Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

segunda-feira, 2 de abril de 2018

A salvaguarda do patrimônio cultural de Tatuí é tema obrigatório

A Roda de Conversa "Patrimônio Cultural, Cidadania e Educação Patrimonial" ocorreu no dia 31/03/2018, na Praça CEU das Artes de Tatuí, e foi mediada pela Coordenadora de Educação Patrimonial do IPHAN, a tatuiana Sônia Rampim Florêncio.

Imagens: Natalie Sallum, Maryclea Maués Neves e Maíra Barros.

Com Rafael Sangrador (4)Natalie Sallum (5)Maria Terezinha Telles Guerra (6)Maíra Barros (8)Sônia Rampim Florêncio (9)Erica Sanches (11)Laura Rodrigues de Souza (12)Raphael Amaral (13), Rubens Oficial (14), Edson Pinto (15)Fernando Costa Costa (16)Davison Pinheiro (17), Maryclea Maués Neves (18) e Pedro Henrique de Campos (19).

O evento contou ainda com a presença de Maryclea Maués Neves (IPHAN-SP). Momento de muito aprendizado e troca de informações. Foram abordados e discutidos temas importantes como a necessidade de políticas de preservação municipais, do engajamento da população local de forma organizada nas ações relativas ao assunto e da relevância da educação patrimonial.

Sônia Rampim considera que o conjunto arquitetônico da antiga Fábrica São Martinho, tombado pelo Condephaat, merece também um tombamento federal. Aí está um tema a ser trabalhado. Outro tema levantado durante a Roda de Conserva foi sobre punições a quem danificar bens tombados: um assunto a ser pensado seriamente e com urgência. Tatuí tem sofrido muito com o apagamento de espaços e paisagens históricos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário