Nosso Jornal Online

Tatuí, 

PUBLICIDADE

ANUNCIE AQUI

Peça já seu orçamento
e-mail para publicidade@diariodetatui.com

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Morador de Boituva faz B.O. contra boato na web que o acusava de infectar pessoas com HIV

Homem diz que é alvo de comentários nas redes sociais. Postagem relata que ele usa o próprio sangue para contaminação. Exame deu negativo para o vírus.

Por Matheus Fazolin, G1 Itapetininga e Região, editado pelo DT

Homem foi vítima de acusações em Boituva (SP) (Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação)

16/05/2018 - Um homem registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de Boituva (SP), nesta terça-feira (15), após ser acusado em publicações de redes sociais que estaria infectando pessoas com o vírus HIV por meio de uma seringa com o próprio sangue.

Ao G1, José Francisco de Roma, de 28 anos, afirmou que estava procurando emprego no momento em que foi fotografado em uma das ruas da cidade.

Após registrar o boletim de ocorrência, José foi a um posto de saúde do município para fazer exames e provar que não era portador da doença. O exame deu negativo para HIV, Sífilis e outras doenças, diz o morador.

"Fui dar uma volta na cidade, distribuir currículos, e acontece isso. Sou acusado por uma coisa que não fiz e por ter uma doença que não tenho", afirma José.

Após publicações, José foi ao posto de saúde de Boituva (SP) fazer exames de HIV e outras doenças (Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação)

A esposa dele, Atalice Dias, conta que ficou sabendo das mensagens na noite de segunda-feira (14) e, ao ver a publicação no celular de uma amiga, ficou assustada com o conteúdo do texto que acompanhava a foto.

"Fiquei sem palavras, meu mundo caiu e minha cabeça começou a doer... Nunca achei que isso poderia acontecer", diz.

Atalice ainda disse que tentou ir à delegacia da cidade no mesmo dia em que viu, mas estava fechada. A Polícia Civil informou que está investigando o caso e procura por quem disseminou as informações.

A esposa contou que o marido dela está sendo alvo de comentários maldosos. "Ficam olhando para ele, encarando...", diz.

O casal tem três filhos e mora em Boituva há cerca de oito anos. Ele vieram da cidade de São João do Piauí, no estado do Piauí, em busca de emprego e oportunidades de trabalho.

Boato foi espalhado em diversas redes sociais pelos moradores de Boituva (SP) (Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação)

Início do boato

Segundo Atalice, houve um boato na cidade há alguns dias de que um homem estaria perfurando outras pessoas com uma seringa com sangue infectado de HIV.

Ainda segundo ela, uma das vítimas teria encaminhado áudios pelo WhatsApp alertando a população e teriam confundido o marido dela com este homem.

A Polícia Civil de Boituva informou que não recebeu nenhum boletim de ocorrência referente ao assunto e o hospital da cidade também não deu nenhuma entrada de pessoas relatando ter sido atacada por seringa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário