PUBLICIDADE

Boletim de informações COVID-19 n° 190 Tatuí, 04 de agosto de 2020 - 11h

1222 CONFIRMADOS
1158 RECUPERADOS
38 ÓBITOS
81 SUSPEITOS
14 HOSPITALIZADOS

Fonte: Prefeitura de Tatuí

terça-feira, 4 de agosto de 2020

De pai para filha: Multicampeão de Tatuí, Edu Piano, e Nicole Piano falam da paixão pelo rali

Nova geração de pilotos da Território Motorsport destaca a importância da figura paterna na formação pessoal, assim como nos ralis e dos planos para o futuro

Por Mércia Suzuki

Pai e filha garantiram pódio em suas respectivas categorias, no último rali (Nelson Santos Jr/PhotoAction)

SP, 04/08/2020 – Na semana do Dia dos Pais, dois jovens pilotos paulistas já mostraram que vão seguir o mesmo caminho dos pais quando o assunto é rali. A jovem de Tatuí, Nicole Piano, 14 anos, a caçula do multicampeão Edu Piano e Bruno Conti, 16 anos, filho de Rodrigo Luppi, se apaixonaram pelo esporte e pela categoria que mais cresceu no grid nacional na última década. Ambos pilotam UTVs (Maverick X3 TM), preparados pela equipe, no Campeonato Brasileiro de Rally Baja, pela categoria Start (destinada a pilotos menores de idade que devem estar acompanhados por um navegador habilitado), e herdaram o DNA off-road dos pais pilotos. Por outro lado, os pais se orgulham de criá-los também em um ambiente de competição saudável no qual são exigidos dedicação, empenho e determinação que influenciam diretamente na formação pessoal dessa nova geração.

Nicole poderia continuar no vôlei ou fazendo ballet mas preferiu radicalizar e fazer o esporte que o pai se dedica há mais de 25 anos. “Meu pai é muito importante para mim, me apoia demais. Essa vontade que tenho de correr é tudo por causa dele. Desde pequena o assisto nos ralis e fui criando uma vontade de acompanhá-lo, de correr junto com ele. Agradeço muito a ele por tudo, sem ele não estaria competindo, não teria as coisas que tenho e eu o amo muito”, diz a adolescente.

“É uma felicidade. Tenho orgulho de ela gostar de andar na terra, uma coisa que sempre amei. É legal vê-la feliz e saber que está se divertindo, porque isso é mais importante. Quem sabe tenha esse esporte como um hobby, para mim começou como divertimento e virou profissão”, destaca Piano, que antes de ser um dos recordistas de títulos (oito vezes campeão) do Sertões, maior rali das Américas, foi jipeiro e fez anos de trilhas pelo Brasil afora. Além de Nicole, o filho mais velho, Nathan, já competiu no Campeonato Brasileiro em 2018, quando tinha 16 anos, aprovou a experiência nos UTVs mas focou no vestibular. “Fiquei contente de o Nathan também ter gostado de pilotar na terra e acredito que logo volte a andar, agora entrou na faculdade este ano e quer se dedicar aos estudos”, completa o piloto, preparador de veículos de competição e chefe da equipe Território Motorsport.

“Meu pai é uma inspiração tanto na parte pessoal quanto na profissional. É meu ídolo, dá muito duro para me proporcionar todas as coisas para mim. Quero ser igual a ele ou até melhor, é um cara que me dá conselhos e dicas para que eu não cometa os mesmos erros, principalmente no rali. Pai é pai, está sempre me protegendo e ajudando em tudo. O amo muito e representa uma parte gigantesca na minha vida”, elogia Bruno. Luppi também não esconde o orgulho que sente do jovem determinado que o filho se tornou. “O ambiente do rali é sadio, onde podemos levar nossos filhos, ter contato com pessoas decentes que gostam de curtir a natureza e gostam de se confraternizar e isso para o Bruno é muito bom. Ele cresceu como piloto, ganhou maturidade enfrentando novos desafios e conhecendo o Brasil. Estou muito satisfeito, está bem encaminhado e fazendo novas amizades e isto é bom para o crescimento como ser humano também. É muito gratificante ver meu filho compartilhando o mesmo esporte”, explica o piloto que há duas décadas começou no rali.

Início com pódios - Em outubro de 2019, aos 13 anos, Nicole ganhou de Dia das Crianças a inscrição em uma prova do Campeonato Brasileiro (Rally Serra Azul) e o presente veio com um bônus: o pai deixou de competir para navegar para a filha, que por sua vez, conseguiu pilotar pela primeira vez num rali. E a “brincadeira” seguiu adiante e Piano acabou abrindo mão de duas provas e seus pontos no campeonato para poder estar com Nicole. A dupla conquistou dois pódios na Start. “É maravilhoso! Depois que a gente larga não sente calor, nem sede, é muita concentração. É um esporte mais bruto porque são muitos buracos, saltos, poeira, velocidade, mas gosto de aventura, me apaixonei e estou gostando de tudo, até de andar na lama”, diz Nicole que não nega a quem puxou.

Bruno estreou antes, no final de 2018 no tradicional Rally dos Amigos, e não parou mais. Em 2019 fez toda a temporada do Brasileiro de Rally Baja e foi vice-campeão da Start com 15 anos. Chegou a liderar o campeonato e teve um ótimo desempenho. “Que temporada foi a do ano passado! Fui Vice-Campeão Brasileiro no primeiro ano. Lutei muito pelo título, mas não deu. E evolui como piloto e aprendi demais!”, afirma o jovem de Vinhedo (SP), que entrou determinado e com pé no chão no campeonato, sabia que o objetivo maior era o aprendizado, ganhar quilometragem e conhecer diversos tipos de terrenos e contou com a navegação de experientes competidores como Fausto Dallape, Flavio Bisi e Maykel Justo.

Primeira vitória a gente nunca esquece - Devido à pandemia, Bruno e Nicole só conseguiram competir em julho, na segunda prova da temporada 2020 do Brasileiro de Rally Baja, a expectativa era grande para a etapa no interior paulista. A piloto de Tatuí (SP) comemorou a sua primeira vitória na Start, em seu terceiro rali. “Não estou acreditando até agora que venci na minha categoria! Foi bem diferente das outras, estava apreensiva mas levei a prova mais na boa, ao lado do Manuel (Ruivo). Nas duas primeiras provas com meu pai, senti uma certa tensão pelos títulos que ele conquistou e ser quem ele é”, explica Nicole. “Este ano quero aprender mais para evoluir na pilotagem, me adaptar melhor ao UTV e torço para que tenham mais mulheres no grid, porque é um esporte para todos”, diz a jovem, que mesmo no início de carreira, já incentiva mulheres a entrarem no esporte, que é dominado por homens.

Já Bruno estreou um novo UTV, bem mais potente e com o qual o pai competiu o Sertões e outras provas importantes no ano passado. “O UTV está animal, sensacional e me diverti muito no fim de semana, venci três das quatro Especiais”, disse o piloto que terminou em 2º lugar na categoria e teve Mayel Justo como navegador. “A próxima prova será no final de agosto, o Rally Jalapão. É um lugar incrível o deserto do Jalapão e ano passado tive a oportunidade de andar pela primeira vez lá no Tocantins”, conta o piloto.

Em comum, além de crescerem assistindo os pais acelerando nos ralis e subindo aos pódios, também gostam de outros esportes. Bruno também joga tênis enquanto Nicole já praticou vôlei e futebol, mas ambos confessam que o que querem mesmo é continuar acelerando na terra e comendo poeira. Filho de peixe, peixinho é!

Mais informações sobre a equipe: www.territoriomotorsport.com.br, Facebook: @territoriomotorsport4x4, Instagram: @territoriomotorsport e Twitter @territorio4x4

VE notificou hoje 25 novos casos positivos e 178 novos suspeitos de covid-19 em Tatuí

Pandemia já atingiu 1% da população tatuiana

04/08/2020 | Após a calmaria de sábado e domingo, os números da pandemia de covid-19 em Tatuí voltaram a piorar. Foram 25 novas confirmações da doença e 178 novos suspeitos contra 23 recuperações.

Na média dos últimos sete dias, Tatuí apresentou 20,14 infectados por dia pelo novo coronavírus.

A média de recuperação foi maior: 32,85 altas médicas por dia.

Isso resultou numa redução de 36 pacientes em tratamento por dia, em média.

O média de óbitos nos últimos sete dias foi de 0,28 por dia, o que equivale a uma morte a cada 3 dias e meio.

O índice de prevalência do SARS-CoV-2 até o momento é de 1% da população tatuiana.

Dos 5.542 testes em suspeitos de coronavírus concluídos em Tatuí, 1.222 foram confirmados, o que equivale a 22,04%. Neste cálculo não são computados aqueles cujo resultado de exame ainda não foram divulgados.

Dos tratamentos concluídos no município, 3,18% dos pacientes de covid-19 foram a óbito e 96,82% se recuperaram. Este cálculo é um pouco diferente daquele anunciado pela Prefeitura, que tem como base todos os casos confirmados, incluindo os que ainda estão em tratamento.

Hoje Tatuí tem 1.222 atingidos pela pandemia, dos quais 1.158 já se recuperaram, 26 continuam em tratamento e 38 morreram. Outros 81 suspeitos aguardam resultado de seus testes.

Estão internados 14 pacientes devido à pandemia: oito deles são casos confirmados e seis aguardam resultado de seus testes. 

Na UTI da Santa Casa estão sete pacientes: cinco confirmados e dois suspeitos. Na ala clínica estão quatro pacientes: um positivo e três suspeitos.

Relativo à pandemia, no Hospital Unimed estão internados três pacientes, dois casos positivos e um suspeito, todos na UTI.

Segundo o portal G1, o isolamento social em Tatuí foi de 41% no sábado (1) e de 47% no domingo (2).

Veja o boletim de covid-19 desta terça-feira (4) em Tatuí


A Secretaria Municipal da Saúde, através da Vigilância Epidemiológica (VE), notificou nas últimas 24h, 25 novos casos positivos e, 178 novos casos suspeitos. Foram 146 casos descartados, neste período.

Os novos casos positivos são de 12 homens e 13 mulheres. Os quadros são estáveis e os pacientes estão em tratamento domiciliar. Dos novos casos suspeitos, 68 são homens e 110 são mulheres. Os quadros estão estáveis e todos estão em tratamento domiciliar. Dos casos descartados, 50 são homens e 96 são mulheres.

A ocupação de leitos clínicos de internados por COVID-19 ou suspeitos na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí é de 18%; sendo que a ocupação da UTI, por pacientes com COVID-19 ou casos suspeitos é de 70%.

Estão internados na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, 11 pacientes, sendo sete pacientes estão na UTI, com quadros que inspiram cuidados. Cinco são positivos para COVID-19 e dois são casos suspeitos. No isolamento, com quadro estável, estão um paciente positivo e três casos suspeitos, aguardando resultados dos testes.

No hospital particular de Tatuí, estão internados três pacientes, todos na UTI e com seus quadros inspirando cuidados. Dois são casos positivos para COVID-19 e o outro é caso suspeito.

Até o momento são 5.623 notificações, sendo 81 casos suspeitos aguardando resultados dos testes, 4.320 descartados e 1.222 positivos (sendo que 38 casos positivos vieram a óbito).

Dos 1.222 casos positivos do COVID-19, 1.158 pacientes já estão recuperados (94,7%) e 38 pacientes vieram a óbito. Dos casos positivos, 26 ainda estão em tratamento, em hospitais ou em tratamento domiciliar. Dos casos suspeitos, 81 estão em tratamento, em hospitais ou em tratamento domiciliar.

Ilustre Tatuiano Mingo Jacob

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Atividade de musicalização | Apae com Você

foto/cidade | Rua 11 de Agosto em 1953

Foto Menezes

Prof. Rodrigo Marinônio dá dicas de estudo para bateria

Como superar a PREGUIÇA e o DESÂNIMO | Dr Juliano Teles

Homem e adolescente são detidos com drogas em Tatuí

Foram apreendidas 166 porções de crack e dois celulares.

Por G1, com edição do DT

Casal é detido com pedras de crack em Tatuí — Foto: Polícia Militar/ Divulgação

03/08/2020 | Um jovem foi preso e uma adolescente apreendida suspeitos de tráfico de drogas na noite deste domingo (2), em Tatuí. Segundo a polícia, o casal usava uma motocicleta para transportar os entorpecentes entre os bairros Fundação Manoel Guedes e Vila Jurema.

Conforme informações da PM, após denúncias, o casal foi encontrado próximo à Rua Juvenal de Campos, no bairro Santa Cruz.

Com a adolescente foram apreendidas 166 porções de crack e dois celulares.

À polícia, o rapaz alegou não ter conhecimento sobre as porções de crack, no entanto, a menor informou que elas estariam sendo levadas até a Vila Jurema, onde seriam vendidas.

Em buscas pela casa do suspeito ainda foram encontradas duas pedras brutas da mesma droga, além de uma balança de precisão.

O casal foi levado à delegacia da cidade, onde foi autuado por tráfico de drogas e ato infracional.

Tatuí tem internados sete pacientes de covid-19 e cinco suspeitos

22,28% dos suspeitos de coronavírus são confirmados em Tatuí

03/08/2020 | Na média dos últimos sete dias, Tatuí apresentou 17,85 infectados pelo novo coronavírus por dia.

A média de recuperação foi maior: 30,42 altas médicas por dia.

Isso resultou numa redução de 32,71 pacientes em tratamento por dia.

O média de óbitos nos últimos sete dias foi de 0,28 por dia, o que equivale a uma morte a cada 3 dias e meio.

O índice de prevalência do SARS-CoV-2 é de 0,98% da população tatuiana.

Dos 5.371 testes em suspeitos de coronavírus em Tatuí, 1.197 foram confirmados, o que equivale a 22,28%. Neste cálculo não são computados aqueles cujo resultado de exame ainda não foram divulgados.

Dos tratamentos concluídos no município, 3,24% dos pacientes de covid-19 foram a óbito e 96,76% se recuperaram. Este cálculo é um pouco diferente daquele anunciado pela Prefeitura, que tem como base todos os casos confirmados, incluindo os que ainda estão em tratamento.

Hoje Tatuí tem 1.197 atingidos pela pandemia, dos quais 1.135 já se recuperaram, 24 continuam em tratamento e 38 morreram. Outros 74 suspeitos aguardam resultado de seus testes.

Estão internados 12 pacientes devido à pandemia: sete deles são casos confirmados e cinco aguardam resultado de seus testes. 

Na UTI da Santa Casa estão seis pacientes: cinco confirmados e um suspeito. Na ala clínica estão quatro pacientes: um confirmado e três suspeitos.

Relativo à pandemia, no Hospital Unimed estão internados dois pacientes, um caso confirmado e um suspeito, ambos na UTI.

Segundo o portal G1, o isolamento social em Tatuí foi de 41% no sábado (1) e de 47% no domingo (2).

Veja o boletim de covid-19 de Tatuí desta segunda-feira (3)


A Secretaria Municipal da Saúde, através da Vigilância Epidemiológica (VE), notificou nas últimas 24h, um novo caso positivo e, sete novos casos suspeitos. Foram nove casos descartados, neste período.

O novo caso positivo é de uma mulher. O quadro é estável e a paciente está em tratamento domiciliar. Dos novos casos suspeitos, quatro são homens e três são mulheres. Os quadros estão estáveis e todos estão em tratamento domiciliar. Dos casos descartados, dois são homens e sete são mulheres.

A ocupação de leitos clínicos de internados por COVID-19 ou suspeitos na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí é de 18%; sendo que a ocupação da UTI, por pacientes com COVID-19 ou casos suspeitos é de 60%.

Estão internados na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, dez pacientes, sendo seis pacientes estão na UTI, com quadros que inspiram cuidados. Cinco são positivos para COVID-19 e um caso suspeito. No isolamento, com quadro estável, está um paciente positivo e três casos suspeitos, aguardando resultados dos testes.

No hospital particular de Tatuí, estão internados dois pacientes, ambos na UTI e com seus quadros inspirando cuidados. Um é caso positivo para COVID-19 e o outro é caso suspeito.

Até o momento são 5.445 notificações, sendo 74 casos suspeitos aguardando resultados dos testes, 4.174 descartados e 1.197 positivos (sendo que 38 casos positivos vieram a óbito).

Dos 1.197 casos positivos do COVID-19, 1.135 pacientes já estão recuperados (94,8%) e 38 pacientes vieram a óbito. Dos casos positivos, 24 ainda estão em tratamento, em hospitais ou em tratamento domiciliar. Dos casos suspeitos, 74 estão em tratamento, em hospitais ou em tratamento domiciliar.

domingo, 2 de agosto de 2020

Cai fortemente o número de pacientes em tratamento para covid-19 em Tatuí

Na média dos últimos sete dias, Tatuí apresentou 22,14 infectados pelo novo coronavírus por dia.

A média de recuperação foi maior: 30,57 altas médicas por dia.

Isso resultou numa redução de 34,28 pacientes em tratamento por dia.

O média de óbitos nos últimos sete dias foi de 0,42 por dia, o que equivale a uma morte a cada 2 dias e mais 8 horas.

O índice de prevalência do SARS-CoV-2 é de 0,98% da população tatuiana.

Dos tratamentos concluídos no município, 3,24% dos pacientes de covid-19 foram a óbito e 96,76% se recuperaram. Este cálculo é um pouco diferente daquele anunciado pela Prefeitura, que tem como base todos os casos confirmados, incluindo os que ainda estão em tratamento.

Hoje Tatuí tem 1.196 atingidos pela pandemia, dos quais 1.135 já se recuperaram, 106 continuam em tratamento e 38 morreram.

Estão internados 11 pacientes devido à pandemia: seis deles são casos confirmados e cinco aguardam resultado de seus testes. 

Na UTI da Santa Casa estão seis pacientes: quatro confirmados e dois suspeitos. Na ala clínica estão quatro pacientes: um confirmado e três suspeitos.

Relativo à pandemia, no Hospital Unimed está internado apenas um paciente, caso confirmado, na UTI.

Veja o boletim de covid-19 deste domingo (2) em Tatuí


A Secretaria Municipal da Saúde, através da Vigilância Epidemiológica (VE), notificou nas últimas 24h, quatro novos casos positivos para COVID-19 e, cinco novos casos suspeitos. Foram doze casos descartados, neste período.

Dos casos positivos, dois são homens e dois são mulheres. Dos casos suspeitos, três são homens e duas são mulheres. Dos casos descartados, seis são homens e seis são mulheres. 

A ocupação de leitos clínicos de internados por COVID-19 ou suspeitos na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí é de 18%; sendo que a ocupação da UTI, por pacientes com COVID-19 ou casos suspeitos é de 60%.

Estão internados na Santa Casa de Misericórdia de Tatuí, dez pacientes, sendo seis pacientes na UTI, com quatro positivos para COVID-19 e os demais casos suspeitos, com quadros que inspiram cuidados. No isolamento, com quadros estáveis, estão quatro pacientes, sendo um caso positivo e três casos suspeito,s aguardando resultados dos testes. 

No hospital particular de Tatuí, está internado apenas um paciente, na UTI, caso positivo para COVID-19, com seu quadro inspirando cuidados. 

Até o momento são 5.438 notificações, sendo 83 casos suspeitos aguardando resultados dos testes, 4.159 descartados e 1.196 positivos (sendo que 38 casos positivos vieram a óbito). 

Dos 1.196 casos positivos do COVID-19, 1.135 pacientes já estão recuperados (94,8%) e 38 pacientes vieram a óbito. Dos casos positivos, 23 ainda estão em tratamento, em hospitais ou em tratamento domiciliar. Dos casos suspeitos, 83 estão em tratamento, em hospitais ou em tratamento domiciliar.

Resultado do Prêmio Paulo Setúbal será divulgado em novembro

18ª edição do Prêmio Paulo Setúbal teve recorde de inscrições

02/08/2020 | A Prefeitura de Tatuí, por meio do Museu Histórico “Paulo Setúbal”, informa que, devido ao número recorde de inscrições, o resultado final do “18º Prêmio Literário Paulo Setúbal – Contos, Crônicas e Poesias”, de abrangência nacional, será divulgado, exclusivamente, no mês de novembro. 

O certame teve início com a abertura das inscrições em 2 de março, com duas formas de inscrição (pessoalmente ou via Correios), somando um total de 368 inscritos. Em maio, devido às orientações dos órgãos de Saúde quanto ao distanciamento social, a Comissão Organizadora deliberou a criação de um sistema on-line, o que possibilitou o recebimento de 1.981 inscrições. O encerramento das inscrições, às 23h59 do dia 19 de junho, somou um total de 2.349 obras inscritas nas três modalidades do Concurso, sendo: 869 para Contos; 485 para Crônicas; e 995 para Poesias. Os participantes são de 424 cidades de todos os estados do Brasil. 

Neste ano, o Prêmio faz alusão ao centenário do edifício sede do Museu Histórico “Paulo Setúbal”, sendo que os trabalhos são analisados quanto aos critérios estabelecidos pelo edital e encaminhados para análise da Comissão Julgadora do Concurso. 

A premiação total será de R$ 18 mil, sendo R$ 6 mil para cada uma das categorias (Conto, Crônica e Poesia), da seguinte maneira: 1° lugar – troféu e R$ 2.500,00; 2° lugar – troféu e R$ 1.500,00; 3° lugar – troféu e R$ 1.000,00; e, repetindo o sucesso dos anos anteriores, o Prêmio Galardão (destinado única e exclusivamente às obras de autores nascidos ou residentes há mais de dois anos em Tatuí) – troféu e R$ 1.000,00.

Tatuiana cria marca de joias inspirada na arquitetura

A Witte Jewellery é uma das sete marcas que integram a quinta edição da plataforma de Novos Designers do Shop2gether

Paula Mello (@paulamello) em Vogue, com edição do DT

Maria Eduarda Shuster entre Ana Marília de Sá e Mariana Nociti, da Witte Jewellery. (Foto: Gustavo Ipolito)

A joalheria já foi apenas um hobby para a arquiteta Ana Marília de Sá e para a psicóloga Mariana Abud Nociti – agora, é o ofício de ambas. Em março do ano passado, elas fundaram a Witte (branco, em holandês), marca de joias minimalistas, inspiradas em obras icônicas de arquitetura pelo mundo – a referência da linha Bulles, por exemplo, foi o Palais Bulles, projeto do húngaro Antti Lovag em Théoule-sur-Mer, na França, e antiga casa de verão do estilista Pierre Cardin. “Acreditamos que joias são uma extensão do corpo e da personalidade. Nada mais legal do que ter uma peça que pode ser usada tanto no trabalho quanto em uma festa”, defendem.

Os itens são feitos de prata com banho de ouro ou ródio e têm detalhes em pérola de água doce para fazer contraponto. É a própria dupla a responsável por desenvolver manualmente cada uma das criações piloto na bancada de ourivesaria, que, depois de aprovadas, seguem para serem reproduzidas em pequena escala. O queridinho de Ana Marília e Mariana no momento é o broche usado pela modelo Maria Eduarda na foto acima – a mesma peça escolhida por Ana Isabel, fundadora e curadora do Shop2gether, que elegeu (ao lado da Vogue e de Costanza Pascolato) a Witte Jewellery para integrar a quinta edição do projeto de Novos Designers do e-commerce. “Uso o broche para prender um panneau na praia ou uma echarpe sobre um vestido de festa. Ele é muito versátil, tudo que busco na moda atualmente.”

Bracelete (R$ 870) e pulseira (R$ 650), ambos de prata banhada a ouro com pérolas de água doce, à venda no Shop2gether (Foto: Gustavo Ipolito)

Ana Marília, que vive em Tatuí, e Mariana, que cresceu em Ribeirão Preto e hoje mora em São Paulo, se conheceram em 2010 em um curso de joalheria. Enquanto Ana era estudante de arquitetura, Mariana trabalhava na área de recursos humanos de uma empresa de bolsas. “Migrei para o marketing, eventos e desenvolvimento, mas percebi que minha afinidade era mesmo com a moda”, lembra ela, que passou a criar joias sob encomenda. Já Ana seguiu para Nova York após concluir a faculdade, onde estudou design de acessórios e estratégia de marca na Parsons School of Design. Hoje, ela se divide entre a Witte e seu próprio escritório de arquitetura. Entre os planos futuros, está desenvolver peças mais premium, de ouro, e uma linha voltada para o público masculino. A dupla pensa grande e tem também o objetivo de entrar no mercado internacional. Em abril, iriam para uma feira em Nova York, mas o plano foi cancelado devido à pandemia. “Estava desde agosto em Portugal participando de workshops e conhecendo o mercado europeu para levar nossas peças para lá”, conta Mariana.

Styling: Juliana Beukers Ruiz
Beleza: Clara Holtz com produtos Dior e Cover FX
Assistentes de fotografia: Rafael Monteiro e Toninho Bosco
Assistente de styling: Matheus Oliveira
Assistentes de beleza: Bia Ota e Lita Filiê
Modelo: Maria Eduarda Schuster (Joy)
Agradecimentos: Estúdio Orth

Idosa cadeirante de 102 anos que teve AVC vence batalha contra a Covid-19

Segundo a dona Dirce Vieira Miranda, de Tatuí, o segredo para a saúde e longevidade está na fé e na boa alimentação.

Por Ana Guedes*, no G1, com copidesque do DT

Idosa de 102 diagnosticada com a Covid-19 se recupera da doença — Foto: Mara Miranda/Arquivo Pessoal

02/08/2020 | Aos 102 anos, uma moradora de Tatuí que é cadeirante, teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e respira com a ajuda de oxigênio caseiro superou mais um obstáculo: a Covid-19.

Dirce Vieira Miranda testou positivo no dia 15 de junho, mas foi assintomática e não precisou ser internada para tratar a doença.

“O diagnóstico foi um choque para a família e a maior preocupação foi devido à idade e pelo quadro de saúde dela. Ela teve AVC e é cadeirante, por causa da fraqueza nas pernas, mas minha avó sempre foi muito forte e respondeu muito bem ao tratamento domiciliar”, conta Mara Miranda, neta de Dirce.

Idosa de 102 anos se cura da Covid-19  em Tatuí — Foto: Arquivo Pessoal

Inicialmente a idosa teve febre, mas a família acreditou que era em decorrência de uma infecção urinária. Apenas após 10 dias o exame foi colhido e deu positivo para a Covid-19.

“Uma das cuidadoras da minha avó teve sintomas de gripe e depois descobriu que era Covid, então nós acreditamos que minha avó tenha se infectado desta maneira, já que ela não sai de casa", explica.

Além da cuidadora e da dona Dirce, duas filhas da idosa também tiveram a doença, mas se recuperaram seguindo apenas o tratamento em isolamento domiciliar.

Mara conta que a família evitou passar muita informação sobre a doença, para não correr o risco de deixar a idosa nervosa. No entanto, ela recebeu explicações sobre os cuidados e a necessidade de manter o distanciamento social.

Mara e a avó, Dirce Miranda, que se curou da Covid-19 — Foto: Mara Miranda/Arquivo Pessoal

Segredo da longevidade

Viúva há 40 anos, dona Dirce é mãe de 18 filhos, mantém a vaidade e adora festas.

"Minha avó é uma pessoa extremamente lúcida, de ferro, ama de comandar tudo, adora plantas e festas e vai fazer 103 anos em outubro. Mesmo assim, com tantos anos de vida e tantas bagagens, continua sendo uma mulher muito vaidosa", diz Mara.

Segundo a dona Dirce, que é membro da Congregação Cristã no Brasil, o segredo para a saúde de ferro e a longevidade está na fé e na boa alimentação.

"A mensagem que eu sempre passo é para que as pessoas comam alimentos saudáveis, sejam vaidosas e tenham fé em Deus. Sempre comi muito arroz, feijão, refogados de couve e chicória, doces caseiros de figo e cidra. É importante comer coisas caseiras", afirma Dirce.

Dona Dirce com familiares em festa de casamento de neto — Foto: Mara Miranda/Arquivo Pessoal

*Colaborou sob supervisão de Heloísa Casonato

Acusado de matar Adelaide tem julgamento marcado para quinta-feira (6)

Réu poderá ser pronunciado para julgamento perante juri popular

Arquivo DT

01/08/2020 | O julgamento do réu Anísio Moreira Satel, acusado de ter matado sua companheira Adelaide Selma Paulina Remde, está marcado para a próxima quinta-feira, dia 6 de agosto, às 13h30.

A audiência será destinada a instrução (oitiva de testemunhas), debate (entre o MP e a defesa do réu) e julgamento pelo juiz.

Não é garantido que todas essas etapas sejam realizadas, uma vez que podem sobrevir petições diversas.

Está em julgamento se ele será absolvido ou pronunciado, o que significa ser levado a julgamento por juri popular..

A defesa de Anísio Satel está a cargo do advogado José Maurício Camargo. 

Paulo Setúbal Romancista e Poeta - Encontros

Prefeita de Itapetininga testa positivo para o coronavírus

Simone Marquetto (MDB) faz o tratamento em isolamento domiciliar, está medicada e é monitorada por médicos.

Por G1, com edição do DT

Simone Marquetto (MDB), prefeita de Itapetininga (SP), testou positivo para a Covid-19 — Foto: Reprodução/TV TEM/Arquivo

01/08/2020 | A prefeita de Itapetininga (SP), Simone Marquetto (MDB), testou positivo para a Covid-19. A informação foi divulgada na manhã deste sábado (1º).

Segundo a prefeitura, o resultado do exame Swab foi enviado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica que aguardava junto ao Instituto Adolfo Lutz.

Simone Marquetto faz o tratamento em isolamento domiciliar, está medicada e é monitorada por médicos do Hospital Dr. Léo Orsi Bernardes.

Frango com quatro patas chama atenção em Cerquilho

Ave anda e se alimenta normalmente, segundo o dono da agropecuária. Para veterinários, condição se trata de uma anomalia causada ainda dentro do ovo.

Por Júlia Martins*, G1, com edição do DT

Frango nasce com quatro patas em Cerquilho (SP) — Foto: Arquivo pessoal

01/08/2020 | Um frango chamou a atenção do dono de uma agropecuária em Cerquilho (SP). A ave, que atua