Nosso Jornal Online

Tatuí, 


quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Dia Nacional da Seresta será comemorado no Museu Paulo Setúbal

Noite da Seresta com Ternura acontece no dia 12 de setembro


Na quarta-feira (12/09), às 19h, o Museu Histórico Paulo Setúbal recebe o Grupo Seresteiros com Ternura, que realizará a tradicional “Noite da Seresta com Ternura”, coordenada por Maria Inês Camargo.

A homenagem da noite será ao Dia Nacional da Seresta, que é comemorado em 12 de setembro, data que também se comemora o dia de nascimento do ex-presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, um apaixonado pelo gênero musical. 

O Grupo Seresteiros com Ternura é composto pelos músicos Leo da Sanfona, no acordeon; Pedro Adilson Pavanelli, no violão; Paulo Rita Aguiar, no cavaquinho; Edson, no pandeiro; Carlos Mendes, na timba; Gabriela, na flauta e Maria Inês Camargo, vocal.

A entrada será franca. O Museu Histórico Paulo Setúbal está situado na Praça Manoel Guedes, nº 98, Centro. Mais informações: (15) 3251-4969.

A Seresta - Ela chegou ao Brasil através dos colonizadores portugueses a partir do século XVI. Os primeiros seresteiros surgiram em Minas Gerais, seguido por Rio de Janeiro, onde ao final do século XIX os trovadores desfilaram pelas madrugadas da cidade fazendo surgir os seresteiros mais renomados do País.

Este gênero musical jamais representou uma atividade isolada, ao contrário, relaciona-se intimamente com outras manifestações musicais. O estilo escolhido para uma Seresta fica a critério dos apreciadores. O que predomina é a linha melódica romântica, suave, envolvente e com vários ritmos, entre eles a modinha tradicional, a canção romântica, o lundu (lundu-canção), o samba (samba-canção), o choro (choro-canção), o bolero, a valsa, a toada, a guarânia, o fox-canção, o fado, o tango, entre outras, que ficam a critério do seresteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário