Nosso Jornal Online

Tatuí, 


domingo, 27 de junho de 2010

Orquestra Lyra Tatuí embarca nesta segunda-feira para 3ª turnê na Europa

Do site www.oprogressodetatui.com.br

A Orquestra de Metais Lyra Tatuí embarca na segunda-feira, 28, para sua terceira turnê internacional em menos de oito anos de funcionamento. A Banda Lyra, como é carinhosamente conhecida, foi fundada e é coordenada pelos professores Sílvia e Adalto Soares. Na próxima turnê pela Europa – que envolverá Espanha, Holanda e Alemanha -, 46 músicos, entre crianças e adolescentes, farão apresentações cujo repertório será brasileiro. Entre os shows agendados, o principal deles acontecerá dentro da programação do 124º Certame de Bandas de Música Cidade de Valencia, na Espanha, um dos mais respeitados da Europa e que atrai anualmente bandas dos mais diferentes pontos do planeta. A Lyra Tatuí, que participará do evento como convidada, é o único grupo brasileiro incluído na programação.
A primeira apresentação da Orquestra de Metais Lyra Tatuí será no dia 30 de junho, na cidade de Valencia, na Espanha, dentro do Certame de Bandas de Música Cidade de Valencia – evento que completa seu 125º ano de existência em 2011. O evento remonta a 1886, quando o então prefeito da cidade, Manuel Rico, e o entusiasta José Soriano Plassent decidiram criar um concurso musical destinado a bandas valencianas.
Essa iniciativa tornou-se um dos certames de bandas mais importantes do mundo. De um concurso que reunia bandas civis e militares, passou a atrair bandas estrangeiras (em 1895) e, depois, a contar com bandas nas categorias regional e nacional. “O Certame de Valencia é uma disputa obrigatória para bandas dos cinco continentes que querem ganhar visibilidade no panorama internacional”, cita-se no material de divulgação do evento.
Neste ano, o evento será realizado no dia 30 de junho e nos dias 1, 2 e 3 de julho, na sala de concertos do Palau de La Música e na Plaza de Toros, em Valencia. São quatro categorias diferentes, sendo que a Orquestra de Metais Lyra Tatuí apresenta-se como convidada especial na abertura do certame.
O grupo tatuiano foi convidado a partir de sua participação no Seminário Ibero-Americano de Educação Musical e Inclusão Social, realizado em novembro do ano passado, no Sesc Consolação, em São Paulo. Durante a apresentação, a Lyra Tatuí foi assistida pelo maestro espanhol Rafael Sanz-Espert, um dos palestrantes na ocasião e que é diretor da Banda Municipal de Bilbao e já foi regente titular de mais de uma dezena de bandas na cidade de Valência.
Encantado pelo grupo, Sanz-Espert indicou-o ao comitê organizador do certame. A apresentação acontecerá na sala José Iturbi, no Palau da Música, projetada para abrigar 1.817 pessoas, com acústica elogiadíssima (para a soprano Montserrat Caballé e o tenor Plácido Domingo, é a “melhor do mundo”).
“Já havia ouvido falar da Lyra Tatuí pelo Spanish Brass e, também, pelo maestro Dario Sotelo, do Conservatório de Tatuí, que fizeram referências ao Blast (grupo performático reconhecido em todo o mundo). Viajo pelo mundo todo, conheço muitos grupos, mas fiquei muito emocionado quando vi o trabalho do professor Adalto Soares. No mesmo momento, comuniquei o Centro de Cultura da Espanha em São Paulo e disse que esse tinha de ir a Valencia”, iniciou Sanz-Espert.
Além da apresentação no Certame de Bandas – que terá entre os jurados da mostra competitiva o maestro Dario Sotelo, representando o Brasil -, a Orquestra de Metais Lyra Tatuí faz show em Llíria, conhecida como “Cidade da Música”. A segunda apresentação na Espanha acontece no dia 1º de julho, no teatro da Banda Primitiva de Llíria.
Tanto Llíria quanto Valencia têm intensa atuação de bandas. Em Valencia, são 512 bandas federadas e um sem número de outros grupos não federados, além de corporações estudantis e militares. “É a cidade com o maior número de músicos por metro quadrado do planeta. Há bandas com mais de 160, 250 integrantes... Às vezes, brinco dizendo que lá, levanta-se uma pedra e debaixo dela sai um músico. Ainda assim, de todas que temos e todas que já vi em todos os lugadores do mundo, não há nenhuma como a Banda Lyra Tatuí”, comentou o maestro Sanz-Espert.
“Valencia tem essa movimentação musical grande, assim como Tatuí. Quando vim ao Brasil pela primeira vez, no ano de 2004, fomos parados pela Polícia Federal no aeroporto. Lá, ao afirmarmos que vínhamos a Tatuí – sem nenhum instrumento ou indicação de qual seria nossa profissão -, o policial nos disse: ‘Vocês são músicos‘”.
Após as apresentações na Espanha, a Lyra Tatuí segue para a Holanda, onde faz shows no Festival Klassiek op Locatie – tradicional evento musical de Grubbenvorst –, e ainda registrará passagens com pocket-shows por Horst, Venray, Gennep, Bergen e Venlo. A terceira fase da turnê acontecerá na Alemanha, entre 5 e 12 de julho, onde o grupo será recepcionado por Brigitte Nies. Nesse país, o grupo já fez apresentações nos anos de 2008 e 2009, mas, pela primeira vez, apresenta-se com 46 integrantes (o maior número de músicos da Lyra Tatuí que já participou de uma turnê internacional).
Criado em 2002 pelo trompista Adalto Soares e sua esposa, a percussionista Silvia Zambonini Soares, a Lyra Tatuí vem consagrando-se no meio musical pela alta qualidade técnica e disseminando um novo conceito que une música de alto nível e performance praticadas por crianças.
Com inúmeros prêmios – entre eles, repetidos títulos nacionais -, a orquestra de metais registra história invejável. Depois de duas turnês na Alemanha, onde participou do concorrido Festival Jovem de Bayreuth, faz estreia em solo espanhol. “Estamos muito felizes e satisfeitos, pois, em três anos, serão três turnês. Isso não é algo muito comum no meio musical brasileiro e acredito que é resultado da qualidade e seridade do trabalho desenvolvido. Mas a sensação de fazermos uma apresentação com a Lyra é sempre a mesma, seja na Europa, seja aqui em Tatuí”, comentou Adalto.
Além da turnê confirmada, o grupo inicia o ano de 2010 produzindo um novo espetáculo – com direito a participação especial da atriz Vera Holtz, madrinha da Lyra Tatuí – e incentivando jovens instrumentistas a ingressarem na vida acadêmica e no mercado profissional da música.
Atualmente formada por uma centena de crianças e jovens a partir dos seis anos de idade, a Lyra Tatuí vem sendo citada como exemplo bem sucedido de formação pela música. Elogiada por onde quer que passe e por qualquer que seja o público – de leigos a músicos profissionais e educadores -, a Lyra Tatuí voltará a ser destaque em festivais do Paraná e Ourinhos (após a turnê) e, ainda, na 3ª Mostra Brasil Juventude Transformando com Arte, no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário