Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Estudantes realizam a soltura de 11 pássaros resgatados no Parque Maria Tuca

A aves foram encontrados pela Guarda Civil Municipal de Tatuí durante uma ocorrência no último dia 2.

Ação foi com alunos do Núcleo de Educação Ambiental do Parque

12/09/2019 | Na terça-feira (10), alunos do Núcleo de Educação Ambiental do Parque Municipal Ecológico Maria Tuca realizaram a soltura de 11 pássaros silvestres que foram resgatados pela Guarda Civil Municipal de Tatuí (GCM) durante uma ocorrência no último dia 2 de setembro.

Essa ação contou com o apoio da bióloga parceira da Prefeitura de Tatuí, Marília de Camargo Barros, que, através do contato da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente - que recebeu a denúncia -, foi até a delegacia para avaliar o estado de saúde das aves e se elas poderiam ser devolvidas à natureza. A bióloga também levou os pássaros para casa, para dar os devidos cuidados aos animais e planejar sua soltura junto aos alunos do Núcleo de Educação Ambiental.

Ao todo, foi realizada a soltura de seis canários da terra (Sicalis Flaveola), um tico-tico (Zonotrichia Capensis), dois tico-tico rei (Coryphospingus Cucullatus), um sabiá-una (Platycichla Flavipes), e um pássaro preto (Gnorimopsar Chopi), todos com idade adulta. A GCM recuperou, ao todo, 12 pássaros, porém, apenas 11 puderam ser devolvidos à natureza pelos alunos do Núcleo de Educação Ambiental, pois um pássaro da raça coleirinho, que era filhote, não resistiu e morreu.

Crime Ambiental - De acordo com o artigo 29 da Lei Federal nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, "matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida", deve resultar em "detenção de seis meses a um ano, e multa".

Nenhum comentário:

Postar um comentário