Nosso Jornal Online

Tatuí, 


sábado, 17 de novembro de 2018

Dois paraquedistas caem às margens da rodovia Castello Branco; um sofreu politraumatismo

Acidente foi registrado no quilômetro 117, em Boituva. Um dos atletas ficou preso em uma árvore e não se feriu.

Por Paola Patriarca, G1 Itapetininga e Região, com edição do DT

Paraquedistas saltaram do Centro Nacional de Paraquedismo, em Boituva — Foto: TV TEM/Arquivo

16/11/2018 | Dois paraquedistas caíram às margens da rodovia Castello Branco (SP-280), nesta sexta-feira (16), em Boituva. Um dos atletas, de 47 anos, sofreu politraumatismo e foi socorrido em estado grave. Já o outro ficou pendurado em uma árvore e não se feriu.

De acordo com o presidente da Associação de Paraquedismo de Boituva, Nilson Pereira Leitão, durante o salto feito no Centro Nacional de Paraquedismo, uma rajada de vento fez com que os dois fossem em direção da pista. "Eles saíram numa posição que não favoreceu e o vento fez com que eles fossem para uma outra área, indo parar às margens da rodovia", diz.

Ainda segundo o presidente, o que ficou preso em uma árvore não sofreu ferimentos. Já o outro atleta foi parar em um barranco. Equipes de Resgate foram acionadas e, de acordo com o Corpo de Bombeiros, o paraquedista que caiu no barranco foi socorrido e levado ao hospital de Boituva com fraturas no braço e crânio.

Em nota, o hospital informou que o atleta está em estado grave e foi transferido para hospital de Sorocaba. As causas do acidente serão investigadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário