessoria de imprensa do Google explica que as imagens costumam ser remetidas aos Estados Unidos em grandes quantidades. Para dar um exemplo, as imagens recolhidas nas primeiras 51 cidades brasileiras (regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte), foram encaminhadas todas de uma vez.

Durante o tratamento no estúdio, os profissionais também procuram observar e corrigir detalhes que possam causar problemas. Desde que foi lançado, o “Street View” já resultou numa vasta série de processos judiciais para a companhia. Muitas pessoas fotografadas alegam que se sentiram constrangidas ou com a privacidade violada devido à maneira como aparecem nas imagens.

Há exemplos de pessoas que aparecem em situações de visível embriaguez, pais agredindo os filhos, homens acompanhados de garotas de programa, entre outros. A companhia se defende com a alegação de que fotografa apenas em locais públicos.

Para evitar problemas, de acordo com a assessoria de imprensa, o sistema que captura as imagens possui um recurso automático para identificar e borrar rostos de pessoas e placas de carros. Para eventuais falhas do filtro, a equipe norte-americana revisa todo o acervo “manualmente”. Além disto, depois que as imagens vão ao ar, o usuário possui a opção de denunciar abusos. Mas, para isso, precisa comprovar que realmente é a pessoa da fotografia.

Se algumas pessoas se sentem prejudicadas por aparecer, por outro lado, o “Street View” também pode ser útil ao desenvolvimento local. Esta é uma das justificativas apresentadas pela companhia. O comércio e o turismo seriam os setores mais beneficiados com a divulgação gratuita.

Monumento do Terceiro Milênio está assim

Foto: Rubens Oficial

Há tempo que o Monumento do Terceiro Milênio está assim, só a base. Não temos notícia do que será feito ou do que não será. Tratava-se de um belo monumento, um arco metálico. Próximo do local, há a Cruz das Missões. Esta cruz foi danificada por um caminhão e restaurada de imediato.

Equipe Troller Racing/Território Motorsport de Tatuí divulga as duplas para o Rally dos Sertões

Ricardo Domingues/Vinícius Castro e Ulysses Marinzeck Filho/Adilson Passarim serão os competidores que defenderão a equipe a partir de 9/8 em Goiânia (GO)

O piloto Ricardo Domingues de Tatuí e o navegador Vinícius Castro mais o piloto Ulysses Marinzeck Filho e o navegador Adilson Passarim formam as duas duplas da Equipe Troller Racing/Território Motorsport no Rally dos Sertões 2011, que promete ser uma das edições mais difíceis dos 19 anos de história da prova.

A bordo do Troller T4, os competidores defenderão a equipe oficial da Troller pela categoria Production e selam também um marco do retorno, após 10 anos, da montadora ao grid do rali, que acontece de 9 a 19 de agosto, com largada em Goiânia (GO) e chegada em Fortaleza (CE).

Os quatro competidores têm trajetórias diferentes no Cross Country, mas em comum a paixão por aventura, velocidade e principalmente pelo desafio que o off-road proporciona, numa prova como esta, considerada a maior do País e o segundo maior rali do mundo (atrás somente do Rally Dakar).

No primeiro carro está Ricardo Domingues, que parte para sua sexta participação e retorna à prova após três anos. O piloto que reside na cidade está desde 2002 no Cross Country e estreia na categoria Carros, pois sempre competiu pelos Caminhões, tendo conquistado vários vitórias, como o título de Campeão Brasileiro de Rally Cross Country, pela categoria. Ao seu lado o baiano Vinícius Castro, que já foi Campeão no Rally dos Sertões pela categoria Production em 2008.

"Este Sertões será muito difícil e exigirá ainda mais do equipamento, mas podemos contar com o Troller que é um carro resistente e desenvolvido para todos os tipos de terreno. Estamos confiantes para esta disputa e acredito que vá ser muito interessante a minha estreia na categoria Carros", diz Domingues, irmão do também piloto Edu Piano, morador de Tatuí.

Enquanto Castro completa: "O desafio de correr pela equipe oficial é grande e requer muita dedicação. Mas vou dar o melhor para ajudar a equipe. Consigo me adaptar rápido ao estilo do piloto, por isto sabendo da capacidade do Ricardo, acho que vamos nos dar muito bem".

Se a parceria de Domingues/Castro terá início neste Sertões, a dupla mineira Ulysses Marinzeck Filho/Adilson Passarim já teve oportunidade de correr por sete anos, sendo que são amigos de longa data, há 30 anos. Ambos estão animados também com o novo desafio de defender uma nova equipe e em nova categoria.

Marinzeck que é o atual Campeão do Rally dos Sertões na categoria Caminhões Pesados parte para a 11a participação e está com grande expectativa para integrar a equipe. "A Território Motorsport já demonstrou ser um time dedicado para conquista de vitórias e o Troller já mostrou ser um carro resistente e está sendo muito bem preparado pela equipe, assim, pretendemos fazer um grande trabalho, na disputada categoria Production", ressalta o piloto.

Apesar dos 23 anos de off-road será a primeira vez que o navegador disputará a prova e está muito animado com as novidades. "Sei das dificuldades que o Sertões apresenta, por isto, precisamos ter estratégia, cabeça e um carro forte. A impressão que tivemos do Troller foi muito positiva, a suspensão, por exemplo, é ótima. Nossa intenção é completar os 10 dias e trazer bons resultados", conta Passarim.

Numa prova longa e com os mais variados tipos de terreno e relevo como o Rally dos Sertões, os carros serão exigidos ao extremo, por esta razão, a preparação da equipe sediada em Tatuí, Troller Racing/Território Motorsport, irá deixar os equipamentos ainda mais resistentes e potentes para encarar o percurso de 4.026 quilômetros.

A Equipe Troller Racing/Território Motorsport tem patrocínio da Troller, Motorcraft e apoio da Truckvan e Amortecedores OffShox.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Estado repassará R$ 555 mil para Tatuí reformar 4 pontes sobre o Manduca


O governador Geraldo Alckmin, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), assinou ontem, terça-feira, dia 19, convênios com as prefeituras de Tatuí e Itaporanga, na região de Sorocaba, e de Bilac, na região de Araçatuba. Em Tatuí serão investidos aproximadamente R$ 555 mil (R$ 445 mil do Estado e R$ 110 mil do município) na construção de quatro pontes sobre o Ribeirão do Manduca, nas ruas: Deodoro da Fonseca/Emílio Hadad, Santo Antônio/Gertrudes da Conceição, Tamandaré/Nilzo Vanni e 7 de Abril/Virgínio Montezzo Filho.

O prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo esteve presente no Palácio dos Bandeirantes e assinou os convênios com a presença do deputado estadual Samuel Moreira (PSDB), que intercedeu pela liberação dos recursos. De acordo com o prefeito Gonzaga, a expectativa é de que as obras possam ser concluídas até o final deste ano, antes das chuvas de janeiro e fevereiro do ano que vem. A revitalização deve diminuir os alagamentos pontuais provocados pelas chuvas. Isso porque as atuais pontes, conforme a Defesa Civil local, impedem a vazão da água quando há uma grande precipitação.“São quatro pontes, que, realmente, pela sua concepção, são muito acanhadas. Elas represam as águas em épocas de grande chuva”, relatou o prefeito.

Prefeitura discute expansão urbana e regularização de imóveis na região dos Mirandas


No dia 16 de julho, sábado, a Prefeitura de Tatuí, através da Secretaria de Governo e Negócios Jurídicos, realizou uma audiência pública para regularização de imóveis para atender a região dos bairros Mirandas, Oliveiras (Santuário), Souzas, Guaxingu e Congonhal. Mais de 150 pessoas estavam presentes. A audiência aconteceu nas dependências do Cepem Profª Cacilda Sá de Oliveira, no bairro dos Mirandas. Na audiência procurou-se explicar as vantagens desta região passar a integrar a área urbana do município, principalmente no tocante à regularização dos imóveis. Entre os presentes, estavam: o prefeito Gonzaga Vieira de Camargo, o gerente da Sabesp Amadeu Graciano Zanolli e o secretário Aniz Eduardo Boneder Amadei (Governo e Negócios Jurídicos).

Eduardo Amadei explicou aos presentes os conceitos de Zona Urbana, Zona Rural e Zona Industrial. Logo após, falou sobre imóveis rurais e o que a legislação permite e não permite para estes imóveis. Em seguida, o secretário discorreu sobre urbanização, que é um processo de afastamento das características rurais de uma localidade ou região, para características urbanas. Amadei também explicou sobre o Programa Cidade Legal (regularização fundiária) e o Programa Minha Casa Minha Vida (casas populares). Dúvidas da população foram esclarecidas. “A audiência foi importante para explicar à população que a regularização dos imóveis pode garantir a todos uma situação jurídica mais confortável. Esta região da cidade já enfrenta problemas urbanos. As demandas apresentadas pelos moradores são praticamente as mesmas dos grandes bairros urbanos em questões como segurança, saúde, educação e infra-estrutura”, disse o secretário. Segundo Amadei, os passos seguintes serão: o levantamento topográfico das áreas e o cadastramento das famílias possuidoras dos imóveis. “É importante destacar que o processo formal de urbanização desses bairros não tem como a implicação o desvirtuamento da destinação dos imóveis cuja atividade preponderante é rural (agricultura ou pecuária), isto é, o desafio a ser enfrentado decorre da certeza de que, considerando que se trata de situações irreversíveis e já consolidadas, é possível se adequar a coexistência de imóveis rurais e urbanos numa mesma região, desde que dentro de um padrão de regularidade jurídica e principalmente de sustentabilidade urbanística e ambiental”, destacou o secretário Eduardo Amadei.

Programa Via Rápida Emprego disponibiliza 90 vagas para Tatuí

O governador Geraldo Alckmin lançou no dia 14 de julho, na Capital, o Via Rápida Emprego. O programa oferece cursos rápidos gratuitos e auxílio financeiro para promover a qualificação profissional, de acordo com as demandas regionais."Um programa inclusivo. Não tem vestibular. Quem estiver desempregado, sem receber seguro-desemprego ou benefício previdenciário, recebe uma bolsa de R$ 210 durante o curso. Se durar um mês, é uma bolsa, se durar dois meses, duas bolsas. Serão cursos rápidos, que a pessoa faz em 80, 120 e 200 horas. Nós também vamos pagar R$ 120 pra pessoa poder ter acesso ao transporte”, afirmou o governador.

As turmas iniciais estão previstas para agosto. Os cursos têm duração de 30 a 90 dias e serão realizados de segunda a sábado, de manhã ou à tarde, nas Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado, além de outros estabelecimentos conveniados. As inscrições podem ser realizadas somente pelo site www.viarapida.sp.gov.br. Os documentos necessários são RG e CPF. A seleção dos alunos será feita pela Secretaria, de acordo com os critérios como idade, baixa escolaridade e renda familiar, além de priorizar quem estiver desempregado ou for arrimo de família. Os selecionados serão informados por carta oficial.

O Acessa São Paulo, programa da Secretaria de Gestão Pública do Estado de SP, conta com profissionais capacitados a oferecer instruções para o preenchimento do cadastro. Em Tatuí, existem dois pontos do Acessa SP. Um deles funciona no Poupatempo, que fica na Avenida  Firmo Vieira de Camargo, nº 135. O outro fica na Biblioteca Municipal Brigadeiro Jordão, na Praça Martinho Guedes.

Em Tatuí são 90 vagas
O Programa Via Rápida Emprego disponibilizou em Tatuí inicialmente 90 vagas em três cursos:

1. Eletricista instalador - 30 vagas, escolaridade mínima: ensino fundamental completo; Capacita o profissional para executar instalações elétricas residenciais em domicílios ou prédios de pequeno porte, na condição de empregado, trabalhador autônomo ou empreendedor da microempresa.

2. Garçom - 30 vagas: escolaridade mínima ensino fundamental completo. O curso capacita o profissional para atender os clientes, recepcionando-os e servindo refeições e bebidas em restaurantes, bares, clubes, cantinas, hotéis, eventos e hospitais; ensina a montar e desmontar praças, carrinhos, mesas, balcões e bares.

3. Panificação Industrial - 30 vagas, escolaridade mínima alfabetizado. Capacita o profissional para atuar, como empregado, em panificadoras ou docerias ou para montar e gerir o próprio negócio.

Duplicação da SP 141 deve estar concluída no mês de novembro, prevê DER

Foto: Fábio Cabrera / Dilvulgação / Prefeitura de Tatuí

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) está acompanhando as obras de duplicação da SP 141 (Rodovia Senador Laurindo Dias Minhoto), em seu trecho urbano, entre os quilômetros 21,90 e 27,30, com extensão total de 5,4 quilômetros, no município de Tatuí. A expectativa, segundo revelou o superintendente do DER de Itapetininga, Alfredo Moreira de Souza Neto, é que as obras neste trecho sejam concluídas no mês de novembro de 2011.

O investimento do Governo do Estado na obra, através da Secretaria de Transportes e Logística, é de R$ 31,2 milhões.O superintendente do DER esteve no gabinete do prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo na sexta-feira, dia 15, para um balanço das obras na SP 141.O trecho de Tatuí é executado pela Construtora Madri. Além da duplicação, estão sendo construídas avenidas marginais e está sendo duplicada a ponte sobre o Rio Tatuí. A rodovia é a principal ligação da área urbana de Tatuí com os condomínios Colina das Estrelas e São Marcos, e com os bairros Guaxingu, Oliveiras, Mirandas, Souzas, Quadrinha e Congonhal, além de ser acesso às estradas que levam a Iperó, Capela do Alto e Sorocaba (Rodovia Raposo Tavares).

Um outro trecho está sendo executado na SP 141, que prevê a duplicação da rodovia em três quilômetros, na área urbana de Capela do Alto, além do recapeamento e construção de terceiras faixas. No total (os dois trechos), estão sendo investidos R$ 74 milhões em 27 quilômetros da rodovia. “É uma das maiores obras viárias que estará sendo realizada na região sudoeste paulista. Irá beneficiar mais de 130 mil pessoas, moradores de Tatuí e Capela do Alto. Irá impulsionar ainda mais o desenvolvimento desta região e servirá para unir dois dos maiores pólos industriais regionais: Tatuí e Sorocaba”, destacou o prefeito Gonzaga.

Começa a fase semifinal da Taça Cidade Ternura


A 7ª Taça Cidade Ternura de Futebol para Menores chega à sua fase semifinal e os jogos decisivos acontecem a partir deste sábado, dia 23, no Estádio Dr. Gualter Nunes, da Associação Atlética XI de Agosto. Serão três jogos, a partir das 8h30. Jogam: Clube de Campo x Novos Talentos (Sub 12), Associação Santa Rita x XI de Agosto (Sub 14) e XI de Agosto A x XI de Agosto B (Sub 16). A entrada é franca ao público.

No dia 30 de julho, a partir das 8h30, no Estádio do Santa Rita, ainda pelas semifinais, jogam: Associação Santa x XI de Agosto A (Sub 12), Bom de Bola 10 na Escola x XI de Agosto B (Sub 14) e Associação Santa Rita x Santa Cruz FC (Sub 16).

Resultados - No sábado, dia 16 de julho, no Estádio do Sindicato dos Metalúrgicos, aconteceram três jogos: Associação Santa Rita 1 x 0 Arjalita (Sub 12), Bom de Bola 10 na Escola 2 x 1 Clube de Campo (Sub 14) e Bom de Bola 10 na Escola 0 x 2 Santa Cruz (Sub 16). O torneio é organizado pela Prefeitura de Tatuí, através da Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte, Lazer e Juventude.

CDHU entrega 172 casas populares na sexta-feira


A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e a Prefeitura de Tatuí, através da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico e Habitacional, realizam na sexta-feira, dia 29, às 14h, a entrega de 172 casas populares, construídas o sistema de mutirão, no Bairro Tanquinho, ao lado do Jardim Santa Rita de Cássia.

Serão contemplados os mutuários dos grupos 3, 4 e 5. A cerimônia de entrega será realizada na Rua Teófilo Andrade Gama esquina com a Rua Miguel Teles. O secretário estadual da habitação Sílvio Torres deverá estar presente e deve entregar as chaves aos mutuários ao lado do prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo. As casas que serão entregues têm três dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área construída de 55,87m². As moradias foram construídas conforme o novo padrão da CDHU. O pé-direito foi ampliado de 2,4 para 2,6 metros, as áreas molhadas já vêm com azulejos, todos os cômodos têm piso cerâmico e laje e muro divisório entre os lotes. Os beneficiados terão prazo de até 25 anos para quitar o financiamento. As prestações serão subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar. Quem ganha até três salários vai desembolsar 15% dos rendimentos. Em Tatuí, todas as famílias que receberão as chaves dos imóveis estão nessa faixa. O valor da menor prestação é de R$ 76,50.A CDHU repassou os recursos - R$ 12,6 milhões - e supervisionou todas as etapas dos trabalhos. A Prefeitura de Tatuí doou o terreno e administrou as obras, que foram executadas pelos futuros moradores, selecionados por meio de sorteio público.

Em dezembro de 2010, foram entregues 128 casas populares deste mesmo empreendimento (mutuários dos grupos 1 e 2), que soma 300 unidades habitacionais.

Prefeitura de Tatuí e CDHU sorteiam 432 casas populares no dia 29 de julho


A Secretaria de Estado da Habitação, através da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e a Prefeitura de Tatuí, realizam na sexta-feira, dia 29, a partir das 10h, o sorteio entre os inscritos das 432 casas populares, em fase final de construção no Bairro Tanquinho. As casas foram construídas no sistema de empreitada global. O sorteio público irá acontecer a partir das 10h, na Concha Acústica Municipal. Devem estar presentes o prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo e o secretário estadual Sílvio Torres (Habitação).

A CDHU está investindo R$ 26,8 milhões no empreendimento que está sendo construído na Rua Teófilo de Andrade Gama, Tanquinho. As casas terão três dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, com 52,67 m2 de área construída. O prazo de financiamento dos imóveis é de até 300 meses. As prestações são subsidiadas pelo Governo do Estado, sendo calculadas de acordo com a renda de cada família. Assim, as que ganham entre um e três salários mínimos pagarão o equivalente a 15% dos rendimentos. Já a Prefeitura de Tatuí ficou responsável pela doação da área e pelos serviços de infra-estrutura (água e esgoto).Os imóveis serão sorteados entre a população que ganha de um a dez salários mínimos, com prioridade para rendimentos até três salários.

Agendamento das inscrições - Nos dias 18 e 19 de julho aconteceram os agendamentos das inscrições, no Ginásio Municipal de Esportes Araão Donizete de Araújo Guerra, ao lado do Nebam Ayrton Senna. Aproximadamente 9.100 pessoas foram inscritas. De 20 a 22 de julho, acontece no mesmo local a fase de inscrição (uma por família). Só podem se inscrever quem realizou o agendamento e quem apresentar toda a documentação exigida pela CDHU. Do total de unidades, 7% serão reservadas para pessoas com deficiência, 5% para idosos (candidato deve ter 60 anos ou mais), 4% para policiais e agentes penitenciários lotados no município.

Tatuí conquista 20 medalhas nos Jogos Regionais em Itapetininga

Foto: Divulgação / Prefeitura de Tatuí
Atletas Antonio Carlos Lablak e Rafaele L. Breves, medalhas de ouro na Capoeira

Após 10 dias de competições, a 55ª edição dos Jogos Regionais foi encerrada no sábado, dia 16, no Ginásio Municipal de Esportes Ayrton Senna, em Itapetininga.

Tatuí encerrou a competição com 20 medalhas, sendo 12 de ouro, 4 de prata e 4 de bronze. O município encerrou sua participação na 7ª posição, da 2ª Divisão, com 112,5 pontos.O município de Tatuí participou em 21 modalidades e competiu diretamente com 51 cidades. A delegação tatuiana foi composta por 185 atletas

As medalhas de ouro foram conquistas nas seguintes modalidades: três no Atletismo PCD Masculino (atleta Paulo Jorge F. Freitas), três no Atletismo PCD Feminino (atleta Maria de Lourdes Silva, a “Malu”), Capoeira Masculino (atleta Antonio Carlos Lablak), Capoeira Feminina (atleta Rafaele L. Breves), Natação PCD (atleta Maria de Lourdes Silva, a “Malu”), Vôlei Masculino Sub 21, Vôlei Feminino Sub 21 e Vôlei de Praia Sub 21.

As medalhas de prata foram conquistas nas seguintes modalidades: Basquete Masculino Sub 21 (que disputou a 1ª Divisão), Tênis de Mesa Masculino Livre e Natação PCD Feminino (atleta Maria de Lourdes Silva, a “Malu”).

As medalhas de bronze foram conquistas nas seguintes modalidades: Atletismo PCD Masculino, Futsal Masculino Sub 21, Futsal Feminino Sub 21 e Xadrez Livre.