Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 19 de maio de 2019

Estudantes da Fatec de Tatuí criam aplicativo que calcula dosagem de remédios

Calcmedic foi desenvolvido por estudantes da Fatec de Tatuí e é destinado a profissionais da saúde.

Por G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Alunos da Fatec Tatuí desenvolvem aplicativo para dosagem de medicamentos

18/05/2019 | Um aplicativo que é capaz de calcular de forma precisa a dosagem de medicamentos foi desenvolvido por estudantes da Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Tatuí.

O Calcmedic é destinado a profissionais da saúde e reduz para zero a taxa de erro nos cálculos de dosagem de medicamentos e torna mais rápido e seguro o atendimento ao paciente.

“A administração de medicamentos na área de enfermagem é delicada, os cálculos são delicados e o aplicativo traz exatidão nos cálculos para poupar vidas”, explica o tecnólogo em gestão empresarial Lucas Valario.

Estudantes da Fatec Tatuí desenvolvem app que permite controlar dosagem de remédios

A plataforma conta com funções, como a taxa de gotejamento, volume da medicação, diluição e medicação por peso.

Basta que o profissional da área da saúde preencha os valores que o aplicativo apresenta e o resultado de fórmulas médicas aparece na tela do celular, evitando o erro humano.

O processo de desenvolvimento do Calcmedic foi de duas semanas e ele foi apresentado na 12ª Feira de Tecnologia do Centro Paula Souza, que reúne projetos de todo o país.

O estudante de enfermagem Welinton Camargo Gois foi o primeiro a testar o aplicativo e, segundo ele, a ferramenta supera as que estavam disponíveis até então.

“Eu entrei na versão final e fui avaliando as funções. No caso, o aplicativo tem um diferencial de todas as funções de cálculos de enfermagem dentro de um único aplicativo e em uma versão muito mais fácil para se trabalhar”, diz.

Desde o sucesso na feira, o aplicativo vem sendo atualizado para se adaptar, de acordo com as opiniões dos profissionais das áreas de enfermagem e farmácia.

“Começamos a pesquisar e vimos que seria útil a criação de um aplicativo para calcular dosagens de medicamentos. Fizemos pesquisas na internet, livros, profissionais da área para entender as necessidades e desenvolver o aplicativo”, conta o tecnólogo em gestão da tecnologia da informação Bruno Gonçalves Duarte.

Para a responsável pela gestão de projetos da Fatec, os alunos da faculdade são sempre orientados a criar algo que possam oferecer serviços que atendam as necessidades dos moradores.

“Fazemos com que o aluno tenha autonomia e devolva para a comunidade tudo o que é investido. Nossos alunos têm o perfil, são empreendedores, criativos e procuram resolver uma dor. Os meninos procuraram a dor e resolveram”, afirma a professora Patrícia Gláucia Moreno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário