Boletim de informações COVID-19 n° 781 Tatuí, 24 de junho de 2022, sexta-feira, 11h00

9 PACIENTES HOSPITALIZADOS
299 INFECTADOS EM TRATAMENTO
13 DIAS SEM ÓBITOS
139 CASOS CONFIRMADOS EM 4 DIAS
38 MÉDIA MÓVEL DE CASOS POR DIA

Fonte: Prefeitura de Tatuí

quinta-feira, 28 de março de 2013

Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí faz apresentação em Cerquilho

Concerto será na quarta-feira, 3, com solos de Erik Heimann Pais e Rafael Migliani


A Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí faz concerto especial no Centro Municipal de Eventos de Cerquilho, à Avenida Washington Luis. A apresentação terá entrada gratuita a partir das 20h, na próxima quarta-feira, 3. O concerto terá regência de Dario Sotelo e solos dos saxofonistas Erik Heimann Pais e Rafael Migliani.

O concerto especial contará com participação de professores e alunos-bolsistas do Conservatório de Tatuí, num total de 60 integrantes. A apresentação começa com a obra Esprit de Corps (Espírito de Corpo), do compositor Robert Jager. Em seguida, será apresentada “Council Oak”, de David Gillingham. A terceira peça da noite será “Canção Sem Palavras para Saxofone e Banda”, de Fernando Morais, com solos de Erik Heimann Pais. Em seguida, é a vez de “Fantasia para Saxofone Soprano, Trompas e Orquestra de Câmara”, obra do brasileiro Heitor Villa-Lobos, com transcrição de João Victor Bota, que terá solos de Rafael Migliani. O concerto termina com a obra “Sinfonia n. 1 para Banda Sinfônica”, de Claude Smith.

Os solistas da noite têm atuação destacada no Conservatório de Tatuí. Erik Heimann Pais é assessor artístico da instituição e desenvolve sólida carreira como solista. Já Rafael Migliani é professor do curso de saxofone do Conservatório de Tatuí, chefe do naipe de saxofones da “Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí” e integrante do “Quarteto de Saxofones SaxBrasil”. [foto: Kazuo Watanabe / Conservatório de Tatuí]
A Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí foi fundada em 1992 e conta com 12 CDs e um DVD gravados. O grupo atua fortemente na execução de obras encomendadas a arranjadores e compositores brasileiros, tornando-se fundamental no incentivo de produção de obras originais para bandas. Seu repertório conta com mais de 120 obras originais especialmente escritas para o grupo. Dentre essas, há 98 estreias brasileiras de repertório internacional que, hoje, são referências mundiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário