Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

domingo, 22 de abril de 2018

Daniel Caputo vence as duas principais categorias da segunda edição do Velocross de Itapetininga


Largada VX Gold

O segundo Velocross de Itapetininga (SP) superou as expectativas dos organizadores que já deixaram certa uma nova edição para o ano que vem. A prova de 2018, realizada no dia 15 no recinto da Expoagro, reuniu um público estimado em seis mil pessoas. Muitos pilotos da região prestigiaram o evento que teve a organização do Vitória Moto Clube com apoio da AMORI (Associação dos Motociclistas Off Road de Itapetininga).

O piloto Daniel Caputo, de Tatuí, foi o maior destaque na pista ao vencer as duas principais baterias do dia: da VX Pro e da VX Gold. A primeira vitória veio depois de muita disputa com Rodrigo Guimarães, na categoria VX Pro. O piloto de Registro deu muito trabalho na primeira metade da prova, liderando a corrida algumas vezes. Quando Caputo, andando mais forte, conseguiu se estabelecer na ponta, passou a abrir caminho e terminou com uma boa vantagem. Vitor Paiotti se firmou na terceira posição e também imprimiu um bom ritmo de prova, o que fez com que não tivesse nenhum incômodo durante o percurso. Pedro Delaroli ultrapassou Silvio Luis e ficou com a quarta colocação.

Daniel Caputo

Já na VX Gold, Caputo se impôs desde o começo da prova e não deu chances para Guimarães que novamente ficou com o segundo posto. Na verdade todas as primeiras colocações se estabeleceram rapidamente nesta bateria. O veterano Heriko Gonçalves andou no terceiro lugar tendo por perto já no final da prova Sérgio Caputo. Rodrigo Araújo teve que lutar um pouco mais para ficar com o quinto lugar.

Rodrigo Guimarães

Na categoria 2 Tempos, Pedro Delaroli andou muito forte e venceu a bateria sem dificuldades, com enorme vantagem em relação aos demais. Thiago Silva ficou com o segundo lugar e Silvano Silva com o terceiro. Andando junto, a VX5 teve como vencedor Sandro Oliveira com uma boa vantagem em relação ao segundo colocado Roberto Sassaki. Luiz Fernando e Alexandre B. completaram o pódio. 

Tales Calazans

Os pilotos locais dominaram a prova da VX3. O primeiro líder foi Sérgio Caputo que largou na frente, mas já pressionado por Vitor Paiotti e pelo conterrâneo Tales Calazans. Paiotti chegou a ocupar a liderança, mas não chegou a durar duas voltas na posição. Calazans pulou do terceiro lugara para a frente e aguentou bem as investidas de Paiotti que em seguida acabou caindo e deixou a vitória mais fácil para o rival. A partir daí Calazans só precisou manter a concentração evitando erros. Paiotti se refez do tombo e terminou em segundo. Em ótima corrida de recuperação, Pedro Delaroli saiu das últimas posições para terminar em terceiro. Rodrigo Araújo desde o começo da prova ocupou a quarta colocação. Sérgio Caputo perdeu rendimento e ficou com o quinto lugar. 

Heriko Gonçalves

Uma prova muito disputada, a VX4 começou com Sérgio Caputo e Tales Calazans brigando pela ponta. Mas quem surpreendeu logo de início foi Heriko Gonçalves que saiu da quarta colocação para assumir o comando da corrida aproveitando um vacilo de Calazans quando ultrapassava retardatários. Com o caminho livre e negociando melhor com a turma de trás, Heriko conseguiu a vitória. Calazans ficou em segundo. Edson "Tatu" Costa manteve um bom ritmo e garantiu a terceira posição. Júlio "Solinha" César começou a prova numa boa disputa com o pelotão intermediário que resultou na quarta colocação. Sérgio Caputo mais uma vez obteve o quinto lugar.

Luiz Henrique Ben 10

Luiz Henrique Sarti, o "Ben 10", andou forte e, correndo em casa, garantiu a vitória em duas categorias. Na VXN2, ele aproveitou bem a única oportunidade que teve para pular na ponta deixando Murilo Pires, que havia feito o holeshot, na segunda posição. Fábio Barros largou na vice-liderança, mas perdeu posições e acabou em quinto. Alexandre Guina largou no pelotão da frente a aproveitou bem o bom ritmo para ficar com a terceira posição. Boa recuperação para Caio Carvalho que saiu de trás para terminar na quarta colocação.

Ricardo Nunes

A outra bateria que Ben 10 venceu foi a VX Trilheiros. Largando na ponta, ele aproveitou um escorregão de Eleandro "Kanela" para se isolar na frente. Kanela ainda terminou a prova na quarta colocação. Aproveitando a brecha, Carlos Nego assumiu o segundo lugar e tentou de tudo para se aproximar do ponteiro, porém, teve que se contentar com o segundo degrau do pódio. Andrew Jensen se firmou no terceiro lugar no começo da prova e manteve a posição até o final. Marcelo Renato completou o grupo dos cinco mais rápidos da bateria.

Vitor Paiotti

Outro piloto local que venceu foi Ricardo Nunes. Largando na ponta da VXN1, Ricardo administrou o ritmo e foi abrindo vantagem em relação aos demais pilotos. Neto Ortega começou no segundo posto e, após uma imensa disputa, perdeu a posição para Marcos Antonio. A briga fez com que os dois abrissem uma pequena, mas confortável vantagem em relação ao quarto colocado Alexandre Silva. Com boa tocada, Frederico Oliveira se firmou na quinta colocação na metade da prova.

Sandro Oliveira

Apesar do ótimo desempenho dos pilotos locais, na VXN Gold, principal categoria para motos nacionais, foi vencida por Vitor Paiotti, piloto de Pilar do Sul. No começo da prova a lideranç foi de Ben 10, mas o piloto local não suportou o ritmo e terminou na quinta colocação. Já nas primeiras voltas, Paiotti assumiu a frente do pelotão e determinou o ritmo. Os cinco primeiros colocados andaram na mesma tocada e a diferença entre eles foi pequena. Após algumas trocas de posição. Ricardo Nunes finalmente se estabeleceu no segundo posto seguido por Fábio Nunes e Marco Antonio.

Pedro Delaroli

O 2º Velocross de Itapetininga foi válido pela final do Campeonato Vitória Moto Clube de Velocross e a classificação final pode ser conferida no site oficial. Supervisionada pela FMESP (Federação de Motociclismo do Estado de São Paulo), a prova contou com apoio da Prefeitura Municipal de Itapetininga e K21 Graphics.


O próximo evento do Vitoria Moto Clube será realizado no primeiro final de semana de maio: a terceira etapa do Campeonato Paulista de Motocross MX1-MX2 na cidade de Cesário Lange.


Resultados


VXN2
110Luiz Henrique "Bem 10"
246Murilo Pires
3282Alexandre Guina
426Caio Carvalho
575Fabio Barros
627Miguel Carvalho
7786Paulo Oliveira
870Matheus Goes
990Jorge Spizza
1032Luiz Fernando
VXN1
125Ricardo Nunes
289Marcos Antonio
338Neto Ortega
4794Alexandre Silva
5999Frederico Oliveira
6177Carlos Nego
7891Ademar Mariozi
894Mateus Goes
911Caique Oliveira
10414Juliano Elias
VXN GOLD
1414Vitor Paiotti
225Ricardo Nunes
378Fabio Barros
489Marcos Antonio
510Luiz Henrique "Bem 10"
6794Alexandre Silva
7177Carlos Santos
8999Frederico Oliveira
9786Paulo Oliveira
10911Laudelino Filho
2 TEMPOS
192Pedro Delaroli
2107Thiago Silva
31Silvano Silva
VX5
1200Sandro Oliveira
294Roberto Sassaki
3195Luiz Fernando
480Alexandre B.
VX4
12Heriko Gonçalves
264Tales Calazans
3515Edson Costa
430Julio "Solinha" César
521Sérgio Caputo
6194Rodrigo Araujo
773José N. P.
876Hugo Goes
9222Marcelo renato
10941Andre Freitas
VX3
164Tales Calazans
289Vitor Paiotti
392Pedro Delaroli
4194Rodrigo Araújo
521Sérgio Caputo
659Junior Holtz
783João "Janjão" Carlos
852Henrique Tavernáro
9383Eleandro "Kanela" de Brito
10198Andrew Jensen
VXGOLD
119Daniel Caputo
231Rodrigo Guimarães
32Heriko Gonçalves
421Sérgio Caputo
5194Rodrigo Araújo
630Julio "Solinha" César
776Hugo Góes
8829Pablo Fiuza
9248Alexandre Guina
VX Trilheiros
110Luiz Henrique "Bem 10"
2177Carlos Nego
3198Andrew Jensen
4383Eleandro "Kanela" de Brito
5222Marcelo Renato
690Jorge
726Caio Carvalho
8282Alexandre Guina
9230Berthone Soares
10120Jonathan Silva
VX PRO
119Daniel Caputo
231Rodrigo Guimarães
389Vitor Paiotti
492Pedro Delaroli
514Silvio Luiz
673José W. P.
783João "Janjão" Carlos
859Junior Holtz
9293José Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário