Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

sábado, 23 de julho de 2016

Moradores protestam contra pedágio durante visita de Geraldo Alckmin

Moradores de Tatuí pediram que retorno em rodovia fosse reaberto. Protesto pacífico aconteceu durante visita do governador à cidade.

Do G1 Itapetininga e Região

Moradores dos bairros rurais Santa Adelaide e Jurumirim protestaram contra o preço do pedágio na rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127) durante visita do governador Geraldo Alckmin (PSDB) no município de Tatuí nesta sexta-feira (22).

De acordo o morador Donizetti Cunha Brito, o retorno que os moradores tinham para irem até a área central da cidade foi fechado em 2013 e a única alternativa, desde então, é seguir pela rodovia e passar por um pedágio de R$ 10,10. Segundo Donizetti, o pedágio traz prejuízos aos moradores dos dois bairros que precisam ir para o centro de Tatuí. 

“Toda vez que vamos para a área central de Tatuí temos que pagar pedágio e, para nós moradores, é caro. Tem dia que vamos duas vezes para a cidade. A outra alternativa seria uma estrada rural de 14 quilômetros, mas ela é perigosa e cheia de buracos”, afirma.

Durante a manifestação, um representante da Artesp conversou com os moradores e alegou que representantes da concessionária CCR-SPVias vão marcar uma reunião. “Disseram que vão conversar com a gente. Queremos uma solução porque é inviável pagar pedágio caro”, ressalta Donizetti.

O governador Geraldo Alckmin esteve em Tatuí para anunciar o início das obras de implantação de vias nas marginais da rodovia Antônio Romano Schincariol (SP-127), que liga Tatuí a Itapetininga. Segundo o governador, as melhorias incluem ainda um novo acesso e uma passarela. O investimento é de mais de R$15 milhões e garante mais segurança aos motoristas.

Moradores protestaram com faixas e cartazes durante visita do governador (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Moradores pedem que retorno na rodovia de Tatuí seja reaberto (Foto: Reprodução/TVTEM)

2 comentários:

maria conceição disse...

É lamentável o que acontece com o povo, os moradores lutam por este retorno há anos . Fizeram um retorno no nível da rodovia de
Pois do pedágio e fecharam o outro que beneficiava o bairro
,porque alegaram perigo , por ser
No nível da rodovia.Da outra vez que o governador esteve aqui, fez promessas que ficaram no esquecimento.

maria conceição disse...

É lamentável o que acontece com o povo, os moradores lutam por este retorno há anos . Fizeram um retorno no nível da rodovia de
Pois do pedágio e fecharam o outro que beneficiava o bairro
,porque alegaram perigo , por ser
No nível da rodovia.Da outra vez que o governador esteve aqui, fez promessas que ficaram no esquecimento.

Postar um comentário