Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sábado, 14 de abril de 2018

panc do dia / Hovênia

Por Rubens Oficial

Foto: Rubens Oficial

Quando era criança, tínhamos nos fundos de nosso quintal uma árvore que dava um fruto entre seco e suculento que chamávamos de uva seca. Crianças  adentravam o terreno aberto que fazia fundos com o nosso e atiravam pedras na árvore para tentar derrubar alguns cachos da delícia. Foi quando meu pai resolveu acabar com as pedradas, cortando o pé. Foi triste para mim, que usufruía da árvore também para me empoleirar. Demorou muito tempo para encontrar outra planta igual. Esta da foto apanhei num sítio no Bairro do Turvo, em Tatuí. Trouxe alguns ramos para casa com o fim de fotografar antes de degustar os frutos. A proprietária da árvore chama a fruta de uva da china. Na revista Saúde, vi que o nome dela é Hovênia dulcis e que está sendo pesquisada para a produção de um fármaco para tratamento de dependentes de bebidas alcoólicas.

Vejam o que mais encontrei sobre ela: é conhecida popularmente como pé-de-galinha, tripa-de-galinha, uva-do-Japão, uva-da-china, passas-do-Japão (USA), macaquinho, pau doce, bananinha-do-Japão e cajueiro japonês. É nativa do Japão, da China e da (s) Coreia (s).

O fruto pode ser consumido in natura, em suco (recomenda-se acrescentar algumas gotinhas de limão) ou em geleia. Já utilizei nas duas primeiras formas. As folhas podem ser aproveitadas em infusão (chás). As mais novas (brotos) podem ser comidas em saladas. Eu comi

Segundo publicações no YouTube, os frutos previnem ressaca, protegendo o corpo do álcool; tem quercitina, é anti-inflamatório, baixa febre e é antiespasmódico; elimina gordura do fígado; protege os rins; é antiasmática, antialérgica, antidiabética e antioxidante. Os brotos inibem células cancerosas.

Embora tenha encontrado todas essas recomendações fitoterápicas populares, de pesquisa científica, encontrei apenas a dos efeitos sobre o vício do álcool. Uma coisa me parece certa: não tem toxidade, isto é, seu uso é seguro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário